Discografia de Ed Sheeran

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Discografia de Ed Sheeran
O artista em uma apresentação em 2013.
Álbuns de estúdio 4
Extended plays (EP) 13
Singles 46
Box sets 2

A discografia de Ed Sheeran, um cantor e compositor britânico, consiste em quatro álbuns de estúdio, dois box sets, treze extended plays e 46 singles — incluindo sete promocionais e dezasseis nos quais é creditado como artista convidado. Sheeran começou a gravar música em 2004 e lançou os seus primeiros projectos independentemente.[1] A 8 de Janeiro de 2011, lançou o EP No. 5 Collaborations Project independentemente,[2][3] vendendo mais de 7 mil unidades na sua primeira semana de comercialização. Três meses depois, o cantor assinou um contrato com a distribuidora fonográfica Asylum.[4] O seu álbum de estreia, +, estreou no primeiro posto no Reino Unido, onde recebeu o certificado de disco de platina por sete vezes e, até Junho de 2015, já havia vendido mais de 1 milhão e 958 mil unidades. É o sexto álbum mais vendido da década de 2010 e o 44.° mais vendido do século XXI naquele país.[5] Na Austrália recebeu o certificado de disco de platina por seis vezes e, com 222 semanas, é o álbum com permanência mais longa na tabela musical de álbuns.[6][7][8] Nos Estados Unidos, atingiu um máximo de número 5 na tabela musical de álbuns e vendeu cerca de 1 milhão e 210 mil unidades até Março de 2017.[9] Lançado em Junho de 2011 como o primeiro single de Sheeran, "The A Team" alcançou as dez melhores posições em vários países europeus, inclusive o RU, onde estreou no número 3 e foi ainda o oitavo mais vendido do ano, recebendo o certificado de disco de platina por três vezes.[10][11] Até Setembro de 2017, 1 milhão e 119 mil unidade do single já haviam sido vendidas naquele país.[12] Os restantes singles de + — "You Need Me, I Don't Need You", "Lego House", "Drunk", "Small Bump" e "Give Me Love" — atingiram um sucesso moderado em tabelas musicais de países europeus. Até Janeiro de 2017, cerca de 4 milhões de cópias de + já haviam sido vendidas ao redor do mundo.

Lançado em Junho de 2014, × foi o álbum com venda mais rápida no RU, onde permaneceu dentro das dez melhores colocações por 74 semanas consecutivas, das quais ocupou a primeira colocação por doze. Até Dezembro de 2015, 2 milhões e 660 mil unidades do projecto já haviam sido comercializadas naquele território, rendendo ao artista a certificação de disco de platina por onze vezes. Na América do Norte, rendeu a Sheeran o seu primeiro número um em ambos Canadá e EUA, recebendo o certificado de disco platina por quatro vezes no último. Em outros lugares, alcançou um sucesso comercial enorme, atingindo o número um em mais treze países, incluindo a Alemanha, Escócia, Nova Zelândia e Suécia. Na Irlanda, recebeu o certificado de disco de platina por quatorze vezes. Segundo a Federação Internacional da Indústria Fonográfica (FIIF), × vendeu 4,4 milhões de unidades em 2014 e 3,5 milhões em 2015, sendo o terceiro e segundo álbum mais vendido do ano, respectivamente. O single "Sing" foi também um enorme sucesso comercial, alcançando o número um em nove países, incluindo o RU e a Austrália, onde recebeu o certificado de disco de platina por três vezes, bem como no Canadá. "Thinking Out Loud", o terceiro single do álbum, quebrou o recorde de tempo de espera mais longo para alcançar o primeiro posto no RU.[13] Nos EUA, embora tenha alcançado o seu pico na segunda posição da tabela musical de singles, foi o trabalho do artista comercialmente melhor sucedido, recebendo o certificado de platina por doze vezes. Até Setembro de 2017, cerca de 5,6 milhões de unidades de "Thinking Out Loud" já haviam sido vendidas nos EUA e,[14][15] no RU, foi incluso na lista dos trabalhos mais vendidos de sempre após ultrapassar a marca de um milhão de unidades comercializadas.[16] Uma versão remisturada de "Bloodstream", em colaboração com a banda britânica Rudimental, e "Photograph" foram divulgadas como os dois últimos single do álbum, alcançando sucesso internacional. Em Maio de 2016, × foi anunciado como o segundo álbum mais vendido de 2015 e é o décimo terceiro trabalho de estúdio mais vendido de sempre no RU.[17]

Lançado em meados de Março de 2017, ÷ estreou no primeiro posto de tabelas musicais de quatorze países, inclusive o RU, onde tornou-se no álbum mais rapidamente vendido por um artista masculino, permanecendo na posição por vinte semanas.[18] Todas dezasseis canções presentes no álbum conseguiram entrar na tabela de singles britânica, das quais dez alcançaram as dez melhores posições, um recorde.[19] Alcançando o primeiro posto em tabelas musicais de 38 países, "Shape of You", o primeiro single, tornou-se no melhor comercialmente sucedido do artista, recebendo o certificado de disco de diamante no Canadá, EUA, França e Polónia, países nos quais foi também o trabalho mais vendido de 2017.[20] "Perfect", o quarto single, foi igualmente bem sucedido, alcançando o primeiro posto em tabelas musicais de 31 países e recebendo o certificado de disco de diamante na França e Alemanha. "Castle on the Hill", "Galway Girl" e "Happier", os restantes singles, também conseguiram alcançar um sucesso internacional moderado. Antes mesmo de ter sido oficialmente divulgada como um single promocional, "How Would You Feel (Paean)" alcançou o segundo posto no RU e Austrália, países onde recebeu o certificado de disco de ouro e platina, respectivamente. ÷ é o álbum mais vendido de Sheeran, com vendas mundiais de cerca de 13 milhões. Sheeran foi o artista com mais streams no Spotify em 2017, com 6,3 mil milhões de streams. Além disso, ÷ foi o álbum com mais streams de 2017, com 3,1 milhões de streams, e "Shape of You" foi o single com mais streams, com 1,4 mil milhões de streams.[21] Lançado em Julho de 2019, o seu quarto trabalho de estúdio, No.6 Collaborations Project, estreou no primeiro posto em vinte tabelas musicais, incluindo o RU, EUA, Irlanda, EUA e Portugal, onde permaneceu por duas semanas. Ainda no mês de lançamento, recebeu os certificados de disco de ouro na Nova Zelândia e RU. O single "I Don't Care" foi o melhor sucedido, alcançado o primeiro posto no RU, Irlanda, Portugal e Austrália, e ainda recebendo o certificado de disco de platina por três vezes no Canadá. "Beautiful People", o terceiro single, foi o sétimo número um de Sheeran no seu país natal.

Até Julho de 2015, as vendas de canções de Sheeran nos EUA ultrapassavam 18 milhões e 900 mil unidades.[22] No Reino Unido, o seu total de canções vendidas é de 45 milhões unidades, enquanto o total de álbuns vendidos é de 9,5 milhões, sem ainda incluir os 4,9 mil milhões de unidades de streaming até Maio de 2019.[23] Até Março de 2018, Sheeran já havia vendido mais de 26 milhões de álbuns e 100 milhões de singles no mundo, fazendo dele um dos artistas recordistas de vendas de discos no mundo.[24]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Detalhes do álbum Posições de pico nas tabelas musicais Vendas Certificações
RU
[10]
ALE
[25]
AUS
[6]
CAN
[26]
DIN
[27]
EUA
[28]
FRA
[20]
[29]
IRL
[30]
NZL
[31]
PRT
[32]
+
  • 9 de Setembro de 2011
  • Atlantic Records
  • CD, download digital, vinil
1 1 5 13 44 12 1 1 19
×
  • 23 de Junho de 2014
  • Atlantic Records
  • CD, download digital, vinil
1 1 1 1 5 1 1 1 1 2
÷
  • 3 de Março de 2017
  • Atlantic Records
  • CD, download digital, vinil
1 1 1 1 1 1 1 1 1 1
  • Mundo: 13 100 000[52]
  • RU: 3 300 000[23]
  • EUA: 2 583 000[53]
  • FRA: 600 000[54]
No.6 Collaborations Project
  • 12 de Julho de 2019
  • Asylum Records, Atlantic Records
  • CD, download digital
1 2 1 1 2 1 2 1 1 1
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.
  1. Deste total, apenas 87 000 unidades correspondem a vendas físicas.[64]

Box sets[editar | editar código-fonte]

Detalhes do álbum Posições de pico nas tabelas musicais
AUS
[6]
BEL
(Fla)

[68]
CHE
[69]
ESP
[70]
EUA
[28]
FRA
[71]
PB
[72]
5[73]
  • 12 de Maio de 2015
  • Atlantic Records, Gingerbread Man Records
  • CD, download digital
17 180 100 89 30 64
× / +[74] 89 28
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.

