Cyria Coentro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Cyria Coentro
Nascimento 14 de abril de 1966 (56 anos)
Salvador, BA
Nacionalidade brasileiro
Ocupação atriz
apresentadora

Cyria Cristina Rocha Coentro (Salvador, 14 de abril de 1966), ou apenas Cyria Coentro, é uma atriz e apresentadora brasileira. A atriz se destaca por ter uma carreira ampla no teatro, televisão e cinema,[1] tendo ganhado notoriedade ao atuar nas novelas Viver a Vida, de 2009, e Flor do Caribe, de 2013, e na série Impuros.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Cyria Coentro nasceu na cidade de Salvador, na Bahia. Se formou em interpretação pela Universidade Federal da Bahia. Começou sua carreira como artista performática, integrando na obra Anestesia, dirigida por Paulo Dourado, e em seguida atua na peça Recital da Novíssima Poesia Baiana, também de Dourado.[1] Estreou como atriz de televisão na telenovela Renascer, em 1993, interpretando a versão mais nova da personagem de Regina Dourado.[2] Em 2001 fez sua primeira participação no cinema, no filme baiano 3 Histórias da Bahia.[3] Em 2013 ganhou destaque na novela global Flor do Caribe, interpretando Bibiana, e em seguida emendou personagens de destaque nas novelas Sete Vidas, na primeira fase de Velho Chico e em O Tempo Não Para.

Em 2019, Cyria reestreou o monólogo Love nos palcos.[4] Em 21 de junho de 2022 entrou para o elenco de Mar do Sertão, no papel que seria de Cláudia Abreu. Na trama, ela interpretará a mãe da protagonista, vivida na pele de Isadora Cruz.[5]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão
Ano Título Personagem Notas Ref.
1993 Renascer Morena da Silva (jovem) Episódio: "8–11 de janeiro" [2]
Você Decide Dôdo Episódio: "Ídolo Perdido"
1994 Episódio: "Carga Pesada"
1996 O Rei do Gado Maria da Luz [6]
1998 Dona Flor e Seus Dois Maridos Juliana Rodrigues Chávez [7]
Danada de Sabida Dezinha (Edelzuita Guerreiro) Telefilme
2001 Porto dos Milagres Flávia [8]
2002 Pastores da Noite Raimunda
2003 Mulheres Apaixonadas Roberta Participação [8]
2004 Linha Direta Luzia Alves dos Santos Episódio: "E.Q.M." [9]
2006 Carga Pesada Déia
Pé na Jaca Atendente Participação [8]
2007 Amazônia, de Galvez a Chico Mendes Socorro Participação [10]
2008 A Favorita Bianca Chagas Participação [11]
2009 Caminho das Índias Mãe de Bahuan Episódio: "20 de janeiro" [12]
Viver a Vida Matilde Vilela [13]
2011 Força-Tarefa Apresentadora
2012 As Brasileiras Vizinha Episódio: "A Justiceira de Olinda" [14]
2013 Flor do Caribe Beatriz da Silva (Bibiana) [8]
Gonzaga - de Pai pra Filho Santana Gonzaga [15]
2014 O Tempo e o Vento Henriqueta Terra [16]
Em Família Maria Luz Machado (jovem) Episódio: "3–10 de fevereiro" [17]
O Rebu Marineide [18]
2015 Sete Vidas Marlene Figueira e Meira [13]
2016 Velho Chico Piedade dos Anjos (jovem) Episódio: "14 de março–9 de abril" [19]
2017 Os Dias Eram Assim Laura Garcia [20]
2018 Entre Irmãs Tia Sofia [21]
O Tempo Não Para Marciana Ribeiro [22]
2018-presente Impuros Arlete [23]
2021 Sob Pressão Nilce Episódio: "Episódio 3"
Episódio: "Episódio 9"
2022 Nos Tempos do Imperador Ana Néri Episódio: "11 de janeiro" [24]
Mar do Sertão Dodôca [25]
Cinema
Ano Título Personagem Ref.
2001 3 Histórias da Bahia Maria Luiza [3]
Estranhos Amparo
2004 Irmãos de Fé Mulher que ora
2008 Era Uma Vez... Bernadete [26]
2012 Gonzaga - de Pai pra Filho Santana Gonzaga [15]
2013 O Tempo e o Vento Henriqueta Terra [16]
2015 Travessia Leila [27]
2017 Entre Irmãs Tia Sofia [21]
Redemoinho Helia
2019 O Avental Rosa Alice [28]
Impuros - O Filme Arlete
2022 Meteoros Isadora

