Clube Atlético Taguatinga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo(a) o TEC, clube de Taguatinga que se fundiu com o clube em 2018, veja Taguatinga Esporte Clube.
Atlético Taguatinga
CA Taguatinga.png
Nome Clube Atlético Taguatinga
Alcunhas Taguá
Jaguar
Torcedor/Adepto Rubro Negro
Jaguar
Mascote Jaguar
Fundação 15 de outubro de 1994 (24 anos)
Extinção 25 de junho de 2018 (10
meses)[1]
Estádio Serejão
Capacidade 27 000
Localização Taguatinga, DF, Brasil
Presidente Edmilson Marçal
Website Página oficial (em português)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

O Clube Atlético Taguatinga é um clube de futebol brasileiro, sediado em Taguatinga, no Distrito Federal. Fundado em 1994 como Associação Desportiva Comercial, mudou sua nomenclatura por 2 vezes: em 2000, passou a se chamar Associação Desportiva Comercial Bandeirante, e desde 2006, era o Clube Atlético Bandeirante, quando mudou de nome e região administrativa[2].

Desde sua fundação, mandava suas partidas no Estádio Vasco Viana de Andrade, mais conhecido como "Metropolitana", com capacidade para 5.000 torcedores. Com a mudança para Taguatinga, passou a sediar os jogos no estádio Serejão.

O Bandeirante utilizava como suas principais cores o preto e o branco, entre 1994 e 2006, incluindo o verde no escudo a partir de 2006. Com a mudança de nome, o clube adotou as cores rubro-negras.

No dia 25 de junho de 2018, o Atlético Taguatinga anunciou a fusão com o Taguatinga Esporte Clube. Com a fusão o Atlético se extingue e a diretoria, estrutura financeira e física passam a integrar a estrutura do TEC.[1][3][4]

História[editar | editar código-fonte]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Fundado pela família Rizza no 6 de abril de 1960 em Núcleo Bandeirante, o Clube Atlético Colombo foi uma das principais equipes do Distrito Federal nos anos 60.[5] Ativo entre 1960 e 1973, o Colombo conquistou o Campeonato Brasiliense de 1971.[6] Em 16 de agosto de 1973, o Colombo começa a adotar o nome de Sociedade Esportiva Bandeirante.[7]

A SE Bandeirante, no entanto, nem chegou a jogar uma partida oficial.[7] Para compensar a ausência de clubes de Núcleo Bandeirante no Campeonato Brasiliense, João Aureliano Rodrigues, dono da Depósito de Madeiras do Brasil Indústria e Comércio (DEMABRA), fundou o Demabra Esporte Clube.[8] No elenco da equipe estavam Milton Rizza e João Batista Rizza, filhos de Adolfo Rizza, fudador do Clube Atlético Colombo.[5]

Em 1975 o Demabra disputa o Campeonato do Departamento Autônomo da Federação Metropolitana de Futebol, que foi vencido pela ASMIT. O clube voltaria a disputar uma competição da FMF em 1977, quando disputou o Torneio Imprensa de 1977.[9] No dia 19 de abril de 1977, a Federação Metropolitana de Futebol aprovou a mudança do nome da equipe para Associação Desportiva Bandeirante.[10]

A Desportiva Bandeirante disputou o Campeonato Brasiliense de 1977, na qual foi vice campeão.[11] No ano seguinte, foi vice também do Torneio Incentivo Brasiliense de 1978, perdendo a decisão para o Sporth Clube Corinthians.[12] Em 1980 voltaria a ficar em último do Torneio Incentivo Brasiliense.[10] Esse seria o seu último torneio disputado.

Fusão[editar | editar código-fonte]

No dia 15 de outubro de 1994, a Desportiva Bandeirante se fundiu com a Associação Desportiva Comercial, adotando o nome do Comercial. Na sua primeira competição oficial, o Campeonato Brasiliense de 1994, termina a competição em último lugar.[13] Em 1995 fica novamente na última colocação.[14]

Depois de repetir as pessímas campanhas em 1996, o clube é rebaixado para a segunda divisão.[15] Em 1999 o Comercial foi vice campeão do Campeonato Brasiliense da Segunda Divisão de 1999, garantindo seu retorno a elite do Campeonato Brasiliense.[16] Para a disputa do Campeonato Brasiliense de 2000, o Comercial muda de nome para Associação Desportiva Comercial Bandeirante.[10][17][18]

No Campeonato Brasiliense de 2000, o Comercial Bandeirante fica com o vice campeonato, o garantindo vaga para o Módulo Amarelo da Copa João Havelange. No torneio, a equipe fica em último lugar.[19]

Atlético Bandeirante[editar | editar código-fonte]

Em 2006 o clube voltaria a mudar de nome para Clube Atlético Bandeirante.[20] Porém, com menos brilhantismo que com o nome Comercial, disputou somente o Campeonato Brasiliense da Segunda Divisão.

Atlético Taguatinga[editar | editar código-fonte]

Em 2015, o clube se mudou de Núcleo Bandeirante para Taguatinga.[21][22]. Acreditava-se que o time adotaria o nome do Taguatinga Esporte Clube, porém o time preferiu adotar o nome de Clube Atlético Taguatinga.[23][24]

Em sua primeira competição com o novo nome, o Atlético Taguatinga foi campeão da Campeonato Brasiliense da Segunda Divisão de 2015, ao vencer o SE Planaltina.[25]

Em 2017, acabou na lanterna do Campeonato Brasiliense, sendo rebaixado e retornando à segunda divisão do futebol candango.

