Catiguá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Quatiguá.
Município de Catiguá
"Cidade do balaio"
Bandeira de Catiguá
Brasão de Catiguá
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 3 de maio
Fundação 30 de novembro de 1938 (80 anos)
Gentílico catiguaense
Prefeito(a) Vera Lúcia de Azevedo Vallejo (PPS)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Catiguá
Localização de Catiguá em São Paulo
Catiguá está localizado em: Brasil
Catiguá
Localização de Catiguá no Brasil
21° 02' 56" S 49° 03' 28" O21° 02' 56" S 49° 03' 28" O
Unidade federativa São Paulo
Mesorregião São José do Rio Preto IBGE/2008[1]
Microrregião Catanduva IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Catanduva, Tabapuã, Uchoa, Ibirá, Elisiário
Distância até a capital 414 km
Características geográficas
Área 148,4 km² [2]
População 7 127 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 48,03 hab./km²
Altitude 483 m
Clima tropical semi-úmido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,787 elevado PNUD/2000[4]
PIB R$ 92 068 mil IBGE/2009[5]
PIB per capita R$ 12 699,03 IBGE/2009[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.catigua.sp.gov.br
Câmara http://www.camaracatigua.sp.gov.br

Catiguá é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 21º02'58" sul e a uma longitude 49º03'30" oeste, estando a uma altitude de 483 metros. A cidade tem uma população de 7.127 habitantes (IBGE/2010)[2]. Catiguá pertence à Microrregião de Catanduva.

História[editar | editar código-fonte]

A história de Catiguá se inicia com a criação de dois pequenos povoados às margens do Rio São Domingos: Vila Santa Isabel e Vila Mariana.

A antiga Vila Santa Isabel estava localizada entre o Rio São Domingos e o Córrego dos Cândidos, e recebeu este nome em homenagem à mulher de Artur Ortenblad, doadora do terreno onde foi construída a praça e a capela de Santa Isabel.

A Vila Mariana estava localizada entre o Rio São Domingos e o Córrego Bate-Panela. Nessa vila, Manuel Caetano e José Rodrigues doaram o terreno onde foi construída a praça e a capela de São Sebastião.

Por volta de novembro de 1910, a Vila Santa Isabel passou a se chamar Vila Ibarra.

Em 1921, Vila Mariana foi elevada à categoria de distrito, com o nome de Catupiry, jurisdicionado ao município de Catanduva.

Em 1929, Vila Ibarra também foi elevada à categoria de distrito, jurisdicionado ao município de Tabapuã.

A construção de rodovias e a ampliação da Estrada de Ferro de Araraquara proporcionaram um rápido crescimento e progresso da região, pela facilidade de escoamento da produção.

No início da década de 1930, foram instaladas as primeiras fábricas, duas no distrito de Ibarra e duas no distrito de Catupiry.

Em 1938, através do decreto estadual n.º 9775, de 30 de novembro, os dois distritos foram unidos em um só com a denominação de Catiguá. O novo distrito foi instalado em 1939, ficando subordinado ao município de Catanduva.

Em 18 de fevereiro de 1959, por meio da lei estadual n.º 5285, o distrito foi elevado à categoria de município, sob o nome de Catiguá, desmembrado de Catanduva. A instalação do município ocorreu em 1 de janeiro de 1960, com sede no antigo distrito de Catupiry.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 21º02'58" sul e a uma longitude 49º03'30" oeste, estando a uma altitude de 483 metros. Sua população estimada em 2010 foi de 7.127 habitantes. Possui uma área de 148km².

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2010

População Total: 7.127

  • Urbana: 6.569
  • Rural: 558
  • Homens: 3.632[6]
  • Mulheres: 3.495

Densidade demográfica (hab./km²): 48,03

Dados do Censo - 2000

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 10,42%

Expectativa de vida (anos): 75,38

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,40

Taxa de Alfabetização: 86,86%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,787

  • IDH-M Renda: 0,688
  • IDH-M Longevidade: 0,840
  • IDH-M Educação: 0,833

(Fonte: IPEADATA)

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade foi atendida pela Telefônica Nacional até 1975, quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[7], que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[8], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[9] para suas operações de telefonia fixa.

Economia[editar | editar código-fonte]

  • Participação da Agropecuária: 10,79%
  • Participação da Indústria: 26,34%
  • Participação dos Serviços: 62,86%
  • PIB (Em milhões de reais correntes): 69.883
  • PIB per Capita (Em reais correntes): 9.718,16

Habitação e Infraestrutura Urbana Ano 2000[editar | editar código-fonte]

  • Domicílios com Espaço Suficiente: 89,19%
  • Domicílios com Infraestrutura Interna Urbana Adequada: 95,10%
  • Coleta de Lixo - Nível de Atendimento: 99,22%
  • Abastecimento de Água - Nível de Atendimento: 96,89%
  • Esgoto Sanitário - Nível de Atendimento: 95,70%

Educação Ano 2000[editar | editar código-fonte]

  • Taxa de Analfabetismo da População de 15 Anos e Mais: 13,14%
  • Média de Anos de Estudos da População de 15 a 64 Anos: 6,07
  • População de 25 Anos e Mais com Menos de 8 Anos de Estudo: 80,22%
  • População de 18 a 24 Anos com Ensino Médio Completo: 39,04%

Frota Ano 2009[editar | editar código-fonte]

  • Automóvel: 1.606
  • Caminhão: 106
  • Caminhão trator: 14
  • Caminhonete: 110
  • Micro-ônibus: 13
  • Motocicleta: 267
  • Motoneta: 23
  • Ônibus: 29

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

  • Ribeirão São Domingos
  • Córrego dos Cândidos
  • Córrego Bate-Panela

Rodovias[editar | editar código-fonte]

  • SP-310
  • Vicinal José Fernandes
  • Vicinal Vicente Fernandes
  • Estrada Municipal Catiguá-Tabapuã
  • Vicinal João Martins Calbo

Administração[editar | editar código-fonte]

  • Prefeita : Vera Lúcia de Azevedo Vallejo (2017/2021)
  • Vice Prefeito: Lourenço Callegari Júnior

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. a b «Censo Populacional 2010 - IBGE» (PDF). IBGE.gov.br. Consultado em 30 de agosto de 2011 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2005-2009» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 29 dez. 2011 
  6. «SIDRA IBGE - Tabela 608 - População residente, por situação do domicílio e sexo». IBGE. Consultado em 30 de agosto de 2011  horizontal tab character character in |título= at position 26 (ajuda)
  7. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  8. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  9. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]