Francisco Leite Neto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Francisco Leite Neto
Replace this image male.png
Francisco Leite Neto
Governador de Sergipe
Período 1945
Antecessor(a) Maynard Gomes
Sucessor(a) Hunald Cardoso
Deputado federal por Sergipe
Período 1946-1963
Senador por Sergipe
Período 1963-1964
Dados pessoais
Nascimento 14 de março de 1907
Riachuelo, SE
Morte 10 de dezembro de 1964 (57 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Alma mater Universidade Federal da Bahia
Cônjuge Celina Carvalho
Partido PSD
Profissão odontólogo, advogado, professor, jornalista

Francisco Leite Neto (Riachuelo, 14 de março de 1907Rio de Janeiro, 10 de dezembro de 1964) foi um odontólogo, advogado, professor, jornalista e político brasileiro que representou Sergipe no Congresso Nacional.[1][2]

Dados biográficos[editar | editar código-fonte]

Filho de Sílvio César Leite e Lourença Rolemberg Leite. Aluno da Universidade Federal da Bahia abandonou o curso de Medicina, mas formou-se odontólogo e advogado na referida instituição. Professor da Universidade Federal de Sergipe, foi também jornalista e sob tal condição encontra-se entre os fundadores de A República e O Estado de Sergipe. Presidente da Associação Sergipana de Imprensa e membro da Academia Sergipana de Letras, é genro de Carvalho Neto e estreou na política elegendo-se deputado estadual constituinte em outubro de 1934, porém teve o mandato extinto pelo Estado Novo. Durante a interventoria de Erônides de Carvalho dirigiu a penitenciária do estado e lecionou na Escola Técnica de Comércio de Sergipe. Nas interventorias de Milton Azevedo e Augusto Maynard Gomes foi secretário-geral do estado, ingressou no PSD e a seguir chegou ao posto de interventor federal em Sergipe.[nota 1]

Eleito deputado federal em 1945, participou da Assembleia Nacional Constituinte que promulgou a Constituição de 1946[3] sendo reeleito em 1950, 1954 e 1958. Eleito senador em 1962, faleceu no exercício do mandato e sua cadeira foi entregue ao seu irmão, José Rollemberg Leite.[4][5]

Notas

  1. Sua passagem como interventor federal durou entre 27 de outubro e 5 de novembro de 1945.

Referências

  1. «Câmara dos Deputados do Brasil: deputado Leite Neto». Consultado em 30 de maio de 2018. 
  2. «Senado Federal do Brasil: senador Leite Neto». Consultado em 30 de maio de 2018. 
  3. «BRASIL. Presidência da República: Constituição de 1946». Consultado em 30 de maio de 2018. 
  4. Morre no Rio o senador Leite Neto (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 11/12/1964. Primeiro caderno, p. 05. Página visitada em 30 de maio de 2018.
  5. «Senado Federal do Brasil: senador José Rollemberg». Consultado em 30 de maio de 2018.