Elena Fisher

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Elena Fisher
Elena Fisher render.png
Elena em Uncharted 4: A Thief's End.
Informações gerais
Série Uncharted
Primeiro jogo Uncharted: Drake's Fortune (2007)
Criador Amy Hennig
Dublador em inglês Emily Rose
Dublador japonês Yuko Nagashima
Dublador brasileiro Ana Paula Schneider (Uncharted: Drake's Fortune, Uncharted 2 e Uncharted 4)
Luiza Caspary (Uncharted 3)
Dublador português Sofia Duarte Silva
Captura de movimentos Emily Rose
Nacionalidade  Estados Unidos

Elena Fisher é uma personagem fictícia da série de jogos eletrônicos, Uncharted, desenvolvidos pela Naughty Dog. Ela é casada com o primeiro protagonista da série, Nathan Drake e com ele teve uma filha chamada Cassie Drake.[1] Elena aparece na tetralogia de seu marido, Uncharted: Drake's Fortune, Uncharted 2: Among Thieves, Uncharted 3: Drake's Deception e Uncharted 4: A Thief's End.[2][3] Elena também aparece brevemente no final da motion comic, Uncharted: Eye of Indra.[4] Ela é interpretada por Emily Rose que dá vida à sua voz e captura de movimentos, também influenciando sua personalidade.[5] Ela também foi a primeira personagem de apoio que foi brevemente jogável na série, logo no primeiro jogo nos capítulos de jet ski.[6]

Embora originalmente uma morena, Naughty Dog fez dela uma loira com um queixo mais grave antes do lançamento do primeiro jogo.[7] Ela é uma mulher independente e forte que atua como igual ao seu marido.[8] Nos jogos, ela é uma repórter que de alguma forma acompanha Drake em suas aventuras.[9][10] A recepção de sua personagem tem sido principalmente positiva[11]. Ela tem sido aclamada como uma das mulheres mais fortes dos jogos eletrônicos e sua igualdade com personagens masculinos é louvada.[12] No entanto, a personagem atraiu críticas por sua proeza de combate e personalidade abrasiva irrealistas.[13]

Design do personagem[editar | editar código-fonte]

Emily Rose, dubladora original de Elena.

Elena foi criada originalmente como uma personagem hispânica, morena e se chamava Elena Vargas, e Claudia Black, mais tarde dubladora de Chloe Frazer, foi cogitada como a primeira dubladora de Fisher antes de Emily Rose.[14] No entanto, perto do lançamento do primeiro jogo, Uncharted: Drake's Fortune, seu queixo foi definido, e seu cabelo fez loira.[7] Quando questionado sobre o propósito da mudança de resposta, a Sony disse que "eles simplesmente preferiam loiras".[15] Amy Hennig, criadora e diretora da trilogia original teve a ideia de fazê-la parecida com Emily.[16]

Hennig queria trazer uma mulher inteligente, entendida e que não fosse apenas peitos.Erro de citação: Elemento <ref> inválido; nomes inválidos (por exemplo, são demasiados) Emily foi convidada por Gordon Hunt para os testes de personagens e se identificou com Elena ao ver os conceitos e sentiu-se determinada em fazer Elena.[17] Ela foi escolhida oficialmente para a personagem após fazer parceria com Nolan North no teste, Amy viu que o par tinha uma boa química juntos. [18]

Elena Fisher é uma personalidade de TV, correspondente estrangeira e repórter. [19] O antigo arquétipo de donzela em perigo não se aplica à ela.[20] Embora ela rapidamente ganhe o papel de interesse romântico de Drake,[21] continuamente prova ser uma aliada engenhosa e capaz.[22] Melhor ainda, ela também é uma espertalhona de alto nível.[23]

A saga de Elena poderia ter acabado em Uncharted 2: Among Thieves,[24] Neil Druckmann um dos projetistas do jogo queria matá-la mas sua ideia foi desaprovada. [25]

Atributos[editar | editar código-fonte]

Elena em seu primeiro conceito e no resultado final de Uncharted: Drake's Fortune.