Mudança de nome para Taguatinga Esporte Clube[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Taguatinga Esporte Clube

No dia 3 de maio de 2018, surgiu a notícia que o Taguatinga Esporte Clube e o Atlético Taguatinga estavam com conversas adiantadas para realizar uma fusão entre as duas equipes, com o intuito de atuar com o nome e escudo do TEC.[26][27] Isso se deu por causa da rejeição do povo de Taguatinga ao Atlético Taguatinga, que não se via identificado com o clube, uma vez que muitos torcedores ainda se identificavam com o TEC.[26][27]

No dia 8 de junho de 2018, Edmilson Marçal, presidente do Atlético Taguatinga, indicou na arbitral do Campeonato Brasiliense da Segunda Divisão de 2018 que o clube utilizaria o nome de Taguatinga Esporte Clube na competição.[28]

Símbolos[editar | editar código-fonte]

Escudo[editar | editar código-fonte]

Evolução do Escudo do Atlético Taguatinga
Comercial Bandeirante - 1994 – 2000 Comercial Bandeirante - 2000 – 2006 Atlético Bandeirante - 2006 – 2015 Atlético Taguatinga - 2015 – 2018
Comercial Bandeirante-DFBR(3).jpg 254(1).gif Bandeirante.png CA Taguatinga.png

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Atlético e Taguatinga Esporte Clube oficializam fusão entre os clubes» (em inglês). Atlético Taguatinga. Consultado em 26 de junho de 2018 
  2. Clébio Júnior (3 de julho de 2015). «Atlético Bandeirante vira oficialmente Atlético Taguatinga». Futebol Candango. Consultado em 5 de julho de 2015 
  3. «O retorno da Águia: Taguatinga Esporte Clube está de volta ao futebol candango» (em inglês). Distrito do Esporte. Consultado em 26 de junho de 2018 
  4. «Agora é pra valer! TEC está de volta ao futebol candango» (em inglês). DF Sports. Consultado em 26 de junho de 2018 
  5. a b Futebol Nacional. «Colombo/DF». Futebol Nacional. Consultado em 10 de junho de 2018 
  6. José Ricardo Caldas e Almeida. «Distrito Federal League 1971». RSSSF Brasil. Consultado em 10 de junho de 2018 [ligação inativa]
  7. a b Futebol Nacional. «Bandeirante(SE)/DF». Futebol Nacional. Consultado em 10 de junho de 2018 
  8. Futebol Nacional. «DEMABRA/DF». Futebol Nacional. Consultado em 10 de junho de 2018 
  9. Futebol Nacional. «Torneio Imprensa 1977». Futebol Nacional. Consultado em 10 de junho de 2018 
  10. a b c Futebol Nacional. «Desportiva Bandeirante/DF». Futebol Nacional. Consultado em 10 de junho de 2018 
  11. Futebol Nacional. «Campeonato Brasiliense de 1977». Futebol Nacional. Consultado em 10 de junho de 2018 
  12. Futebol Nacional. «Torneio Incentivo Brasiliense 1978». Futebol Nacional. Consultado em 10 de junho de 2018 
  13. José Ricardo Caldas e Almeida. «Distrito Federal 1994». RSSSF Brasil. Consultado em 10 de junho de 2018 
  14. José Ricardo Caldas e Almeida. «Distrito Federal Championship 1995». RSSSF Brasil. Consultado em 10 de junho de 2018 
  15. José Ricardo Caldas e Almeida. «Distrito Federal League 1997». RSSSF Brasil. Consultado em 10 de junho de 2018 
  16. Futebol Nacional. «Campeonato Brasiliense - 2ª Divisão 1999». Futebol Nacional. Consultado em 10 de junho de 2018 
  17. Futebol Nacional. «Comercial/DF». Futebol Nacional. Consultado em 10 de junho de 2018 
  18. Futebol Nacional. «Comercial Bandeirante/DF». Futebol Nacional. Consultado em 10 de junho de 2018 
  19. Folha de S.Paulo. «"Torneio nasce condenado"». Folha de S.Paulo 
  20. Futebol Nacional. «Bandeirante/DF». Futebol Nacional. Consultado em 10 de junho de 2018 
  21. Adriano Fernandes (15 de outubro de 2012). «Clube Atlético Bandeirante». Memória Futebol. Consultado em 9 de junho de 2018 
  22. Futebol Nacional. «Bandeirante/DF». Futebol Nacional. Consultado em 9 de junho de 2018 
  23. Clébio Júnior (3 de julho de 2015). «Atlético Bandeirante vira oficialmente Atlético Taguatinga». Futebol Candango. Consultado em 5 de julho de 2015 
  24. «Sai de campo o Bandeirante e surge o Atlético Taguatinga». escudosdomundointeiro.blogspot.com. 15 de agosto de 2015. Consultado em 9 de junho de 2018 
  25. http://clubedoesportedf.com.br/novo/futebol/vai-comecar-finalmente-a-segunda-divisao-do-candangao-2015.html[ligação inativa]
  26. a b DF Sports. «Taguatinga Esporte Clube está próximo de retornar ao futebol». dfsports.com.br. Consultado em 9 de junho de 2018 
  27. a b «Taguatinga EC (DF) - O retorno ?». escudosdomundointeiro.blogspot.com. Consultado em 9 de junho de 2018 
  28. DF Sports. «Segunda divisão do DF começa em agosto». dfsports.com.br. Consultado em 9 de junho de 2018 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.