Extended plays[editar | editar código-fonte]

Detalhes do álbum Posições de pico nas tabelas musicais Certificações
RU
[10]
[75]
AUS
[76]
IRL
[30]
The Orange Room[77]
  • Março de 2005
  • Lançamento independente
  • CD, download digital
Ed Sheeran[78]
  • 22 de Março de 2006
  • Lançamento independente
  • CD, download digital
Want Some?[79]
  • 29 de Junho de 2007
  • Lançamento independente
  • CD, download digital
You Need Me[80]
  • 2 de Novembro de 2009
  • Lançamento independente
  • CD, download digital
142
Loose Change[81]
  • 7 de Fevereiro de 2010
  • Lançamento independente
  • CD, download digital
90 83 39
Songs I Wrote with Amy[82]
  • 4 de Abril de 2010
  • Lançamento independente
  • CD, download digital
199
Live at the Bedford[83]
  • 2010
  • Lançamento independente
  • CD, CD + DVD, download digital, vinil
No. 5 Collaborations Project[2]
  • 10 de Janeiro de 2011
  • Lançamento independente
  • CD, download digital, vinil
46
One Take EP[84]
  • 7 de Abril de 2011
  • Atlantic Records
  • Download digital
iTunes Festival: London 2011[85]
  • 11 de Julho de 2011
  • Atlantic Records
  • Download digital
177
Thank You[86]
  • 18 de Setembro de 2011
  • Atlantic Records
  • Download digital
The Slumdon Bridge[87]
(com Yelawolf)
  • 14 de Fevereiro de 2012
  • Atlantic Records
  • Download digital
iTunes Festival: London 2012[88]
  • 15 de Setembro de 2012
  • Atlantic Records
  • Download digital
191
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Posições de pico nas tabelas musicais Vendas Certificações Álbum
RU
[10]
ALE
[25]
AUS
[6]
[89]
BRA
[90]
CAN
[91]
EUA
[14]
[92]
FRA
[20]
[93]
IRL
[30]
NZL
[31]
PRT
[94]
2011 "The A Team" 3 9 2 29 16 43 3 3
  • ARIA: 7× Platina[96]
  • RIAA: 5× Platina[39]
  • MC: 5× Platina[38]
  • BPI: 3× Platina[11]
  • GLF: 2× Platina[97]
  • FIMI: Platina[61]
  • FIIF (DIN): Platina[98]
  • RMNZ: Platina[99]
  • BVMI: Ouro[41]
+
"You Need Me, I Don't Need You" 4 74 19
"Lego House" 5 51 4 54 42 5 5
2012 "Drunk" 9 9 7 23
"Small Bump" 25 17 14 11
"Give Me Love" 18 71 9 94 117 10 12
2013 "I See Fire" 13 2 10 21 101 72 8 1 The Hobbit:
The Desolation of Smaug
(Original Motion Picture Soundtrack)
2014 "Sing" 1 7 1 42 4 13 5 1 1 ×
"Don't" 8 17 4 7 9 41 11 6
"Thinking Out Loud" 1 6 1 22 2 2 4 1 1 30
2015 "Bloodstream"
(com Rudimental)
2 7 13 2
"Photograph" 15 4 9 20 4 10 9 3 8 20
  • MC: 7× Platina[38]
  • ARIA: 5× Platina[96]
  • FIMI: 5× Platina[61]
  • RIAA: 4× Platina[39]
  • BPI: 3× Platina[11]
  • FIIF (DIN): 3× Platina[125]
  • RMNZ: 2× Platina[120]
  • BVMI: 2× Platina[41]
  • GLF: Platina[42]
2017 "Castle on the Hill" 2 2 2 2 6 3 2 2 3 ÷
"Shape of You" 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1
"Galway Girl" 2 5 2 16 53 15 1 3 11
"Perfect"[n 10] 1 1 1 1 1 1 1 1 3
2018 "Happier" 6 16 16 22 59 73 5 11 23
2019 "I Don't Care"
(com Justin Bieber)
1 2 1 1 2 2 7 1 2 2 No.6 Collaborations Project
"Cross Me"
(com participação de Chance the Rapper e PnB Rock)
4 23 5 12 25 86 6 6 30
"Beautiful People"
(com participação de Khalid)
1 9 4 6 19 34 2 2 8
"Best Part of Me"
(com participação de Yebba)
55 17 44 99 162 13 66
"Blow"
(com Bruno Mars e Chris Stapleton)
93 31 39 60
"Antisocial"
(com Travis Scott)
23 11 17 37 102 9 37
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.
  1. Este total é a soma das vendas digitais (1 118 825) e dos streams equivalentes a vendas (468 647).[12]
  2. Este total é a soma das vendas digitais (811 534) e dos streams equivalentes a vendas (293 051).[12]
  3. Este total é a soma das vendas digitais (671 626) e dos streams equivalentes a vendas (667 036).[12]
  4. Este total é a soma das vendas digitais (399 001) e dos streams equivalentes a vendas (674 153).[12]
  5. Este total é a soma das vendas digitais (1 219 184) e dos streams equivalentes a vendas (1 302 119).[12]
  6. Este total é a soma das vendas digitais (386 001) e dos streams equivalentes a vendas (961 965).[12]
  7. Este total é a soma das vendas digitais (478 716) e dos streams equivalentes a vendas (1 192 607).[12]
  8. Deste total, 707 109 unidades correspondem a streams.[131]
  9. Este total é a soma das vendas digitais (246 524) e dos streams equivalentes a vendas (952 547).[12]
  10. Existem três versões diferentes lançadas de "Perfect": uma a solo, um dueto com Beyoncé, e um dueto com Andrea Bocelli. Todas as versões conseguiram entrar nas tabelas musicais. As posições exibidas na tabela são as mais altas na respectiva tabela musical.[142]

Como artista convidado[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Posições de pico nas tabelas musicais Vendas Certificações Álbum
RU
[10]
[166]
ALE
[25]
AUS
[6]
CAN
[167]
DIN
[27]
FRA
[20]
EUA
[168]
IRL
[30]
NZL
[31]
PRT
[94]
2011 "If I Could"[169]
(Wiley com participação de Ed Sheeran)
Chill Out Zone
"Young Guns"[170]
(Lewi White com participação Ed Sheeran, Yasmin,
Griminal e Devlin)
86 Não incluso em álbum
"Teardrop"[171]
(Chipmunk, Dot Rotten, Ed Sheeran, Ms. Dynamite,
Mz. Bratt, Tulisa Contostavlos, Rizzle Kicks,
Tinchy Stryder e Wretch 32)
24 We Are the Collective
2012 "Hush Little Baby"[172]
(Wretch 32 com participação Ed Sheeran)
35 72 Black and White
"Epic Dreamers' Remix"[173]
(Rizzle Kicks com participação de Pharoahe Monch,
Hines, Professor Green, Ed Sheeran, Dappy,
Foreign Beggars e Chali 2na)
105 Stereo Typical
"Watchtower"[174]
(Devlin com participação de Ed Sheeran)
7 175 73 A Moving Picture
"Wish You Were Here"
(Ed Sheeran, Richard Jones, Nick Mason,
Mike Rutherford e David Arnold)
34 59 A Symphony of British Music:
Music for the Closing Ceremony of the
London 2012 Olympic Games
"Everything Has Changed"
(Taylor Swift com participação de Ed Sheeran)
7 28 28 32 5 22 Red
2013 "Old School Love"[176]
(Lupe Fiasco com participação de Ed Sheeran)
23 100 93 17 Não incluso em álbum
2014 "All About It"[177]
(Hoodie Allen com participação de Ed Sheeran)
9 71 30 People Keep Talking
2015 "Lay It All on Me"[178]
(Rudimental com participação de Ed Sheeran)
12 31 7 29 26 48 5 5 18 We the Generation
2017 "Boa Me"[183]
(Fuse ODG com participação de Ed Sheeran e Mugeez)
52 99 African Nation
"End Game"
(Taylor Swift com participação de Ed Sheeran e Future)
49 36 11 18 68 Reputation
"River"
(Eminem com participação de Ed Sheeran)
1 3 2 3 3 11 23 2 3 5 Revival
2018 "Raise Em Up"[191]
(Alonestar com participação de Ed Sheeran)
A ser anunciado
2019 "Amo soltanto te / This Is the Only Time"[192]
(Andrea Bocelli com participação de Ed Sheeran)
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.
  1. Este total é a soma das vendas digitais (372 000) e dos streams equivalentes a vendas (25 200 000)[155]
  2. Este total é a soma das vendas digitais (191 000) e dos streams equivalentes a vendas (64 000 000)[155]