Personalidade[editar | editar código-fonte]

Elena assim como Nathan é amante de aventura,[26] ela também descrita por Hennig como "a versão feminina de Drake".[19] A personalidade dela mudou drasticamente durante a série, de início se mostrando um pouco ingênua, depois se mostrando um pouco mais hesitantes por conta dos perigos e assassinatos nas aventuras, o que esse tipo de vida torna a pessoa ficando mais desaprovadora.[27] Ela também tem é bem capaz em luta e escaladas, furtividade, exploração, tomar cobertura e usar armas de fogo, muitas vezes até salvando seu marido.[28] Fisher é uma repórter renomada e poliglota, falando em torna de oito idioma diferentes, entre elas espanhol, latim, árabe, e tibetano.[29] Embora segura de si, ela pode demonstrar um certo ciúmes por Nathan ao se sentir rivalizada com uma possível pretendente de seu marido.[30] Tal como Nate ela é brincalhona, frequentemente tira sarro do próprio marido e o introduziu ao mundo dos jogos eletrônicos. [28]

Aparência física[editar | editar código-fonte]

O físico de Elena não é hipersexualizado, tendo um corpo esguio, mas atlético.[28] Seu conceito original era de origem latina e morena[31][14], mas teve seu cabelo mudado para loiros escuro e a fisionomia modificada para parecer com Emily Rose.[32] A aparência dela tem mudado um pouco ao longo da série, ela já teve olhos cinzas, azuis, mas seu design terminou com olhos castanhos. Seu cabelo está sempre preso como um rabo de cavalo alto ou um coque um pouco bagunçado.

Suas roupas são bem despojadas, enquanto repórter investigativa usa algo prático, uma blusa comportada para as câmeras, mas ainda mantendo um pouco a feminilidade.[33]

Aparições[editar | editar código-fonte]

Série principal[editar | editar código-fonte]

Uncharted: Drake's Fortune[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Uncharted: Drake's Fortune

No jogo eletrônico de 2007, Uncharted: Drake's Fortune, Elena tinha um reality show sobre arqueologia, sabendo disso Nathan Drake a contata querendo patrocínio para uma exploração,[34] em troca ele a entregaria o caixão de Sir Francis Drake a quem Nate clama ser seu ancestral.[35] Ambos partem para a costa do Panamá e recuperam o caixão, mas para a surpresa de Elena o caixão só continha o diário de Sir Francis.[36] Nathan impede que Fisher continue filmando por ter prometido somente o caixão e começam a discutir,[37] mas são interrompidos por piratas modernos que começa a atacá-los. [37] Victor Sullivan, mentor e figura paterna de Nate aparece de avião e salva ambos.[38] Pouco depois em uma ilha, Elena contata sua produção enquanto Drake e Sullivan conversam em um barco sobre o diário de Sir Francis, havia anotações que levava par El Dorado, mas ambos tinham que se livrar de Elena para não dividir os espólios. Os ladrões então partem sem Elena a deixando para trás.[39] De alguma Fisher os rastreia, mas quando chega lá Drake estava fugindo desesperado, ela o soca por ter sido passada para trás e Nathan explica que os ladrões Atoq Navarro e seu chefe Gabriel Roman haviam matado Sully.[3] Os dois se entendem e fogem juntos com um mapa de uma ilha que Drake havia acontecido. A caminho da ilha o avião em que ambos estavam é interceptado, Elena foge primeiro de para-quedas e Nate foge em seguida, porém ambos aterrissam em lugares diferentes. Nathan acaba por fim encontrando Elena, mas ela estava sendo alvejada e na tentativa de salvá-la acaba sendo preso. Fisher o encontra e foge com ele.[40] À caminho da prefeitura Elena descobre que Sully está vivo e na companhia dos outros ladrões e indo em direção da cidade onde o tesouro se encontra.[37] Eles conseguem encontrar Sully que explica que havia sobrevivido pela bala ter acertado o diário de Francis Drake que ele estava guardado no bolso e estava tentando comprar tempo pra si enganando Navarro e Roman.[40] O trio sai juntos em busca do lendário tesouro mas acabam se separando por inúmeros obstáculos. Elena fica sob custódia de Roman e Navarro, no entanto no caminho de resgatá-la e encontrar o tesouro Nate descobre que El Dorado é amaldiçoado.[38] Nathan e Sullivan se unem e vão atrás dos vilões. Chegando no abismo onde o tesouro estava guardado, eles são encurralados e Navarro mata seu chefe.[41] O lugar se enche de zumbis dos espanhóis e dos kriegsmarine.[40] Atoq foge com Elena e o tesouro sendo carregado em um helicóptero, mas Drake sobe no mesmo para impedi-lo.[42] Aterrissando em um navio, Drake e Navarro se degladiam e Nate sai triunfante salvando o dia. Sully então chega com um barco menor cheio de tesouro, depois deles demonstrarem um pouco de afeto.[40]

Uncharted 2: Among Thieves[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Uncharted 2: Among Thieves