Teatro[editar | editar código-fonte]

Teatro[1]
Ano Título
1988 Anestesia
1989 Recital da Novíssima Poesia Baiana
1992 Bróder: Uma Odisseia Fantástica
1994 Dizem de Mim o Diabo
1995 Mistérios Gozosos
1997 Suburra
2001 O Diário do Convento
2012 Los Catedrásticos - Nova Mente
2014 Love
2019

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Nomeações Resultado
2008 Prêmio Qualidade Melhor atriz coadjuvante Indicado
2014 Prêmio Braskem de Teatro Melhor atriz
Love
Venceu

Referências

  1. a b c Cultural, Instituto Itaú. «Cyria Coentro». Enciclopédia Itaú Cultural. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  2. a b Xavier, Nilson. «Renascer». Teledramaturgia. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  3. a b «FILMOGRAFIA BAIANA [3 HISTÓRIAS DA BAHIA]». filmografiabaiana.com.br. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  4. «Cyria Coentro reestreia monólogo sobre amor». Márcia Piovesan. 14 de outubro de 2019. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  5. colunista, CARLA BITTENCOURT (21 de maio de 2022). «Cláudia Abreu está fora de nova novela da Globo; conheça atriz escalada no lugar». Notícias da TV. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  6. Xavier, Nilson. «O Rei do Gado». Teledramaturgia. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  7. Xavier, Nilson. «Dona Flor e Seus Dois Maridos». Teledramaturgia. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  8. a b c d «Atriz baiana Cyria Coentro integra elenco de 'Flor do Caribe'». iBahia.com. 21 de fevereiro de 2013. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  9. «Linha Direta mostra casos de Experiência de Quase-Morte». OFuxico. 11 de novembro de 2005. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  10. «Amazônia - De Galvez a Chico Mendes». Teledramaturgia. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  11. «Ficha Técnica». memoriaglobo. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  12. «Caminho das Índias». Teledramaturgia. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  13. a b «Cyria Coentro e Cláudio Jaborandy celebram nova parceria em 'Sete vidas': 'Já virou casamento!'». Extra Online. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  14. «FICHA TÉCNICA». memoriaglobo. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  15. a b «Personagens». memoriaglobo. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  16. a b «Galeria de Personagens». memoriaglobo. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  17. Mancini, Telma Alvarenga, com Priscila Borges e Giuliana (18 de junho de 2014). «Telma Alvarenga: após "Em Família", baiana Cyria Coentro já se prepara para voltar à TV». Jornal Correio. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  18. «Nilson Xavier - "O Rebu" não agradou a todos, mas trouxe prestígio à Globo». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  19. «FOTOS - Cyria Coentro é Piedade dos Anjos, mulher de Belmiro (Chico Diaz) e mãe de Santo (Renato Góes/Domingos Montagner); Zezita Matos viverá a personagem na terceira». www.purepeople.com.br (em bretão). Consultado em 5 de agosto de 2022 
  20. REDAÇÃO (6 de agosto de 2017). «Os Dias Eram Assim: Rimena confessa que transou com cunhado por desespero». Notícias da TV. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  21. a b «'Entre Irmãs': a força feminina do sertão à cidade». VEJA. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  22. «Cyria Coentro será mulher batalhadora e honesta em 'O tempo não para'». Extra Online. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  23. Rosa, Valentina (31 de agosto de 2021). «Protagonistas de 'Impuros' falam dos conflitos intensos da 3ª temporada». Revista CARAS. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  24. Tourinho, Victor. «Atriz baiana Cyria Coentro interpreta Ana Néri em 'Nos Tempos do Imperador'». Anota Bahia. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  25. «'Mar do Sertão' traz talentos do Nordeste! Conheça os atores que enchem a nova novela das seis de representatividade». www.purepeople.com.br (em bretão). Consultado em 5 de agosto de 2022 
  26. TARDE, A. (16 de abril de 2018). «Talento plural: Cyria Coentro celebra sucesso em 30 anos de carreira». A TARDE. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  27. «.: Travessia: Chico Diaz e Cyria Coentro contracenam cena densa». Consultado em 5 de agosto de 2022 
  28. Cardoso, Lou. «"O Avental Rosa" exagera no sentimentalismo e formato novelesco». Correio do Povo. Consultado em 5 de agosto de 2022