Co-ed group

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Co-ed group
Origens estilísticas Início: Soul, Disco, Power pop, Gospel, Dance music, Pop e Bubblegum pop
Século XXI: Pop punk, Pop rock, Pop rap, Emo, EDM, Hip hop, Garage rock, Indie pop, Teen pop, Adult contemporary, Dance punk, Indie rock, New rave, R&B, Dance-pop,MPB e Rap
Instrumentos típicos Vocal (geralmente utilizado em harmonia), Sampler, Baixo, Sequenciador, Guitarra, Bateria, Teclado, Piano
Popularidade mundial, especialmente entre os pré-adolescentes e adolescentes
Formas derivadas J-pop - K-pop -C-pop
Gêneros de fusão
Pop rap - Pop rock - Pop punk - Country pop e Pop operático
Outros tópicos
Ícone pop - Cultura pop

co-ed group estilizado como coed group,[1] mixed-gender group[2] ate mixed-sex group (também podendo ser chamado de coed band , mixed band ou grupo misto) é um conjunto musical formado por membros de mais de um gênero, ou seja com homens e mulheres.[3][4][2][5][6][7][8][9][10]

Historia[editar | editar código-fonte]

Asia

Na Ásia, os grupos mistos não são tão populares como Girl group e de Boy group, e como resultado, existem relativamente bem poucos grupos com esse tipo de formação por lá. Na Coreia do Sul, há comparativamente poucos grupos mistos [11] empresas de entretenimento que tendem a ficar longe de grupo com formações co-ed.[12]Em sua análise do fenômeno K-pop, o sociólogo John Lie atribui essa falta de grupos associados à "acentuação de arquétipos de gênero" que "solidificou a prática de criar grupos de sexo único, ou seja investimento das proprias empresas para esse tipo de formação.[11][13] No Japão, é considerado raro no estilo J-pop.[14]

Europa

Embora os grupos pop adolescentes co-ed não tiveram muito sucesso nos Estados Unidos, vários grupos misto de gênero têm tido sucesso na Europa no início dos anos 2000, particularmente em Escandinávia[15] e no Reino Unido[16] tendo inumeros exemplos

America Latina

São conhecidos na América Latina como "Bandas mixtas",muitas delas sairam de novelas,seriados e programas com tematicas musicais,o méxico foi o pais que mais lançou no mercado grupos assim,sendo uma parte consideravel uma formação co-ed group.[17][18][18][19][20]

Coed groups Ao Redor do Mundo[editar | editar código-fonte]

Aqui temos exemplos de grupos musicais que são co-ed, de países diferentes

Nome do grupo Inicio de Atividade País
8Eight 2007  Coreia do Sul
ABBATeens 1998  Suécia
Ace of Base 1990  Reino Unido
AliA 2018  Japão
Attack All Around 2005  Japão
Aqua 1994  Dinamarca
B2Y 2009  Coreia do Sul
Calcinha Preta 1995  Brasil
Casiopea 1976  Japão
Cherry Filter 1997  Coreia do Sul
Chu's day 2014  Japão
Clazziquai Project 2001  Coreia do Sul
Coed School 2010  Coreia do Sul
Cool 1994  Coreia do Sul
Czecho No Republic 2010  Japão
Erreway 2002  Argentina
Fat Family 1996  Brasil
F1rst 2013  Coreia do Sul
Garibaldi 1988  México
Goose House 2011  Japão
Hear'Say 2001  Reino Unido
Jump5 1999  Estados Unidos
Kabah 1992  México
KARD 2016  Coreia do Sul
Koyote 1998  Coreia do Sul
Kudai 1999  Chile
LemonGrass 2015  México
Lol 2015  Japão
Lucky J 2014  Coreia do Sul
Melim 2015  Brasil
MIX5 2016  Estados Unidos
OV7 1989  México
Play the Siren 2014  Coreia do Sul
Quad City DJ's 1992  Estados Unidos
RBD 2004  México
Rebeldes 2011  Brasil
Roo'ra 1994  Coreia do Sul
S Club 7 1999  Reino Unido
Sōtaisei Riron 2006  Japão
Steps 1997  Reino Unido
Teen Angels 2007  Argentina
Terror Squad 1986  Estados Unidos
Three 6 Mafia 1991  Estados Unidos
Timbiriche 1982  México
Tribalistas 2002  Brasil
Triple H 2017  Coreia do Sul
Triple T 2016  Coreia do Sul
Vengaboys 1997  Países Baixos
We 2011  Coreia do Sul
Younique Unit 2012  Coreia do Sul

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referencias[editar | editar código-fonte]

  1. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome slate
  2. a b Austen, Jake (1 July 2005). TV-a-Go-Go: Rock on TV from American Bandstand to American Idol. [S.l.]: Chicago Review Press. pp. 224, 225. ISBN 978-1556525728  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. https://slate.com/culture/2001/04/no-backstreet-girls-allowed.html
  4. Railton, Diane (October 2001). «The Gendered Carnival of Pop». Cambridge University Press. Popular Music. 20 (3): 321–331. ISSN 0261-1430. JSTOR 853624  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. https://www.losandes.com.ar/noticia/estilo-170207
  6. https://listas.20minutos.es/lista/erreway-o-teen-angels-177366/
  7. https://www.univision.com/shows/la-banda/mix5-la-banda-ganadora-de-la-banda-2016-se-estrena-con-la-cancion-a-puro-dolor
  8. https://tunuevaculturapop.wordpress.com/2012/04/10/bandas-mixtas-de-los-90s-a-teens-y-s-club-7/
  9. https://books.google.com.br/books?id=k7aXBAAAQBAJ&pg=PA106&lpg=PA106&dq=%22mixed+gender%22+girl+boy+groups&source=bl&ots=xY4c1mOtdF&sig=qkh_uPstYomAH3DC4qeIlLgAFCE&hl=en&sa=X&redir_esc=y
  10. https://www.sbs.com.au/popasia/blog/2016/08/25/why-arent-there-many-mixed-gender-k-pop-groups
  11. a b Predefinição:Cite work
  12. Herman, Tamar (12 July 2014). «Co-Ed K-Pop The Next Big Thing? SM Subsidiary BALJUNSO To Debut New Mixed Gender Group». Kpopstarz  Verifique data em: |data= (ajuda)
  13. Alona (10 February 2013). «Co-Ed Groups in K-Pop». officiallykmusic.com  Verifique data em: |data= (ajuda)
  14. Predefinição:AllMusic
  15. Sivasubramanian, Shami (25 August 2016). «Why aren't there many mixed-gender K-pop groups?». SBS PopAsia  Verifique data em: |data= (ajuda)
  16. May, Lauren (3 November 2011). «Tadworth creator of pop band Steps speaks of delight at their return». YourLocalGuardian. Newsquest Media Group  Verifique data em: |data= (ajuda)
  17. https://tunuevaculturapop.wordpress.com/2012/04/10/bandas-mixtas-de-los-90s-a-teens-y-s-club-7/
  18. a b http://www.univision.com/musica/pop-latino/encuesta-cual-es-la-mejor-banda-de-pop-latino-en-la-historia
  19. http://tierraregia.com/eventos/quienes-son-ov7-y-kabah
  20. http://listas.20minutos.es/lista/erreway-o-teen-angels-177366/