Elena retorna em Uncharted 2: Among Thieves de 2009, ela está acompanhada de seu parceiro cameraman, Jeff em Nepal estão investigando o país para provar que o criminoso Zoran Lazarević está vivo.[43] Coincididamente ela se encontra com Nathan que está acompanhado de Chloe Frazer sua nova namorada em busca da pedra Cintamani.[44] A milícia de Zoran se aproxima do lugar e o quarteto foge junto se escondendo em um templo onde há pistas sobre Shambala.[45] Eles acabam sendo encurralados pelos capangas de Lazarević e Jeff é baleado.[46] Os quatro conseguem fugir do templo com Drake carregando Jeff e as mulheres os dando coberturas, mas eles acabam sendo encurralados novamente e Chloe se volta contra Nate.[47] Harry Flynn, ex-parceiro de Drake chega no local os rendendo, e seu chefe Lazarević chega em seguida matando Jeff, em seguida tomando a pista que Drake havia obtido. Drake e Elena conseguem fugir, mas o ladrão está convicto que Chloe se voltou contra eles para se proteger e decide ir socorrê-la, Elena então resolve ajudá-lo.[47] Fisher repórter ajuda Nathan a chegar no trem em que Chloe estava e segue a rota do mesmo o encontrando em uma vila tibetana aonde ele havia sido resgatado.[45] Apedido de Karl Schäfer, um ancião da aldeia, Drake sai com Tenzin um dos aldeões da vila para descobrir o segredo por detrás da pedra Cintamani que está em Shambala.[48] Quando Nathan volta à aldeia havia sido atacada por Zoran, e Schäfer raptado.[49] Nathan e Elena seguem o rastro do criminoso e encontram Schäfer semi morto, que pede para o dois impedirem Zoran.[49] Vasculhando separados o local em que estavam, Nathan encontra Chloe e pega a adaga que ela carregava , descobrindo em seguida onde fica a entrada de Shambala.[45] Drake entra em contato com Elena e indica aonde devem se encontrar.[50] Eles conseguem chegar na entrada da cidade mística mas são encurralados, adentrando a cidade sob custódia.[50] Lá eles são atacados por guardiões místicos e usam o momento para fugir de Lazarević.[50] O trio então resolve impedir o criminoso de chegar até a pedra mística mas no caminho Flynn aparece espancado à deriva da morte e termina sua vida com uma granada ferindo Elena gravemente.[47] Drake segue sozinho para deter Zoran, enquanto Frazer cuida de Elena.[50] Mais uma vez o bom ladrão salva o dia e foge com suas parceiras da cidade que está em ruínas.[45] Elena consegue se recuperar e reata seu romance com Nate que havia deixado Chloe por reconhecer seu verdadeiro amor pela repórter.[51]

Uncharted 3: Drake's Deception[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Uncharted 3: Drake's Deception

No terceiro episódio da série, Uncharted 3: Drake's Deception lançado em 2011, Elena está no Iêmen a trabalho quando é contatada por Sully que lhe pede uma ajuda em um trabalho com Drake.[52] Os ladrões chegam no país e são recebidos pela repórter que lhes entrega credenciais para se passarem por jornalistas.[53] Enquanto arrumam as bagagens Fisher interroga Nathan sobre o tal trabalho e ambos discutem, e no meio da discussão Drake percebe que Elena ainda está usando o anel de noivado que ele havia lhe dado, ela desconversa e repara que ele havia voltado a usar seu anel como colar, ambos acabam saindo irresolutos da discussão.[40] Elena guia a dupla pela cidade quando Nate se depara com um homem chamado Talbot e o persegue enquanto Sulivan explica à ela o que está acontecendo, Drake está competindo com Katherine Marlowe líder de uma ordem secreta e seu pupilo Talbot em busca de um segredo deixado por T. E. Lawrence e Sir Francis Drake.Erro de citação: Elemento <ref> inválido; nomes inválidos (por exemplo, são demasiados) Nesse ínterim Nathan alcança Talbot e recupera seu diário que havia sido tomado por ele e logo depois Elena e Sully o alcança e o trio corre para um determinado local que estaria a próxima pista para o segredo dos exploradores. Após adentrarem a área, eles resolvem alguns quebra-cabeças e descobrem onde fica a lendária Ubar.[54] Mas em seu pouco tempo ali, eles são atacados por aranhas gigantes carnívoras e escapam por pouco. Mais uma vez Elena discute com Nathan sobre suas intenções nessa aventura, mas ele continua determinado a respeito. O trio prossegue saindo do local quando Nathan é alvejado por um dardo alucinógeno o fazendo se distanciar e se perder de seus parceiros sendo capturado em seguida.[55] Sully é raptado por Marlowe nesse meio tempo e Nathan continua sumido, Elena planeja uma forma de salvar Sullivan quando Drake entra em seu quarto a surpreendendo. Elena explana o que ocorreu em sua ausência e ambos se unem para salvar seu amigo.[56] À noite o casal segue para um hangar aonde partiria o último avião para a localidade de Marlowe, Nate engana Elena se separando dela, mas ele explica que quase a perdeu uma vez e que não aguentaria passar por isso de novo a pedindo para deixá-lo ir só. O avião começa a partir e Nathan não consegue alcançá-lo, mas Elena aprece de Jeep e dá uma carona pra ele o fazendo alcança o trem de pouso e assim ele adentra o veículo.[57] Dias depois após a aventura Nathan retorna com Sully sãos e salvos, Elena lamenta pela perda do anel dele e ele segura a mão dela mostrando que apenas o tinha mudado para algo melhor. Então o trio mais uma vez terminam uma grande aventura.[58]

