Patrícia de Connaught

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Patrícia
Lady Ramsay
Marido Alexander Ramsay
Descendência Alexandre de Mar
Casa Saxe-Coburgo-Gota
Nome completo Vitória Patrícia Helena Isabel Windsor (em português)

Victoria Patricia Helena Elizabeth Windsor (em inglês)

Nascimento 17 de março de 1886
  Palácio de Buckingham, Londres, Inglaterra
Morte 12 de janeiro de 1974 (87 anos)
  Surrey, Inglaterra
Enterro Cemitério de Frogmore, Inglaterra
Pai Artur, Duque de Connaught e Strathearn
Mãe Luísa Margarida da Prússia
Brasão

A Princesa Vitória Patrícia Helena Isabel de Connaught, depois Lady Patrícia Ramsay (nome em inglês: Victoria Patricia Helena Elizabeth Windsor; 17 de março de 1886 - 12 de janeiro de 1974) foi um membro da família real britânica, filha do príncipe Artur, Duque de Connaught e Strathearn e da princesa Luísa Margarida da Prússia, sendo através do seu pai, uma neta da rainha reinante Vitória I do Reino Unido. Ela abandonou o seu título real de princesa britânica e o seu tratamento de "Sua Alteza Real", após o seu casamento com o plebeu almirante Alexandre Ramsay.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascimento e batismo[editar | editar código-fonte]

A princesa Victoria Patricia Helena Elizabeth Windsor (ou apenas "Patsy" para a família e os amigos) nasceu em 17 de março de 1886, dia de São Patrício, no Palácio de Buckingham, localizado na cidade de Londres. Pelo nascimento, era uma legítima princesa do Reino Unido, pois o seu pai era o príncipe Artur, Duque de Connaught e Strathearn, terceiro filho da rainha reinante Vitória I do Reino Unido e do príncipe Albeto. Sua mãe foi a princesa Luísa Margarida da Prússia.

Patrícia tinha dois irmãos mais velhos, o príncipe Artur de Connaught e a princesa Margarida de Connaught, mais tarde princesa por casamento e depois foi a primeira rainha consorte por casamento da Suécia, como primeira esposa do rei reinante Gustavo VI Adolfo da Suécia.

Foi batizada como Vitória Patrícia Helena Isabel (em inglês: Victoria Patricia Helena Elizabeth Windsor) na igreja de Saint Anne na mansão de Bagshot Park, em 01 de maio de 1886 em comunhão com a igreja Anglicana. Os seus padrinhos foram: a rainha Vitória I do Reino Unido, a princesa Helena de Schleswig-Holstein, a grã-duquesa de Oldemburgo, o príncipe Guilherme da Prússia, o príncipe Ernesto II de Saxe-Coburgo-Gota e o príncipe Alberto da Prússia. O seu nome "Vitória" foi escolhido em homenagem à rainha reinante Vitória I do Reino Unido, o nome "Patrícia" em homenagem a São Patrício (o santo do seu aniversário), e o nome "Helena" em homenagem à irmã de seu pai, a princesa Helena do Reino Unido.

Em 06 de julho de 1893, ela foi uma das damas de honra no casamento dos seus primos, o até então príncipe Jorge, Duque de York (futuro Jorge V do Reino Unido) e a Maria de Teck, Duquesa de York.

Casamento[editar | editar código-fonte]

Patrícia com seu filho, Alexandre Ramsay de Mar.


A questão do casamento de Patrícia foi muito controversa num tempo em que membros da nobreza só se casavam com outros membros da nobreza. Vários membros da realeza internacional, como o rei Afonso XIII de Espanha, o herdeiro do trono de Portugal, o Luís Filipe de Bragança, o futuro grão-duque de Mecklenburg-Strelitz e o grão-duque Miguel Alexandrovich da Rússia, irmão mais novo do czar Nicolau II da Rússia, pediram a mão de Patrícia em casamento, mas ela rejeitou a proposta de casamento de todos eles.

Patrícia escolheu um plebeu e não um nobre, como era esperado. Casou-se com um Oficial Comandante da Marinha (mais tarde promovido à Almirante) Alexandre Ramsay (1881-1972).

No dia do casamento, a princesa Patrícia de Connaught renunciou voluntariamente ao tratamento de "Sua Alteza Real" e ao seu título de nascimento de "Princesa do Reino Unido", e assumiu o novo título de Lady Patrícia Ramsay, com precedência imediatamente antes de marquesas de Inglaterra. Com Alexandre Ramsay, Patrícia Ramsay teve um filho, Alexandre de Mar (21 de dezembro de 1919 - 20 de dezembro de 2000).

Apesar da renúncia ao título real, a Lady Patrícia manteve-se como membro da família real britânica, na linha de sucessão ao trono britânico, e atendeu todos os eventos reais, incluindo casamentos, investidura do seu primo em primeiro grau o príncipe Eduardo, Príncipe de Gales em 1911, funerais, e a coroação de Jorge VI e Isabel II, em 1937 e 1953, respectivamente.

Faleceu em 12 de janeiro de 1974. Encontra-se sepultada no Cemitério de Frogmore no Reino Unido.[1]

Títulos, estilos, honras e armas[editar | editar código-fonte]

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • 17 de março de 1886 - 27 de fevereiro de 1919: Sua Alteza Real princesa Patrícia de Connaught
  • 27 de fevereiro de 1919 - 12 de janeiro de 1974: Lady Patrícia Ramsay

Honras[editar | editar código-fonte]

Após uma visita oficial dos duques de Connaught e de sua filha, em 1906, a cidade de Lourenço Marques, capital de Moçambique, deu o nome de Duques de Connaught a uma aprazível avenida situada na sua parte alta e o nome de Princesa Patrícia a uma outra avenida, mais central (após a independência de Moçambique, a cidade foi rebatizada Maputo e as referidas artérias passaram a chamar-se, respetivamente, Friedrich Engels e Salvador Allende).[2]

Armas[editar | editar código-fonte]

Brasão de Patrícia de Connaught como Princesa do Reino Unido

Logo após o seu casamento em 1919, foram concedidas armas a Lady Patrícia, na linhagem masculina de neta de uma monarca britânica. Os braços são os do brasão de armas do Reino Unido com um rótulo para a diferença, descritos assim (por trimestre):

  • 1º e 4º trimestres, exibem os três leões, que representam a Inglaterra;
  • 2º trimestre, mostra um leão vermelho em um campo amarelo com uma dupla borda de cor vermelha com flores vermelho-de-lis, representando a Escócia;
  • 3º trimestre, mostra uma harpa de ouro com cordas de prata contra um fundo azul, representando a Irlanda.

O conjunto diferenciado de um rótulo de cinco pontos Argent, primeiro e quinto lugar, com uma cruz gules, os outros flor-de-lis azul.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Patrícia de Connaught

Referências

  1. Patrícia de Connaught (em inglês) no Find a Grave
  2. LOURENÇO MARQUES — A MAIS BONITA CIDADE AFRICANA DO SEU TEMPO, de João Mendes de Almeida (ISBN 978-989-97996-4-6, outubro de 2017)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.