Singles promocionais[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Posições de pico nas tabelas musicais Certificações Álbum
RU
[10]
ALE
[25]
AUS
[6]
[193]
CAN
[91]
DIN
[27]
EUA
[14]
FRA
[20]
IRL
[30]
NZL
[31]
PRT
[94]
2014 "One"[194] 18 79 72 32 87 121 54 ×
"Afire Love" 59 41 5 37 37 82
"The Man"[196] 82 80 9 49
"Make It Rain"[197] 38 26 27 34 103 58 23 Sons of Anarchy
2015 "Growing Up (Sloane's Song)"[198]
(Macklemore & Ryan Lewis com participação de Ed Sheeran)
This Unruly Mess I've Made
2017 "How Would You Feel (Paean)" 2 27 2 19 18 41 84 5 6 4 ÷
2018 "Supermarket Flowers"[202]
(ao vivo nos BRITs)
Não incluso em álbum
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.

Outras canções que entraram nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Posições nas tabelas musicais Certificações Álbum / Single
RU
[10]
[203]
ALE
[25]
AUS
[6]
[204]
CAN
[91]
EUA
[14]
FRA
[20]
[205]
IRL
[30]
NZL
[31]
PRT
[94]
SUE
[206]
2011 "Little Bird" 186 Loose Change
"Cold Coffee" 191 Songs I Wrote with Amy
"Gold Rush" 81 97 +
"Autumn Leaves" 84
"Sunburn" 140
"Kiss Me" 163 94 29
"Grade 8" 181
"U.N.I." 175
"Wake Me Up" 190
2014 "Friends" 121 "Sing"
"Candle in the Wind" (versão de 2018) 38 Goodbye Yellow Brick Road:
Revisited & Beyond
"All of the Stars"[207] 46 66 67 113 130 29 The Fault in Our Stars
(Music from the Motion Picture)
"Bloodstream" 60 60 110 39 57 ×
"I'm a Mess" 49 62 60
"Tenerife Sea" 62 53
"Take It Back" 85
"Nina" 57 75
"Runaway" 71
"Even My Dad Does Sometimes" 144
"Shirtsleeves" 195
"Everything You Are" 171 "Don't"
2015 "I Will Take You Home" 69 50 "Bloodstream"
"Touch and Go" 100 ×: Wembley Edition
2017 "Dive" 8 23 5 19 49 67 11 4 18 28 ÷
"New Man" 5 20 20 21 72 83 5 13 31 29
"What Do I Know?" 9 35 24 26 83 98 8 14 28 25
"Supermarket Flowers" 8 29 19 31 75 109 9 16 35 39
"Eraser" 14 21 31 36 90 75 15 19 33 31
"Hearts Don't Break Around Here" 15 45 32 42 93 115 13 23 37 43
"Barcelona" 12 42 36 45 96 129 10 26 40 48
"Nancy Mulligan" 13 37 51 37 101 127 3 27 57 50
"Bibia Be Ye Ye" 18 52 39 57 105 130 14 29 56 56
"Save Myself" 19 56 38 58 103 161 16 30 54 57
2019 "South of the Border"
(com participação de Camila Cabello e Cardi B)
33 14 14 53 4 14 33 14 No.6 Collaborations Project
"Take Me Back To London"
(com participação de Stormzy)
3 68 29 59 116 44
"Remember the Name"
(com participação de Eminem e 50 Cent)
29 15 20 57 145 4 10 20
"Feels"
(com participação de Young Thug e J Hus)
54 77
"Put It All On Me"
(com participação de Ella Mai)
48 71 122
"Nothing on You"
(com participação de Paulo Londra e Dave)
65 85
"1000 Nights"
(com participação de Meek Mill e A Boogie wit da Hoodie)
56 65
"I Don't Want Your Money"
(com participação de H.E.R.)
64 100
"Way To Break My Heart"
(com participação de Skrillex)
50 79 73
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.

Participações em álbuns[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Posições de pico nas tabelas musicais Álbum
RU
[10]
ALE
[25]
CAN
[214]
ESC
[215]
EUA
[14]
[216]
FRA
[20]
IRL
[30]
NZL
[31]
SUE
[217]
2011 "Sleeping with My Memories"[218]
(Mz. Bratt com participação de Ed Sheeran)
Elements
2012 "25 Tracks"[219]
(Mikill Pane com participação de Ed Sheeran)
You Guest It
"Heaven"[220]
(David Stewart com participação de Ed Sheeran)
Late Night Viewing
"Deepest Shame (New Machine Remix)"[221]
(Plan B com participação de Ed Sheeran, Chip e Devlin)
27 Deepest Shame
2013 "Meanest Man"[222]
(Labrinth com participação de Wretch 32, Devlin, Ed Sheeran e ShezAr)
Atomic
"Top Floor (Cabana)"[223][224]
(Naughty Boy com participação de Ed Sheeran)
Hotel Cabana
"Guiding Light"[225]
(Foy Vance com participação de Ed Sheeran)
Joy of Nothing
"Play It Loud"[226]
(Giggs com participação de Ed Sheeran)
When Will It Stop
"Back Someday"[227][n 1]
(Sway)
Wake Up
2014 "Candle in the Wind"[228] Goodbye Yellow Brick Road:
Revisited & Beyond
"Be My Forever"[229]
(Christina Perri com participação de Ed Sheeran)
Head or Heart
"All of the Stars"[207] 46 66 67 31 113 130 29 The Fault in Our Stars
(Music from the Motion Picture)
"Type of Shit I Hate/Interlude"[230]
(Ty Dolla $ign com participação de Fabolous, Ed Sheeran e YG)
$ign Language
2015 "Rewind Repeat It"[231]
(Martin Garrix com participação de Ed Sheeran)
A ser anunciado[232]
"I Was Made for Loving You"[233]
(Tori Kelly com participação de Ed Sheeran)
142 64 110 21 Unbreakable Smile
"Dreams"[234]
(Krept and Konan com participação de Ed Sheeran)
The Long Way Home
"Reuf"[235]
(Nekfeu com participação de Ed Sheeran)
72 Feu
"Dark Times"[236][237]
(The Weeknd com participação de Ed Sheeran)
60 Beauty Behind the Madness
"Save It"[238]
(Tory Lanez com participação de Ed Sheeran)
Chixtape III
"Freakshow"[239]
(DJ Mustard com participação de Ed Sheeran e The Game)
Não incluso em álbum
2016 "I Will Be There"[240][n 2]
(Eric Clapton com participação de Angelo Mysterioso)
I Still Do
2017 "Lifting You"[241][242]
(N.E.R.D com Ed Sheeran)
No One Ever Really Dies
"Satellite"[243]
(Kasey Chambers com participação de Ed Sheeran)
Dragonfly
2018 "Candle in the Wind"[244] Revamp: Reimagining the Songs
of Elton John & Bernie Taupin
"Hello Hi 2"[245]
(Big Narstie com participação de Ed Sheeran)
BDL Bipolar
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.
  1. Ed Sheeran contribuiu com vocais de apoio.
  2. Ed Sheeran fora creditado como Angelo Mysterioso em "I Will be There".

