Claudia Ramírez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Claudia Ramírez
Nome completo Claudia Julieta Ramírez Valdez
Nascimento 30 de julho de 1964 (55 anos)
Minatitlán, Veracruz, México
Nacionalidade Mexicana
Ocupação Atriz
Atividade 1985 - presente

Claudia Julieta Ramírez Valdez (Minatitlán, Veracruz, 30 de julho de 1964) é uma atriz mexicana.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Claudia inciou sua carreira de atriz em 1985, quando tinha 18 anos, ao lado da atriz Rebecca Jones, na telenovela El ángel caído. No ano de 1986, se mostrou no mundo do cinema com o longa metragem "Crónica de familia", no qual ganhou um prêmio Ariel por melhor roteiro cinematográfico.

Entre 1987 e 1991, Claudia filmou cinco filmes mas que passaram sem pena nem glória: "Herencia maldita" em 1987, "La furia de un Dios" de 1988, "Luna de miel al cuarto menguante" em 1990, "El hijo de Lamberto Quintero" em 1990 e "Dentro de la noche" de 1991.

No ano de 1989, ela atuou na telenovela juvenil do momento, Morir para vivir, junto a atores como Eduardo Capetillo, Susana Dosamantes, Otto Sirgo e Erik Rubín, entre outros.

Já em 1991, novamente no cinema Claudia protagoniza o primeiro longa-metragem dos irmãos Cuarón, "Solo con tu pareja", com o atore Daniel Giménez Cacho. O filme ganhou muito reconhecimentos tanto no México como no exterior. Nessa mesmo ano Claudia tem papel de destaque na telenovela La Pícara Soñadora, protagonizada pelos falecidos atores Mariana Levy e Eduardo Palomo.

No ano de 1993, ela interpreta Julianita na telenovela Los parientes pobres, onde atua com a atriz e cantora Lucero e o ator Luis José Santander.

Em 1995 interpretou a protagonista da novela María José, junto com o ator Arturo Peniche.

Já no ano seguinte, em 1996, Claudia teve sua grande oportunidade protagonizando a bem sucedida telenovela Te sigo amando, na que atuou ao lado de dos atores Sergio Goyri, María Rojo e mas uma vez com Luis José Santander seu par romântico na telenovela. Apesar de todo êxito dessa telenovela, sabes se que Claudia teve muitos conflitos com a produção e com os atores durante as gravações, isso encurtou sua carreira na Televisa.

Em 1998 ela atuou em "El amor de mi vida", durante esse mesmo ano, Claudia gravou a telenovela "Demasiado corazón. Em 2001 protagonizou "Lo que es el amor", sendo esse seu último projeto na televisão.

Nos anos seguintes Claudia decide se retirar por um tempo do meio artístico para se dedicar a seu marido e sus dois filhos. Mas em 2006 ela regressa ao mundo da atuação com o longa-metragem "La balada de Ringo Starr".

Em 2007 Claudia volta a televisão para integrar o elenco de S.O.S.: Sexo y otros Secretos, onde interpreta Irene e atua com os atores Susana González, Julio Bracho e Benny Ibarra, entre outros.

Em 2008 apareceu no longa-metragem sobre a problemática da bulimia e a anorexia, "Malos hábitos" de Simón Bross, ao lado de Elena de Haro, Jimena Ayala e Marco Treviño. Em agosto do mesmo ano, Claudia regressa a televisão para gravar a segunda temporada de "S.O.S. Sexo y otros secretos".

Em 2014 regressa à Televisa como vilã na novela El color de la pasión.[1]

Em 2015 integrou o elenco da novela Lo imperdonable[2]

Telenovelas[editar | editar código-fonte]

Séries[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

  • Juego Olimpio (1996)
  • Repartidores de muerte (1993) .... Claudia
  • Tres son peor que una (1992)
  • Sólo con tu pareja (1991) .... Clarisa Negrete
  • Dentro de la noche (1991)
  • Luna de miel al cuarto menguante (1990)
  • El hijo de Lamberto Quintero (1990)
  • La furia de un Dios (1988)
  • Herencia maldita" (1987)
  • Cronica de Familia (1986) .... Maria Iturbide
  • Dune (1984)

Referências

  1. «Sería Claudia Ramírez villana en "Pasión de Amor"». Rádio Fórmula. 20 de janeiro de 2014. Consultado em 6 de fevereiro de 2016 
  2. «Claudia Ramírez será buena en telenovela 'Lo Imperdonable'». Terra. 28 de janeiro de 2015. Consultado em 6 de fevereiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]