Dave Forney

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dave Forney
Nascimento 6 de março de 1940 (77 anos)
Nova Iorque
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Prêmios Medalha Edison IEEE (1992), Prêmio Claude E. Shannon (1995), Prêmio Marconi (1997), Medalha de Honra IEEE (2016)
Campo(s) Engenharia elétrica

George David "Dave" Forney, Jr. (Nova Iorque, 6 de março de 1940) é um engenheiro eletricista estadunidense. Contribuiu significativamente para a teoria dos sistemas de telecomunicações, especificamente em teoria de códigos e teoria da informação.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Dave Forney obteve o bacharelado em engenharia elétrica na Universidade de Princeton em 1961, summa cum laude, e os graus de M.S. e Sc.D. em engenharia elétrica no Instituto de Tecnologia de Massachusetts em 1963 e 1965, respectivamente. Sua tese de Sc.D. introduziu a ideia de código concatenado de correção de erro. É membro da Academia Nacional de Engenharia dos Estados Unidos (1989) e da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos (2003). É membro de longa data da faculdade do Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

Entre outras coisas, a ele é creditado ser o primeiro a reconhecer a optimalidade e a importância prática do algoritmo de Viterbi, e seu artigo tutorial sobre o assunto é amplamente citado.[1][2] Seu trabalho no algoritmo de Viterbi e em avançar o entendimento da teoria de códigos em geral influenciou o projeto dos modernos modems digitais.

Em 1965 começou a trabalhar na Codex Corporation. Seu projeto resultou no primeiro modem de 9600 bit/s produzido em massa em 1970. Passou o ano acadêmico de 1971–1972 na Universidade Stanford, retornando depois para a Codex. Tornou-se vice-presidente de pesquisa e desenvolvimento na Codex, através de sua aquisição pela Motorola em 1977, servindo nas posições de gerência e técnica.[3]

Recebeu a Medalha Edison IEEE de 1992 "por contribuições originais à codificação, modulação, modens de comunicação de dados, e por liderança industrial e em pesquisa na tecnologia das comunicações".[4] Recebeu o Prêmio Claude E. Shannon de 1995 da IEEE Information Theory Society[5] e recebeu duas vezes, em 1990 e em 2009, o IEEE Donald G. Fink Prize Paper Award.[6] Em 1998 recebeu um Prêmio Jubileu de Ouro por Inovação Tecnológica da IEEE Information Theory Society.[7] Recebeu a Medalha de Honra IEEE de 2016 "por contribuições pioneiras à teoria de códigos com correção de erros e pelo desenvolvimento de comunicação confiável de dados em alta velocidade".[8]

Referências

  1. G. D. Forney. The Viterbi algorithm. Proceedings of the IEEE 61(3):268–278, March 1973.
  2. G. David Forney Jr (8 de março de 2005). «The Viterbi Algorithm: A Personal History». Viterbi Conference, University of Southern California, Los Angeles 
  3. «G. David Forney, Jr.». IEEE Global History Network. Consultado em 7 de maio de 2016 
  4. «IEEE Edison Medal Recipients» (PDF). IEEE. Consultado em 7 de maio de 2016 
  5. «Claude E. Shannon Award». IEEE Information Theory Society. Consultado em 7 de maio de 2016 
  6. «IEEE Donald G. Fink Prize Paper Award Recipients» (PDF). IEEE. Consultado em 7 de maio de 2016 
  7. «Golden Jubilee Awards for Technological Innovation». IEEE Information Theory Society. Consultado em 7 de maio de 2016 
  8. «IEEE Medal of Honor Recipients» (PDF). IEEE. Consultado em 7 de maio de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Mildred Dresselhaus
Medalha de Honra IEEE
2016
Sucedido por
Kees Schouhamer Immink