Duque de Clarence

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arms of George Plantagenet, 1st Duke of Clarence.svg
Duque de Clarence
Pariato  Inglaterra
Criação Eduardo III de Inglaterra
1362
Ordem Nobreza Titulada
Tipo Hereditário
1.º Titular Leonel de Antuérpia
Linhagem Dinastia Plantageneta

O título Duque de Clarence tem sido outorgado tradicionalmente a membros mais jovens das Famílias Reais Inglesa e Britânica.

Foi criado pela primeira vez por Eduardo III em 1362 a favor de seu terceiro filho, Leonel de Antuérpia. O título se extinguiu com a morte deste sem deixar descendência masculina, mas foi reabilitado em 1412, a favor de Tomás de Lancastre, segundo filho de Henrique IV, e novamente extinto, por falta de descendentes. Em 1461, o título foi novamente reabilitado, por Henrique VI, a favor de Jorge de Iorque, extinguindo-se mais uma vez por falta de sucessão.

Já no século XVIII, foi criado o título de duque de Clarence e St. Andrews (1789) para o príncipe Guilherme, terceiro filho de Jorge III do Reino Unido. Quando ele sucedeu seu irmão Jorge IV, o ducado foi unido à coroa.

Em 1890, foi criado o título de duque de Clarence e Avondale para o príncipe Alberto Vítor, o filho mais velho do príncipe Alberto Eduardo de Gales, futuro Eduardo VII. Ao morrer sem herdeiros, dois anos depois, o título se extinguiu.

O título ainda foi transformado em condado para o filho da rainha Vitória, o príncipe Leopoldo, e o neto da Rainha Vitória, Príncipe Carlos Eduardo, como um título subsidiário.