David Armstrong-Jones, 2.º Conde de Snowdon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de David Armstrong-Jones)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde junho de 2016)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
David Linley
Conde de Snowdon
Cônjuge Serena Armstrong-Jones
Descendência Charles Armstrong-Jones, Visconde Linley
Lady Margarita Armstrong-Jones
Casa Windsor
Nome completo
David Albert Charles Armstrong-Jones
Nascimento 3 de novembro de 1961 (56 anos)
  Londres, Inglaterra
Pai Antony Armstrong-Jones
Mãe Margarida, Condessa de Snowdon
Brasão

David Albert Charles Armstrong-Jones, 2.º Conde de Snowdon (Londres, 3 de novembro de 1961), é um descendente da família real britânica, conhecido profissionalmente como David Linley. Ele é o presidente-eleito da Christie's do Reino Unido, a internacional casa de leilão. David Armstrong-Jones é o único filho da falecida princesa Margarida, e de seu ex-marido, o fotógrafo Antony Armstrong-Jones. É, portanto, sobrinho da rainha Isabel II e neto do rei Jorge VI.[1][2]

Infância e casamento[editar | editar código-fonte]

Ele nasceu em Clarence House. Aos três anos, teve suas orelhas presas cirurgicamente. Foi educado em Bedales School, em Hampshire, e em John Makepiece School for Craftsmen, em Dorset. Escreveu dois livros: Extraordinary Furniture e Classical Furniture, ambos publicados em 1993.

Depois de romances com Susannah Constantine, Kate Menzies e Nicola Formby, Linley casou-se com Serena Armstrong-Jones, em 8 de outubro de 1993. Serena é a filha mais velha de Charles Stanhope, 12º Conde de Harrington.[2] Eles têm juntos um filho e uma filha:

Lorde Snowdon é um fabricante de mobílias, tapeçarias e produtos de interiores, conhecidos por seu neoclássico aspecto e pelo uso dramático de madeiras marcheteadas. Dentre os grandes clientes de David Linley, está a apresentadora de televisão americana Oprah Winfrey, cuja mesa foi projetada por ele. Ele fundou sua própria companhia em 1985, chamada LINLEY.[1]

Em 3 de novembro de 2006, a Associated Press noticiou que David Linley seria o próximo presidente da Christie's do Reino Unido, cargo que assumiu no dia 1º de dezembro de 2006.[2][3]

Sucessão real[editar | editar código-fonte]

Brasão de armas de David Armstrong-Jones, 2.º Conde de Snowdon

Lorde Snowdon é o filho da princesa Margarida e de Antony Armstrong-Jones. Assim, ele é o sobrinho da Isabel II do Reino Unido, e um neto de Jorge VI do Reino Unido. Apesar de sua mãe ser uma princesa no Reino Unido, os títulos e estilos são passados apenas de pai para filhos. Do mesmo modo, os filhos da princesa Ana não detêm títulos.

David não detinha o título de visconde Linley em seu próprio direito, pois o mesmo é um título de cortesia usado pelo filho mais velho e herdeiro geral de um Conde. O título que ele herdou de seu pai é de 2º Conde de Snowdon, com o tratamento de lorde. No momento de seu nascimento, foi quinto na linha de sucessão ao trono britânico, agora ele está em décimo oitavo lugar e é a primeira pessoa na linha de sucessão que não é um descendente da rainha.

Ascendência[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Colacello, Bob. «How the Earl of Snowdon Turned His Heritage into a Lifestyle». Vanities (em inglês) 
  2. a b c «Meet the new Earl of Snowdon». Mail Online 
  3. «Lord David Linley - AyM». AyM (em espanhol) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Mia Phillips
Linha de sucessão ao trono britânico
18.º
Sucedido por
Charles Armstrong-Jones
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.