Uncharted 4: A Thief's End[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Uncharted 4: A Thief's End

No último jogo de Drake Uncharted 4: A Thief's End lançado em 2017, Elena e Nathan finalmente estão casados e tendo uma vida comum. Mas não está tudo tão bem, já que o ex-ladrão sente falta das aventuras e muitas vezes fica perdido em seus pensamentos devido ao marasmo.[59] O chefe de Nathan oferece mais uma vez um trabalho de exploração na Malásia mas Drake recusa por não haver permissão do país para o trabalho.[60] Em casa, os dois conversam sobre o dia de trabalho, Elena percebe que seu marido está aborrecido e insiste que ele aceite o trabalho, mas ele também recusa.[60] No dia seguinte Nathan é vistado no trabalho por um estranho que revela ser seu irmão mais velho Samuel Drake.[24] Nathan fica estarrecido e Sam conta que conseguiu sobreviver ao acidente ao qual lhe havia ocorrido e tinha sido mandado de volta para a prisão. Depois de uma madrugada conversando, Samuel revela a seu irmão que estava em perigo e que precisava de sua ajuda, que ele havia divido a cela com um narcotraficante chamado Hector Alcázar e que em troca de sua liberdade e sua vida teria que encontrar o tesouro de Henry Avery e lhe dar a maior parte.[61] Nathan por alguns instantes exita, mas por remorso pelo o que houve com seu irmão ele liga para a sua esposa e mente dizendo que aceitou o trabalho na Malásia, assim ele poderia ajudar o irmão sem ela saber.[62] Nate chama seu velho companheiro Victor Sullivan, mesmo Sam não confiando nele e Sully tendo suas dúvidas quanto ao comportamento de Samuel. Mas os três precisam agir rápido pois Rafe Adler um magnata estadunidense no qual já trabalhou posteriormente com os irmãos Drake em busca do mesmo tesouro e sua parceira Nadine Ross líder de uma milícia mercenária também estão atrás do mesmo tesouro.[63] Nathan passa semanas a fio mentindo para Elena e ela começa a desconfiar sobre o trabalho e o rastreia. Fisher localiza o hotel em que ele estava hospedado em Madagascar e vasculha seus documentos e equipamentos descobrindo que ele está na verdade em uma nova aventura, quando repentinamente Nathan adentra o quarto com Sam e Sully. Elena o o faz se explicar, Drake assim o faz e ambos discutem com Elena partindo em seguida e Sully indo atrás dela a pedido de Nathan, então os irmãos Drake prosseguem sua jornada em busca do tesouros.[64] Sullivan consegue convencer Elena a confiar em Nathan e ambos vão em auxílio dos Drakes. Fisher se aventura sozinha na lendária cidade Libertalia que os irmãos haviam descoberto, enfrenta alguns soldados de Nadine e rouba um jeep para resgatar seu marido. Ela o encontra desmaiado à deriva em um rio e o salva. Nate acorda e conta um pouco de seu passado com seu irmão, assim sendo o casal vai em busca de salvar o Drake mais velho.[65] Nathan, Elena, Sully e Sam se reúnem, os três primeiros decidem ir embora e deixa o tesouro para Adler e Ross no entanto Sam discorda mas os segue mesmo assim. Samuel então foge do grupo indo atrás do tesouro e a pedido de sua esposa Nathan vai a seu resgate enquanto fica com Sully esperando o retorno dos irmãos.[66] Nate e Sam retornam a salvo mas sem tesouro e o quarteto parte de volta para Madagascar onde todos se despedem. De volta à casa em seu trabalho, o chefe de Nathan aparece feliz o congratulando por comprar sua empresa, sem entender nada ele pede explicações e Elena aparece dizendo que havia comprado e mostra moedas de ouro que Sam havia colocado sorrateiramente no bolso da jaqueta que ela estava usando.[66] O casal então cria uma empresa chamada D&F Fortune voltada à arqueologia, ela faz grande sucesso e assim o casal segue uma vida próspera fazendo o que gosta e constroem uma família, juntos têm uma filha chamada Cassie Drake que participa de suas aventuras arqueológicas.[1]