Notas de rodapé

  1. SHEERAN, Ed; BUTAH, Phillip (9 de Outubro de 2014). Ed Sheeran: A Visual Journey (em inglês). [S.l.]: Cassell Illustrated. p. 38. 218 páginas. ISBN 978-1844037940. Consultado em 3 de Agosto de 2018. In 2004, I made my very first album, 'Spinning Man', named after a picture that my dad had. I burnt the CDs myself and made the covers. There were 14 songs and they were all songs that rhymed. One lyric went: ‘I’m a typical average teen, if you know what I mean.’ There are probably 20 copies of Spinning Man in existence and I have 19 of them. I don’t want anyone else to get hold of a copy. Most of the songs were about a girl called Claire. She was my first love when I was 13. It was a very innocent love and we only ever held hands, but it lasted a fair amount of time. Then came my first devastating break-up. Looking back, it really wasn’t that bad, but at the time it was soul-shattering. When she left me, I wrote a lot of songs off the back of it – my first love songs. 
  2. a b «No. 5 Collaborations Project (White Vinyl) - Ed Sheeran» (em inglês). EdSheeran.com. Warner Music. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  3. «Ed Sheeran Releases "5", a Collection of Old EPs» (em inglês). ABC News Radio (The Walt Disney Company). 12 de Maio de 2015. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  4. «Ed Sheeran signs with Asylum Records / Atlantic Records following 'No. 5 Collaborations Project' success» (em inglês). BBC News (British Broadcasting Corporation). 13 de Janeiro de 2011. Consultado em 19 de Janeiro de 2011 
  5. COPSEY, Rob (9 de Junho de 2015). «Official Biggest Selling Albums of the decade so far revealed» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 12 de Junho de 2015 
  6. a b c d e f g «Histórico de Ed Sheeran nas tabelas musicais da Austrália» (em inglês). ARIA Charts — via Hung Medien. Consultado em 31 de Março de 2017 
  7. «ARIA Australian Top 50 Albums Chart» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. 6 de Abril de 2015. Consultado em 4 de Abril de 2015. Cópia arquivada em 4 de Abril de 2015 
  8. «BEST OF ALL TIME - ALBUMS» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd — via Hung Medien. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  9. a b c CAULFIELD, Keith (6 de Abril de 2017). «Billboard 200 Chart Moves: Ed Sheeran's 'Divide' Reaches Half-Million in U.S. Album Sales». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 7 de Abril de 2017 
  10. a b c d e f g h «Histórico de Ed Sheeran nas tabelas musicais do Reino Unido» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 31 de Março de 2017 
  11. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao ap aq ar as at au av aw «Certificações no Reino Unido para Ed Sheeran» (em inglês). Escreva "Ed Sheeran" no campo de pesquisa e pressione em "Enter". British Phonographic Industry. Consultado em 12 de Fevereiro de 2019 
  12. a b c d e f g h i COPSEY, Rob (19 de Setembro de 2017). «The UK's Official Chart 'millionaires' revealed» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  13. MOSS, Liv (2 de Novembro de 2014). «Ed Sheeran's Thinking Out Loud breaks chart record for longest climb to Number 1 ever!» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 2 de Novembro de 2014 
  14. a b c d e «Histórico de singles de Ed Sheeran nos Estados Unidos (Hot 100)». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 1 de Abril de 2017 
  15. a b «Nielsen SoundScan charts – Digital Songs – Week Ending: 09/14/2017» (PDF) (em inglês). Def Jam Recordings (Universal Music Investments, Inc.). Nielsen SoundScan. Consultado em 19 de Setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 19 de Setembro de 2017 
  16. MYERS, Justin (14 de Dezembro de 2018). «The best-selling singles of all time on the Official UK Chart» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 8 de Abril de 2019 
  17. COPSEY, Rob (13 de Outubro de 2018). «The UK's biggest studio albums of all time» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 8 de Abril de 2019 
  18. COPSEY, Rob (25 de Janeiro de 2019). «Albums with the most weeks at Number 1 on the Official Albums Chart» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 6 de Fevereiro de 2019 
  19. MYERS, Justin (19 de Outubro de 2018). «The albums that spawned the most Top 10 singles» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 6 de Fevereiro de 2019 
  20. a b c d e f g «Histórico de Ed Sheeran nas tabelas musicais da França» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique — via Hung Medien. Consultado em 31 de Março de 2017 
  21. TRUST, Gary (5 de Dezembro de 2017). «Ed Sheeran Tops Spotify's 2017 Most-Streamed List». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 5 de Dezembro de 2017 
  22. LIPSHUTZ, Jason (31 de Julho de 2015). «Ed Sheeran's Still on the Rise: 'X' Yields Fourth Top 20 Hit». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 15 de Julho de 2015 
  23. a b c d COPSEY, Rob (15 de Maio de 2019). «Ed Sheeran versus Justin Bieber: Who is the bigger chart star?» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 21 de Maio de 2019 
  24. JOHNSON, Daniel (18 de Março de 2018). «Comment: Why do we love Ed Sheeran so much?». The Courier-Mail (em inglês). Brisbane: News Corporation Australia (News Pty Limited). Consultado em 21 de Março de 2018 
  25. a b c d e f «Offizielle Deutsche Charts: Ed Sheeran» (em alemão). GfK Entertainment Charts — via Hung Medien. Consultado em 16 de Maio de 2019 
  26. «Histórico de álbuns de Ed Sheeran na tabela musical do Canadá». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 31 de Março de 2017 
  27. a b c «Histórico de Ed Sheeran nas tabelas musicais da Dinamarca» (em dinamarquês). Hitlisten — via Hung Medien. Consultado em 31 de Março de 2017 
  28. a b «Histórico de álbuns de Ed Sheeran na tabela musical dos Estados Unidos». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 31 de Março de 2017 
  29. Posição de pico para ÷ na França: «Le Top de la semaine : Top Albums – SNEP (Week 13, 2017)» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 31 de Março de 2017 
  30. a b c d e f g «Histórico de Ed Sheeran nas tabelas musicais da Irlanda» (em inglês). Irish Recorded Music Association — via Hung Medien. Consultado em 31 de Março de 2017 
  31. a b c d e f «Histórico de Ed Sheeran nas tabelas musicais da Nova Zelândia» (em inglês). Recorded Music NZ — via Hung Medien. Consultado em 31 de Março de 2017 
  32. «Histórico de Ed Sheeran nas tabelas musicais de Portugal» (em inglês). Associação Fonográfica Portuguesa — via Hung Medien. Consultado em 31 de Março de 2017 
  33. BEECH, Mark (8 de Janeiro de 2017). «Ed Sheeran In Top 2 Chart Places Worldwide After 48 Hours». Forbes (em inglês). Forbes Media, LLC. Consultado em 13 de Março de 2017 
  34. COPSEY, Rob (2 de Março de 2017). «The incredible numbers behind Ed Sheeran's first two albums revealed» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 28 de Fevereiro de 2017 
  35. «ARIA Charts - Accreditations - 2018 Albums» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. 31 de Dezembro de 2018. Consultado em 12 de Fevereiro de 2019 
  36. «Multi-Platinum Certifications > Awarded» (em inglês). Irish Recorded Music Association. Consultado em 31 de Março de 2017 
  37. «NZ Top 40 Albums Chart Albums» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 31 de Março de 2017 
  38. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak «Certificações do Canadá para Ed Sheeran» (em inglês). Music Canada. Consultado em 5 de Novembro de 2018 
  39. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj «Certificações dos Estados Unidos para Ed Sheeran» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 14 de Março de 2019 
  40. «Certificação para + na Dinamarca» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. Consultado em 15 de Agosto de 2018 
  41. a b c d e f g h i j k l m n o «Certificações para Ed Sheeran na Alemanha» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 3 de Agosto de 2019 
