Direction Générale de la Sécurité Extérieure

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Direction Générale de la Sécurité Extérieure (DGSE) é uma das agências secretas de inteligência e contra-espionagem que operada sob o controle do Ministério da Defesa do governo da França[1].

Cooperação com a CIA[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2005, a reporter Dana Priest do The Washington Post revelou a existência das Prisões secretas da CIA[2][3]. O artigo revelou também a cooperação do governo da França com a CIA através da Alliance Base[4]. Para aparentar pouca participação da CIA nas operações da Alliance Base, a língua utilizada no centro foi o francês.

Em 5 de fevereiro de 2013, o jornal O Globo publicou matéria sobre um relatório emitido por uma organização que afirmava que a França não era um dos países listados como colaborador da CIA no seu programa de detenções secretas e interrogatórios com tortura.[5]. O mesmo relatório também listava vários países da Europa como tendo colaborado no programa de tortura da CIA, incluindo Portugal[6]. As informações publicadas pela imprensa francesa e pelo The Washington Post todavia, apontam para outros fatos e indicam que a existência da aliança francesa com a CIA através da Alliance Base durou de 2002 ate 2009[7].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências