Maria Adelaide de Cambridge

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Maria Adelaide
Princesa do Reino Unido e Duquesa de Teck
Marido Francisco, Duque de Teck
Descendência Maria de Teck
Adolfo, Duque de Teck
Francisco de Teck
Alexandre de Teck
Casa Hanôver (por nascimento)
Württemberg (por casamento)
Nome completo
Maria Adelaide Guilhermina Isabel
Nascimento 27 de novembro de 1833
  Hanôver, Hanôver
Morte 27 de outubro de 1897 (63 anos)
  Londres, Reino Unido
Enterro Capela de São Jorge, Windsor, Berkshire, Reino Unido
Pai Adolfo, Duque de Cambridge
Mãe Augusta de Hesse-Cassel
Brasão

Maria Adelaide Guilhermina Isabel (Hanôver, 27 de novembro de 1833Londres, 27 de outubro de 1897) foi uma princesa britânica, a terceira e última filha do príncipe Adolfo, Duque de Cambridge, filho do rei Jorge III do Reino Unido, e sua esposa a princesa Augusta de Hesse-Cassel. Ela se casou em 1866 com o príncipe Francisco, Duque de Teck, com quem teve quatro filhos: Maria, Adolfo, Francisco e Alexandre. Através de sua filha mais velha, Maria Adelaide é uma ancestral da atual família real britânica.

Infância e juventude[editar | editar código-fonte]

Maria Adelaide passou os primeiros anos de sua vida em Hanôver, onde seu pai atuou como vice-rei de Hanôver no lugar de seus tios Jorge IV e mais tarde Guilherme IV. Seu amor por alimentos e tendência a comer em excesso levou a tornar-se muito acima do peso, e posteriormente foi apelidada de "Maria, a Gorda".[1][2][3]

Após a morte de Guilherme IV, a prima de Maria Adelaide, princesa Alexandrina Vitória de Kent, subiu ao trono em 1837. No entanto, por causa da lei sálica, Vitória foi impedida de subir ao trono de Hanôver, que foi passado para o príncipe Ernesto Augusto, Duque de Cumberland. Assim, o Duque de Cambridge já não era necessário, em Hanôver, e voltou para Londres com sua família, fixando residência no Palácio de Kensington.

Casamento[editar | editar código-fonte]

Com a idade de 30 anos, Maria Adelaide ainda era solteira. Sua aparência pouco atraente e falta de renda foram fatores contribuintes, como a sua idade avançada. No entanto, seu real valor não a impedia não se casar com alguém de seu sangue azul. Sua prima a rainha Vitória ficou com pena dela, e começou a procurar-lhe pretendentes solteiros.

Posteriormente, um candidato adequado foi encontrado em Württemberg, o príncipe Francisco de Teck. O príncipe era de mais baixa patente que Maria Adelaide, pois, era um produto de um casamento morganático e não tinha direitos de sucessão ao trono de Württemberg, mas pelo menos tinha o mínimo, o título de príncipe e era de sangue real. Sem outras opções disponíveis, Maria Adelaide decidiu casar com ele. O casal se casou em 12 de junho de 1866, na Igreja de Kew, Surrey.

Maria Adelaide pediu que seu novo marido recebesse o tratamento de Sua Alteza Real, mas a proposta foi recusada pela rainha Vitória. Ele, contudo, recebeu o tratamento de Sua Alteza no Reino Unido em 1887 para celebrar o jubileu de ouro da rainha Vitória.

Eles tiveram quatro filhos:[4]

O Duque e a Duquesa de Teck decidiram residir em Londres, em vez de no Reino de Württemberg, principalmente porque Maria Adelaide tinha o único ganha-pão para a família Teck. Ela recebia 5 000 £ por ano, como uma anuidade parlamentar para a realização de deveres reais. Sua mãe, a princesa Augusta, também colaborava com a sua renda complementar. Os pedidos para a rainha Vitória de fundos extras geralmente eram recusados. No entanto, a rainha deu-lhes apartamentos no Palácio de Kensington[5] e o White Lodge, em Richmond Park, como casa de campo.

Falecimento[editar | editar código-fonte]

Faleceu em 27 de outubro de 1897. Está sepultada na Capela de São Jorge (Castelo de Windsor).[6]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Brasão da Princesa Maria Adelaide de Cambridge.
  • 27 de novembro de 1833 – 12 de junho de 1866: "Sua Alteza Real, a Princesa Maria Adelaide de Cambridge"
  • 12 de junho de 1866 – 16 de dezembro de 1871: Sua Alteza Real, a Princesa Francisco de Teck"
  • 16 de dezembro de 1871 – 27 de outubro de 1897: "Sua Alteza Real a Duquesa de Teck"

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Wilson, A.N. (2014). Victoria: a Life. Col: First US. New York: Penguin Press HC. p. CXCV. ISBN 978-1594205996 
  2. «Mary Adelaide, Princess». Oxford DNB. Oxford University Press. Consultado em 28 de outubro de 2014 
  3. Ridley, Jane (2014). The Heir Apparent: a Life of Edward VII, the Playboy Prince. Col: Digital. New York: Random House. ISBN 978-0812972634. Consultado em 31 de outubro de 2014 
  4. ‘Teck’, Who Was Who, A & C Black, 1920–2008; online edn, Oxford University Press, Dec 2007 Consultado em 4 de janeiro de 2012
  5. «Queen Mary. Devotion to duty». The Sydney Morning Herald. 21 de janeiro de 1936. Consultado em 21 de julho de 2013 
  6. Maria Adelaide de Cambridge (em inglês) no Find a Grave
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.