  42. a b c d e f g h i j k «Sveriges Officiella Topplista» (em sueco). Para aceder, vá ao parámetro de pesquisa e escreva "Ed Sheeran" e seleccione "Search by Keyword". Sverigetopplistan. Consultado em 9 de Junho de 2017 
  43. CHESTERTON, George (2 de Fevereiro de 2017). «Ed Sheeran: The new album is out today». GQ (em inglês). Condé Nast Britain. Consultado em 21 de Abril de 2017 
  44. BLISS, Karen (22 de Junho de 2015). «Nielsen: Canada Loved Taylor Swift, Streaming Music and, Yep, Vinyl in 2014». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 2 de Junho de 2015 
  45. «Tilastot › Kulta- ja platinalevyt › Artistit › Ed Sheeran» (em finlandês). Musiikkituottajat (Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Finlândia). Consultado em 3 de Outubro de 2017 
  46. «Bestsellery i wyróznienia - Wyróznienia - Diamentowe plyty CD - Archiwum» (em polaco). Związek Producentów Audio Video. Consultado em 10 de Agosto de 2016 
  47. «Best of 2015» (em inglês). Seleccione "best of 2015 na segunda coluna lateral esquerda. Irish Recorded Music Association. Consultado em 31 de Dezembro de 2015 
  48. «Official Top 40 Albums» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 31 de Março de 2017 
  49. «ARIA Albums Chart | Week Commencing 4 February, 2019» (PDF) (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 6 de Fevereiro de 2019 
  50. «Ed Sheeran "X"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. Consultado em 31 de Março de 2017 
  51. «Certificação para × na França» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 31 de Março de 2017 
  52. «Global Music Report 2018: Annual State of the Industry» (PDF) (em inglês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica. 24 de Abril de 2018. Consultado em 11 de Maio de 2018 
  53. a b c Vendas de Ed Sheeran nos Estados Unidos:
  54. «Clip "Happier" : Ed Sheeran transformé en marionnette pour soigner son coeur brisé». Pure Charts (em francês). Charts in France. Consultado em 29 de Abril de 2018 
  55. «Australia's Official Top 50 Album: Week of 15 July, 2018» (PDF) (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 15 de Julho de 2018 
  56. «Certificação para ÷ na França» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 1 de Setembro de 2017 
  57. «Bestsellers and awards – Honors – Diamond CDs» (em polaco). Związek Producentów Audio Video. Consultado em 15 de Fevereiro de 2018 
  58. «NZ Official Top 40 Albums Chart Albums: 22 July 2019» (PDF) (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. 22 de Julho de 2019. Consultado em 22 de Julho de 2019 
  59. LIM, Paulo (8 de Abril de 2018). «Ed Sheerans's Divide gets 8x Platinum Award From Warner Music Phlippine». Music Week (em inglês). Intent Media. Consultado em 11 de Abril de 2018 
  60. «Ed Sheeran "X"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. Consultado em 26 de Junho de 2018 
  61. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag «Certificações de Ed Sheeran na Itália» (em italiano). Escreva "Ed Sheeran" no campo "Filtra" e seleccione "Tutti gli anni" no campo "Anno". Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 14 de Maio de 2018 
  62. «Certificações de Ed Sheeran nos Países Baixos» (em neerlandês). Escreva "÷" no campo "Artiest of titel". Nederlandse Vereniging van Producenten en Importeurs van beeld - en geluidsdragers. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  63. Vendas de No.6 Collaborations Project nos Estados Unidos:
  64. Vendas de No.6 Collaborations Project no Reino Unido:
  65. Vendas de No.6 Collaborations Project na França:
  66. «Certificação da Dinamarca para No.6 Collaborations Project» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. Consultado em 20 de Agosto de 2019 
  67. «NZ Official Top 40 Albums Chart Albums: 5 August 2019» (PDF) (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. 22 de Julho de 2019. Consultado em 2 de Agosto de 2019 
  68. «Ed Sheeran – 5 (Album)» (em neerlandês). Ultratop — via Hung Medien. Consultado em 12 de Abril de 2017 
  69. «Czech Albums – Top 100» (em checo). Na página da tabela musical, seleccione "201547" no campo ao lado da palavra "Zobrazit" e, de seguida, clique em cima da palavra para buscar a informação que diz respeito ao álbum. Federação Internacional da Indústria Fonográfica: República Checa. Consultado em 12 de Abril de 2017 
  70. «Ed Sheeran – 5 (Album)» (em espanhol). Productores de Música de España — via Hung Medien. Consultado em 12 de Abril de 2017 
  71. «Ed Sheeran - X / + (Album)» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique — via Hung Medien. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  72. «Ed Sheeran – 5 (Album)» (em neerlandês). MegaCharts — via Hung Medien. Consultado em 12 de Abril de 2017 
  73. «Ed Sheeran Releases '5' EP Collection». Electronic Musician (em inglês). Future, plc. 12 de Maio de 2015. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  74. «Ed Sheeran - X / + (Album)» (em inglês). Associação Fonográfica Portuguesa — via Hung Medien. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  75. Posições de pico para extended plays de Ed Sheeran no Reino Unido:
  76. «The ARIA Report – Week Commencing ~ 16 January 2017 ~ Issue No. 1403» (PDF) (em inglês). Pandora Archives. National Library of Australia and Partners. 16 de Janeiro de 2017. Consultado em 1 de Abril de 2017 
  77. «Ed Sheeran - The Orange Room EP (CD)» (em inglês). Discogs. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  78. «Ed Sheeran — Ed Sheeran (EP)» (em inglês). Genius Media Group, Inc. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  79. «Ed Sheeran - Want Some? (CD, Album)» (em inglês). Discogs. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  80. «"You Need Me" Digital EP» (em inglês). EdSheeran.com. Warner Music. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  81. «Loose Change — EP by Ed Sheeran» (em inglês). iTunes Austrália (Apple, Inc.). Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  82. HAYNES, Jon (12 de Maio de 2011). «Ed Sheeran Re-releases 'Songs I Wrote with Amy'» (em inglês). Amy Wadge. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  83. «Live At The Bedford by Ed Sheeran» (em inglês). Spotify Web Player. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  84. «Ed Sheeran - One Take EP (File, MP3)» (em inglês). Discogs. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  85. «iTunes Festival: London 2011 - EP by Ed Sheeran» (em inglês). Spotify Web Player. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  86. «Ed Sheeran - Thank You EP» (em inglês). Genius Media Group, Inc. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  87. FLEISCHER, Adam (23 de Abril de 2015). «Ed Sheeran Made An EP With This Rapper And You Didn't Even Know: Here's The Backstory» (em inglês). MTV News (MTV Networks / Viacom Media Networks). Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  88. «iTunes Festival: London 2012 - Ed Sheeran» (em inglês). AllMusic (All Media Networks). Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  89. Posição de pico para singles de Ed Sheeran na Austrália:
    • "You Need Me, I Don't Need You": «The ARIA Report – Issue No. 1146» (PDF) (em inglês). Pandora Archives. National Library of Australia and Partners. 13 de Fevereiro de 2012. Consultado em 7 de Outubro de 2014 
  90. Posições de pico para singles de Ed Sheeran no Brasil:
  91. a b c «Histórico de canções de Ed Sheeran na tabela musical do Canadá». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 1 de Abril de 2017 
  92. «Histórico de singles de Ed Sheeran na Bubbling Under Hot 100». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 14 de Maio de 2019 
  93. Posição de pico para outras canções de Ed Sheeran na França:
  94. a b c d Posições de pico de canções de Ed Sheeran em Portugal:
  95. Official Billboard Hot 100 Top 10 Mar. 7 2015 Countdown (vídeo) (em inglês). Nova Iorque: Billboard. Prometheus Global Media, LLC. 25 de Fevereiro de 2015. Em cena em 2:00. Consultado em 25 de Fevereiro de 2015 – via YouTube 
