Djenal Tavares Queiroz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Djenal Queiroz
Governador de Sergipe
Período 1982-1983
Antecessor(a) Augusto Franco
Sucessor(a) João Alves Filho
Vice-governador de Sergipe
Período 1979-1982
Antecessor(a) Antônio Sutelo
Sucessor(a) Antônio Carlos Valadares
Deputado estadual por Sergipe
Período 1963-1979
1987-1995
Dados pessoais
Nascimento 12 de maio de 1916
Frei Paulo, SE
Morte 20 de julho de 1997 (81 anos)
Aracaju, SE
Alma mater Escola Militar do Realengo
Cônjuge Maria Agda Andrade Queiroz
Partido PSD (1962-1965)
ARENA (1966-1979)
PDS (1980-1993)
PPR (1993-1995)
PPB (1995-1997)
Profissão militar

Djenal Tavares Queiroz (Frei Paulo, 12 de maio de 1916Aracaju, 20 de julho de 1997) foi um militar e político brasileiro que foi governador de Sergipe.[1]

Dados biográficos[editar | editar código-fonte]

Filho de Rosalvo Queiroz e de Djanira Tavares Queiroz. Estudou em Aracaju e no Rio de Janeiro antes de sentar praça em 1936 na Escola Militar do Realengo retornando a Sergipe para assumir o comando da Polícia Militar durante os governos José Rollemberg e Arnaldo Garcez[2] servindo ao último como Secretário de Segurança e em 1955 assumiu o comando do 19º Batalhão de Caçadores em Salvador chegando a General de Divisão em 1964. Eleito deputado estadual em 1962 pelo PSD foi Secretário de Fazenda no governo Celso Carvalho. Filiado à ARENA após o Regime Militar de 1964 foi reeleito em 1966, 1970 e 1974.[3]

Em 1978 foi eleito vice-governador de Sergipe na chapa de Augusto Franco[4] seguindo-o na filiação ao PDS e a quem substituiu em 1982 quando o mesmo renunciou para eleger-se deputado federal. Secretário de Habitação no governo João Alves Filho foi reeleito deputado estadual em 1986 e 1990 filiando-se nos anos seguintes ao PPR e PPB e no governo Albano Franco foi Secretário de Assuntos Parlamentares.

Referências

  1. «Biografia de Djenal Queiroz no CPDOC/FGV». Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  2. «Site da Polícia Militar do Estado de Sergipe». Consultado em 11 de outubro de 2013 
  3. «Dados Estatísticos : eleições federais e estaduais realizadas no Brasil em 1974. v. 11: Disponível em PDF no site da Câmara dos Deputados». Consultado em 11 de outubro de 2013. Arquivado do original em 2 de outubro de 2013 
  4. Faoro diz em Sergipe que voto coopta (online). Jornal do Brasil, 02/09/1978. Página visitada em 11 de outubro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.