Entre Irmãs

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o filme brasileiro. Para o filme com Emily Blunt, veja Your Sister's Sister.
Entre Irmãs
Cartaz promocional
 Brasil
2017 •  cor •  160 min 
Direção Breno Silveira
Produção Conspiração Filmes
Globo Filmes
Roteiro Patrícia Andrade
Baseado em A Costureira e o Cangaceiro,
de Frances de Pontes Peebles
Elenco Marjorie Estiano
Nanda Costa
Júlio Machado
Rômulo Estrela
Gênero drama
Distribuição Sony Pictures
H2O Films
Lançamento 12 de outubro de 2017
Idioma português brasileiro

Entre Irmãs é um filme brasileiro de 2017, do gênero drama, dirigido por Breno Silveira, com roteiro de Patrícia Andrade baseado no romance A Costureira e o Cangaceiro, de Frances de Pontes Peebles.[1]

Foi convertido em minissérie de quatro capítulos, liberada no streaming Globo Play em 25 de dezembro de 2017 e exibida pela Rede Globo de 2 a 5 de janeiro de 2018.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em Pernambuco, nos anos 1930, duas irmãs se separam após um trágico acidente. Uma delas vai para a cidade grande e conhece a alta sociedade; a outra passa a conviver com um grupo de cangaceiros.[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicado Resultado
2018 Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Atriz Marjorie Estiano Indicado
Melhor Atriz Coadjuvante Letícia Colin Indicado
Melhor Ator Coadjuvante Cláudio Jaborandy Indicado
Melhor Roteiro Adaptado Patrícia Andrade Indicado
Melhor Direção de Arte Claudio Amaral Peixoto Indicado
Melhor Figurino Ana Avelar Indicado

Produção[editar | editar código-fonte]

A primeira leitura de roteiro, junto ao elenco, e as trocas de figurino, aconteceram em agosto de 2016. No mês seguinte, em setembro de 2016, iniciaram as filmagens, que se prolongaram até novembro do mesmo ano. Desde o início do projeto, inspirado no romance "A costureira e o Cangaceiro", de Frances de Pontes Peebles, Entre Irmãs foi pensada para ser exibida no cinema e na televisão. Coube a Patrícia Andrade a missão de escrever roteiros nos dois formatos. "A série tem muitas cenas novas, especialmente das protagonistas Emília e Luzia. Temos entre 20 e 30 minutos de material inédito, que desde o início foi pensado e reservado para a TV", explica Patrícia. "Desde o início, pelo tamanho e diversidade da história e pela quantidade de personagens, avaliamos que Entre Irmãs deveria ser uma série também. Então eu e Patrícia Andrade trabalhamos nessa encomenda. A espinha dorsal é a mesma mas, na TV, há pequenas cenas que explicam melhor as personagens", complementa o diretor, Breno Silveira.[3]

Referências

  1. a b «Entre Irmãs». Brasil: CinePlayers. Consultado em 21 de janeiro de 2021 
  2. «Marjorie Estiano e Nanda Costa protagonizam nova minissérie da Globo». Gshow. Consultado em 20 de dezembro de 2017 
  3. «Patr´cia Andrade e Breno Silveira contam detalhes da nova minissérie da Rede Globo». Correio. Consultado em 4 de janeiro de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.