  96. a b c d e f «ARIA Chart Watch No. 464» (em inglês). auspOp. Março de 2018. Consultado em 17 de Março de 2018 
  97. «Årslista Singlar – År 2012» (em sueco). Para aceder, vá ao parámetro de pesquisa e escreva "Ed Sheeran" e seleccione "Search by Keyword". Sverigetopplistan. Consultado em 29 de Junho de 2014. Cópia arquivada em 13 de Abril de 2014 
  98. «Ed Sheeran "The A-Team"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. 28 de Junho de 2013. Consultado em 31 de Março de 2017 
  99. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 31 de Março de 2017 
  100. TRUST, Gary (20 de Janeiro de 2015). «The Biggest Hot 100 Hits to Peak at Nos. 50-26». Billboard. Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 20 de Janeiro de 2015 
  101. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 31 de Março de 2017 
  102. «Ed Sheeran "Lego House"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. 13 de Fevereiro de 2014. Consultado em 31 de Março de 2017 
  103. a b c d «ARIA Charts - Accreditations – 2013 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 13 de Setembro de 2014 
  104. «Ed Sheeran "Drunk"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. 13 de Fevereiro de 2014. Consultado em 31 de Março de 2017 
  105. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 31 de Março de 2017 
  106. «Ed Sheeran "Small Bump"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. 25 de Novembro de 2014. Consultado em 31 de Março de 2017 
  107. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 31 de Março de 2017 
  108. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 31 de Março de 2017 
  109. «Ed Sheeran "Give Me Love"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. 21 de Fevereiro de 2014. Consultado em 31 de Março de 2017 
  110. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 31 de Março de 2017 
  111. «Ed Sheeran "I See Fire"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. 8 de Outubro de 2014. Consultado em 31 de Março de 2017 
  112. «ARIA Charts - Accreditations - 2014 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 13 de Setembro de 2014 
  113. a b GREIN, Paul (7 de Janeiro de 2015). «Mark Ronson, Bruno Mars Jump to #1 on Hot 100» (em inglês). Yahoo! Music (Oath, Inc.). Consultado em 7 de Janeiro de 2015 
  114. «ARIA Charts - Accreditations - 2017 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. 31 de Outubro de 2015. Consultado em 31 de Dezembro de 2015 
  115. «Ed Sheeran "Sing"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. 20 de Agosto de 2014. Consultado em 31 de Março de 2017 
  116. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 31 de Março de 2017 
  117. a b c d e f «ARIA Charts - Accreditations - 2018 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. Consultado em 21 de Abril de 2018 
  118. «Ed Sheeran "Don't"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. 8 de Outubro de 2014. Consultado em 31 de Março de 2017 
  119. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 31 de Março de 2017 
  120. a b «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 21 de Dezembro de 2015 
  121. «Ed Sheeran "Thinking Out Loud"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. 5 de Abril de 2016. Consultado em 31 de Março de 2017 
  122. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 12 de Junho de 2015 
  123. «Ed Sheeran "Bloodstream"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. 21 de Outubro de 2015. Consultado em 31 de Março de 2017 
  124. «Nielsen SoundScan charts – Digital Songs – Week Ending: 06/06/2016» (PDF) (em inglês). Def Jam Recordings (Universal Music Investments, Inc.). Nielsen SoundScan. Consultado em 19 de Setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 5 de Julho de 2016 
  125. «Ed Sheeran "Photograph"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. 8 de Março de 2016. Consultado em 31 de Março de 2017 
  126. a b «Nielsen SoundScan charts – Digital Songs – Week Ending: 10/05/2017» (PDF) (em inglês). Nielsen SoundScan. Consultado em 9 de Outubro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 9 de Outubro de 2017 
  127. a b «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 30 de Março de 2018 
  128. «Ed Sheeran "Castle on the Hill"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. 13 de Fevereiro de 2018. Consultado em 20 de Fevereiro de 2018 
  129. «Certificação da França para "Castle on the Hill"» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 24 de Junho de 2017 
  130. «Gaon Chart: Online download (Foreign) – 2017 Year-End Chart» (em coreano). Korea Music Content Industry Association. Consultado em 22 de Maio de 2018 
  131. «Streaming : "Shape of You" d'Ed Sheeran établit un record historique en France». Pure Charts (em francês). Charts in France. Consultado em 8 de Setembro de 2017 
  132. ADAMS, Cameron (4 de Janeiro de 2018). «There's a reason why you heard so much Ed Sheeran last year». Herald Sun (em inglês). Victoria: News Corporation Australia, Pty Ltd. Consultado em 5 de Janeiro de 2018 
  133. «Certificação da França para "Shape of You"» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 31 de Março de 2017 
  134. ANIFTOS, Rania (24 de Janeiro de 2019). «Ed Sheeran's 'Shape Of You' Certified Diamond By RIAA». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 8 de Abril de 2019 
  135. «ARIA Chart Watch No. 523» (em inglês). auspOp. 4 de Maio de 2019. Consultado em 4 de Maio de 2019 
  136. «Singles Top 100 (18/2018)» (em inglês). Associação Fonográfica Portuguesa — via Hung Medien. Consultado em 21 de Maio de 2018 
  137. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 17 de Novembro de 2017 
  138. «Ed Sheeran "Shape of You"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfrica. 19 de Setembro de 2017. Consultado em 27 de Março de 2018 
  139. «ARIA Chart Watch No. 469» (em inglês). auspOp. 21 de Abril de 2018. Consultado em 21 de Abril de 2018 
  140. «Ed Sheeran "Galway Girl"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfrica. 28 de Novembro de 2017. Consultado em 5 de Dezembro de 2017 
  141. «Certificação da França para "Galway Girl"» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 31 de Março de 2017 
  142. TRUST, Gary (11 de Dezembro de 2017). «Ed Sheeran & Beyonce's 'Perfect' Tops Billboard Hot 100». Billboard. Consultado em 11 de Dezembro de 2017. For chart purposes, both versions of "Perfect" contribute to the song's singular listing on the Hot 100. 
  143. COPSEY, Rob (22 de Dezembro de 2017). «Ed Sheeran claims Christmas Number 1: "It's an actual dream"» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 23 de Dezembro de 2017 
  144. «Certificação da França para "Perfect"» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 31 de Março de 2017 
  145. CANTOR, Brian (8 de Dezembro de 2018). «Ed Sheeran's "Shape Of You" Reaches 13X Platinum In Australia; "Perfect" Earns 10X Award» (em inglês). Headline Planet (Cantortainment Company). Consultado em 8 de Abril de 2019 
  146. «The Official Swiss Charts and Music Community: Awards (Ed Sheeran; 'Perfect')» (em alemão). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Suíça — via Hung Medien. Consultado em 7 de Junho de 2018 
  147. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 21 de Setembro de 2018 
  148. «Ed Sheeran "Perfect"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. 2018. Consultado em 26 de Fevereiro de 2019 
  149. «Singles Top 100 (07/2018)». Associação Fonográfica Portuguesa — via Hung Medien. Consultado em 22 de Fevereiro de 2018. Arquivado do original em 21 de Fevereiro de 2018 
  150. COPSEY, Rob (19 de Março de 2019). «The biggest songs Ryan Tedder has written with other artists, including Beyonce, Leona Lewis and Maroon 5» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 19 de Março de 2019. Aside from Jonas Brothers, who don't quite make it into Ryan's Top 20 yet, are Ed Sheeran's Happier (929k)... 
  151. «ARIA Chart Watch No. 492» (em inglês). auspOp. 29 de Setembro de 2018. Consultado em 29 de Setembro de 2018 
  152. «Ed Sheeran "Happier"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfrica. Consultado em 29 de Maio de 2018 
  153. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 30 de Março de 2018 
  154. «The Official Swiss Charts and Music Community: Awards (Ed Sheeran; 'Happier')» (em alemão). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Suíça — via Hung Medien. Consultado em 7 de Junho de 2018 
  155. a b c d e WHITE, Jack (19 de Junho de 2019). «Ed Sheeran's Top 10 biggest collaborations on the Official Chart» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 24 de Junho de 2019 
  156. Vendas de "I Don't Care" nos Estados Unidos:
  157. WHITE, Jack (24 de Maio de 2019). «Ed Sheeran & Justin Bieber stay atop the Official Irish Singles Chart with I Don't Care» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 28 de Maio de 2019. I Don’t Care was streamed 503,000 times on audio and video platforms over the past week and coasted to the top spot by 1500 combined chart sales. 
  158. a b c «ARIA Australian Top 50 Singles Chart | Australia's Official Top 50 Songs: 05 August 2019» (PDF) (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. 29 de Julho de 2019. Consultado em 3 de Agosto de 2019 
  159. «Certificação de Portugal para "I Don't Care"». Associação Fonográfica Portuguesa. Consultado em 14 de Agosto de 2019 
  160. a b c «Certificações para Ed Sheeran na Dinamarca» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. Consultado em 12 de Fevereiro de 2019 
  161. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 28 de Junho de 2019 
  162. «Certificação da França para "I Don't Care"» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 17 de Julho de 2019 
  163. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 20 de Julho de 2019 
  164. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 10 de Agosto de 2019 
  165. RUTHERFORD, Kevin (17 de Julho de 2019). «Ed Sheeran, Chris Stapleton & Bruno Mars Invade Rock Charts With 'Blow'». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 19 de Julho de 2019. The closing track from Sheeran's album No.6 Collaborations Project, released July 12, starts with 7.5 million U.S. streams, 1.5 million in radio reach and 26,000 downloads sold, according to Nielsen Music. 
  166. Posições de pico para singles nos quais Ed Sheeran é creditado como artista convidado:
  167. Posições de pico para singles nos quais Ed Sheeran é creditado como artista convidado:
  168. Posições de pico para singles nos quais Ed Sheeran é creditado como artista convidado nos Estados Unidos:
  169. «If I Could (feat. Ed Sheeran) — Single by Wiley» (em inglês). iTunes Reino Unido (Apple, Inc.). Consultado em 23 de Julho de 2018 
  170. «Young Guns - EP by Lewi White» (em inglês). iTunes Reino Unido (Apple, Inc.). Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  171. SMART, Gordon (12 de Setembro de 2011). «It's Gary Barlow and The Collective». The Sun. News Group Newspapers Limited. Consultado em 9 de Dezembro de 2011 
  172. «Hush Little Baby — Single by Wretch 32» (em inglês). iTunes Reino Unido (Apple, Inc.). Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  173. Rizzle Kicks (1 de Janeiro de 2012). «Epic Dreamers Remix (feat. Pharoahe Monch, Hines, Professor Green, Ed Sheeran, Foreign Beggar Fam & Chali 2na)» (em inglês). SoundCloud, Inc. Consultado em 15 de Março de 2015 
  174. «Devlin Feat. Ed Sheeran's '(All Along The) Watchtower' Music Video In Pictures» (em inglês). Capital FM (Global, Inc.). 2012. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  175. «Official Top 40 Singles: 03 May 2013» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 3 de Maio de 2013. Cópia arquivada em 5 de Maio de 2013 
  176. «Lupe Fiasco Announces First Single with Ed Sheeran» (em inglês). Rap-Up. 9 de Outubro de 2013. Consultado em 27 de Outubro de 2013 
  177. TRUST, Gary (15 de Dezembro de 2014). «Chart Highlights: Taylor Swift, Avery Sunshine, Tim McGraw Notch New No. 1s». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 24 de Janeiro de 2017 
  178. MOSS, Liv (22 de Setembro de 2015). «Rudimental recruit Ed Sheeran for new single Lay It All On Me» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 4 de Outubro de 2015 
  179. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 22 de Fevereiro de 2016 
  180. «Certificação do Canadá para "Lay It All on Me"» (em inglês). Music Canada. Consultado em 21 de Junho de 2017 
  181. «Rudimental feat. Ed Sheeran "Lay It All on Me"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfrica. 5 de Abril de 2016. Consultado em 14 de Agosto de 2016 
  182. «Certificação do Canadá para "Lay It All on Me"» (em inglês). Se necessário, clique em "Advanced", depois clique em "Format" e seleccione "Single". De seguida, clique em "SEARCH". Recording Industry Association of America. Consultado em 31 de Março de 2017 
  183. LEWIS, Rebecca (13 de Outubro de 2017). «In Focus: UK now has 'young black parents proud to be who they are' says Fuse ODG». Metro (em inglês). Associated Newspapers Limited. Consultado em 10 de Novembro de 2017 
  184. «Certificação no Brasil para "End Game"». Pró-Música Brasil Produtores Fonográfico Associados. Consultado em 11 de Abril de 2018 
  185. «ARIA Chart Watch No. 477» (em inglês). auspOp. Consultado em 16 de Junho de 2018 
  186. «Certificação do Canadá para "River"» (em inglês). Music Canada. Consultado em 7 de Fevereiro de 2018 
  187. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 2 de Março de 2018 
  188. «Certificação no Brasil para "River"». Pró-Música Brasil. Consultado em 30 de Novembro de 2018 
  189. «Certificação da França para "River"» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 1 de Março de 2018 
  190. «Singles Top 100 (09/2018)». Associação Fonográfica Portuguesa — via Hung Medien. Consultado em 9 de Março de 2018. Cópia arquivada em 8 de Março de 2018 
  191. «Raise Em Up (feat. Ed Sheeran) - Single by Alonestar» (em inglês). Apple Music (Apple, Inc.). Consultado em 13 de Julho de 2018 
  192. «Amo Soltanto Te / This Is The Only Time (feat. Ed Sheeran) – Single by Andrea Bocelli» (em inglês). Estados Unidos: iTunes (Apple, Inc.). Consultado em 22 de Fevereiro de 2019 
  193. Posições de pico para singles promocionais de Ed Sheeran na Austrália
  194. McLEAN, Craig (16 de Julho de 2014). «Ed Sheeran interview: 'I don't make music for critics'». The Telegraph (em inglês). Telegraph Media Group Limited. Consultado em 23 de Agosto de 2015 
  195. «Ed Sheeran "One"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. Consultado em 9 de Janeiro de 2018 
  196. DAVIDSON, Amy (19 de Junho de 2014). «Ed Sheeran unveils new song 'The Man' from forthcoming album X». Digital Spy (em inglês). Hearst Magazines UK (National Magazine Company, Ltd.). Consultado em 30 de Junho de 2014 
  197. LIPSHUTZ, Jason (2 de Dezembro de 2014). «Ed Sheeran Covers Foy Vance's "Make It Rain" For "Sons of Anarchy"». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 4 de Agosto de 2018 
  198. LIPSHUTZ, Jason (4 de Agosto de 2015). «Macklemore & Ryan Lewis Return With Ed Sheeran on New Song 'Growing Up': Listen». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 4 de Agosto de 2015 
  199. «Accreditations – 2017 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association, Ltd. 31 de Outubro de 2017. Consultado em 9 de Dezembro de 2017 
  200. «Ed Sheeran "How Would You Feel (Paean)"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. Consultado em 6 de Março de 2018 
  201. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 14 de Abril de 2017 
  202. «Supermarket Flowers (Live at the BRITs) - Single by Ed Sheeran» (em inglês). Apple Music (Apple, Inc.). Consultado em 22 de Agosto de 2018 
  203. Posições de pico para canções de Ed Sheeran que não passaram por lançamento individual:
  204. Posições de pico para outras canções de Ed Sheeran que entraram nas tabelas musicais da Austrália:
    • "Touch and Go": «The ARIA Report – Issue No. 1343» (PDF) (em inglês). Pandora Archives. National Library of Australia and Partners. 23 de Novembro de 2015. Consultado em 1 de Abril de 2017 
  205. Posições de pico para canções de ÷ na França:
  206. «Histórico de Ed Sheeran nas tabelas musicais da Suécia» (em inglês). Sverigetopplistan — via Hung Medien. Consultado em 31 de Março de 2017 
  207. a b SCHILLACI, Sophie (14 de Maio de 2014). «Ed Sheeran's Fault in Our Stars Song 'Means So Much' to Author John Green». The Hollywood Reporter (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 21 de Agosto de 2015 
  208. «Ed Sheeran "I'm a Mess"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. Consultado em 31 de Março de 2017 
  209. «Ed Sheeran "Tenerife Sea"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. Consultado em 5 de Março de 2019 
  210. «Ed Sheeran "Dive"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. Consultado em 9 de Janeiro de 2018 
  211. «Official Top 40 Singles» (em inglês). Recorded Music New Zealand Limited. Consultado em 21 de Abril de 2017 
  212. «Ed Sheeran "New Man"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfrica. Consultado em 15 de Maio de 2018 
  213. «Ed Sheeran "Supermarket Flowers"» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica: Dinamarca. Consultado em 13 de Março de 2018 
  214. «Histórico de singles de Tori Kelly no Canadá». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 1 de Abril de 2017 
  215. «Official Scottish Singles Sales Chart Top 100: 06 July 2014 - 12 July 2014» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 28 de Julho de 2014 
  216. Posição de pico para participações de Ed Sheeran em álbuns nos Estados Unidos
  217. «The Weeknd feat. Ed Sheeran - Dark Times (Song)» (em sueco). Sverigetopplistan. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  218. «Mz Bratt — Elements» (em inglês). Mixtape Madness. Consultado em 3 de Agosto de 2018. Featuring label-mate Ed Sheeran, grime legend Wiley, Dot Rotten, Wizzy Wow, Roses Gabor, DJ Zinc (Ms. Dynamite), and mixed by Kayper... 
  219. «Mikill Pane - You Guest It EP». The House Of Coxhead (em inglês). 21 de Abril de 2012. Consultado em 3 de Agosto de 2018. The Ed Sheeran-featuring '25 Tracks' follows, which sees the London-born rapper play the role of a dedicated fan, talking to an old friend that he admires and feels should be headlining gigs, not sat at home, or stuck in a job that he doesn't want to be in - unsure as to who it is that he's talking about, but this a superb track and a sad truth that many talented unsigned rappers do drift into the darkness. 
  220. «Late Night Viewing | David Stewart» (em inglês). Bandcamp, Inc. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  221. «Deepest Shame (Remixes) — EP by Plan B» (em inglês). iTunes Reino Unido (Apple, Inc.). Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  222. «Meanest Man - Labrinth Feat. Devlin & Wretch 32 & Ed Sheeran» (em inglês). Shazam Entertainment Limited. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  223. «Hotel Cabana by Naughty Boy» (em inglês). iTunes Reino Unido (Apple, Inc.). Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  224. «Hotel Cabana: Signed CD Album» (em inglês). Virgin EMI Records. Consultado em 29 de Agosto de 2013. Cópia arquivada em 17 de Julho de 2013 
  225. GALLACHER, Alex (10 de Junho de 2013). «Foy Vance new album: Joy of Nothing (+ documentary)» (em inglês). Folk Radio UK. Consultado em 2 de Janeiro de 2014 
  226. BABER, Andy (14 de Outubro de 2013). «Giggs – When Will It Stop» (em inglês). musicOMH. Consultado em 3 de Agosto de 2018. It’s followed by the equally melodic Breathe, where Giggs changes up his flow once more – favouring a more relaxed, melancholic style – while the progression from his previous mixtapes becomes even more noticeable on Play It Loud. The track features a surprise cameo from Ed Sheeran, but while it is clearly aimed at a more mainstream audience, it is done so in a way that doesn’t compromise Giggs’ gritty subject matter. 
  227. «Wake Up — EP by Sway» (em inglês). iTunes Reino Unido (Apple, Inc.). Consultado em 20 de Outubro de 2013 
  228. WASS, Mike (31 de Março de 2014). «Ed Sheeran Covers Elton John's "Candle In The Wind": Listen To His Faithful Version». idolator (em inglês). Hive Media Group. Consultado em 23 de Agosto de 2014 
  229. «Head or Heart by Christina Perri» (em inglês). iTunes Estados Unidos (Apple, Inc.). Consultado em 6 de Abril de 2014 
  230. «Ty Dolla $ign — Type of Shit I Hate (Remix) Lyrics» (em inglês). Genius Media Group, Inc. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  231. «Martin Garrix Says People Thought Was "Weird" For Him To Work With Ed Sheeran» (em inglês). Capital FM (Global, Inc.). 24 de Abril de 2015. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  232. BEIN, Kat (10 de Março de 2017). «Martin Garrix Says Ed Sheeran Collab Probably Won't Ever Be Released: Watch». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media, LLC. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  233. GARIBALDI, Christina (28 de Janeiro de 2014). «Ed Sheeran And Tori Kelly Have A New Song All Ready For Us» (em inglês). MTV News (MTV Networks / Viacom Media Networks). Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  234. «The Long Way Home (Deluxe) by Krept and Konan» (em inglês). iTunes Reino Unido (Apple, Inc.). 5 de Junho de 2015. Consultado em 23 de Março de 2015 
  235. «Feu - Nekfeu» (em francês). Amazon.com, Inc. 5 de Junho de 2015. Consultado em 15 de Setembro de 2015 
  236. LEVINE, Nick (6 de Junho de 2015). «The Weeknd's new album will reportedly feature Kanye West collaboration». New Music Express (em inglês). TI Media Limited. Consultado em 12 de Julho de 2015. Cópia arquivada em 12 de Julho de 2015. The Weeknd‘s forthcoming album will apparently feature a collaboration with Kanye West, Ed Sheeran has revealed. 
  237. GARIBALDI, Christina (6 de Novembro de 2015). «The Weeknd And Ed Sheeran's 'Dark Times' Performance Is Smoother Than Melted Butter» (em inglês). MTV News (MTV Networks / Viacom Media Networks). Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  238. HOSKEN, Patrick (19 de Setembro de 2015). «Ed Sheeran Just Dropped Another Hip-Hop Cover For Our Enjoyment» (em inglês). MTV News (MTV Networks / Viacom Media Networks). Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  239. «The Game – Freak Show Lyrics» (em inglês). Genius Media Group, Inc. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  240. NELSON, Jeff (15 de Março de 2017). «Ed Sheeran Opens Up About His A-List Pals, from His Clapton Collab to Taking Shots with Beyoncé ('She Was So Confused!')». People (em inglês). Time, Inc. Consultado em 6 de Dezembro de 2017. “I did something for his record, and I was credited as ‘Angelo Mysterioso,’ and he did something for my record and was credited as ‘Angelo Mysterioso,'” Sheeran told Beats 1’s Zane Lowe earlier this year. Indeed, “Angelo Mysterioso” appears as a guest on Clapton’s “I Will Be There” — which he has performed live with Sheeran — as well as in the credits on Sheeran’s new song “Dive.” 
  241. «No One Ever Really Dies by N.E.R.D» (em inglês). iTunes Estados Unidos (Apple, Inc.). Consultado em 1 de Dezembro de 2017 
  242. «No One Ever Really Dies» (em inglês). TIDAL (Aspiro A.B.). Consultado em 16 de Dezembro de 2017 
  243. «Kasey Chambers brings new vocal strength to album Dragonfly». The Weekend Australian (em inglês). Brisbane: News Corporation Australia (News Pty Limited). 21 de Janeiro de 2017. Consultado em 25 de Agosto de 2018 
  244. LEIGHT, Elias (15 de Março de 2018). «Miley Cyrus, Lady Gaga, Ed Sheeran Set for Two Elton John Tribute Albums». Rolling Stone (em inglês). Penske Business Media, LLC. Consultado em 3 de Agosto de 2018 
  245. MINELLE, Bethany (11 de Julho de 2018). «Big Narstie: People will be surprised Ed Sheeran can rap so well» (em inglês). Reino Unido: Sky, plc. Consultado em 27 de Agosto de 2018. Narstie paid tribute to Sheeran, who collaborated with him on the track Hello Hi 2.