Jogos derivados[editar | editar código-fonte]

Uncharted: Fight For Fortune[editar | editar código-fonte]

Elena é uma das inúmeras cartas jogáveis em Uncharted: Fight For Fortune lançado em 2012 para PlayStation Vita.[67]

Outros jogos[editar | editar código-fonte]

PlayStation All-Stars Battle Royale[editar | editar código-fonte]

Elena aparece como um minion em PlayStation All-Stars Battle Royale lançado em 2012 para PlayStation 3 e PlayStation Vita.[68]

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Uncharted: Eye of Indra[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Uncharted: Eye of Indra

Na motion comic Uncharted: Eye of Indra lançada em 2009 que serve de prequela para Uncharted: Drake's Fortune.[69] Nathan Drake precisava de fundos para explorar o caixão de Sir Francis Drake no mar do Panamá. Então ele vai para a Indonésia a serviço de um magnata criminoso chamado Daniel Pinkerton em busca da relíquia "Olho de Indra".[70] Drake conhece Rika Raja, irmã de Eddy Raja e faz parceria com os dois.[71] Rika trai os ladrões foge com o tesouro os deixando à míngua. Sem dinheiro Nate se reúne com Sully em um bar e lhe conta seu novo plano, ele aponta para a televisão mostrando que ele vai se reunir com a repórter Elena Fisher para combinar a exploração.

Gamers Heart Japan[editar | editar código-fonte]

Elena apareceu ao lado de Nathan e Sully na campanha Gamers Heart Japan para ajudar a obter doações para as as vítimas do sismo e tsunami de Tohoku de 2011. [72]

Spotify[editar | editar código-fonte]

Elena assim como os demais personagens de Uncharted 4: A Thief's End recebeu uma playlist oficial no Spotify com o lançamento do jogo.[73]

Recepção[editar | editar código-fonte]

A recepção à personagem de Elena Fisher tem sido geralmente positiva. Blaine Kyllo da The Georgia Straight elogiou a performance de Rose como Elena, dizendo ser um dos melhores trabalhos em jogos eletrônicos.[74]Elena frequentemente é citada por vários sites como uma das melhores personagens femininas dos jogos eletrônicos.[75], Meagan VanBurkleo, do Game Informer, chamou Elena de uma das suas "principais personagens femininas favoritas".[76] Alguns opinaram que Elena é uma liderança feminina forte, incomum para os videogames. A List25 citou sua significância na história e que seus talentos são sempre bem notados.[77] Dave Meikleham, da GamesRadar UK, a chamou de uma das mulheres mais fortes do jogo e descreve que ela oferece um excelente extra para Drake, e uma boa sacada para ajudar os jogadores através dos níveis. No entanto, ele também a criticou por uma falta de realismo, achando difícil acreditar que, como um repórter que nunca disparou uma arma antes, poderia se tornar tão rápido e sem medo.[78] IGN disse que ela é a quarta melhor heroína dos videogames, elogiando a Naughty Dog por criar uma protagonista feminina igual em todos os sentidos ao seu homólogo masculino: "Ela não vai deixar a câmera parar de gravar, ela não vai aceitar as besteiras de Drake, e ela não tem medo de desferir um soco. Quando você está preso pelo fogo do inimigo, Elena irá tapar os maus para você. Quando Drake está preso no campo inimigo, Elena irá subir as paredes para salvar seu amigo. Quando você precisar de um personagem sólido e refinado, Elena está lá como um excelente exemplo."[79] A Game Informer a classificou como uma das 30 personagens que definiu uma década.[80] Da mesma forma, a equipe do GamesRadar colocou-a em número 24 em uma lista dos 50 melhores personagens da geração, comentando: "Ela pode ser uma jornalista estereotipada de vinte e um por seu valor nominal, mas ela é tão convincentemente escrita (e interpretada por Emily Rose) que ela é uma das personagens mais confiáveis ​​e simpáticos de todos os jogos".[81]

Elena entrou no Top 5 das loiras mais belas dos jogos eletrônicos pela ZoominGames.[82] A Twinfinite a classificou com uma das cinco mulheres mais poderosas dos jogos eletrônicos e salientou sua importância na história da franquia.[75] Elena também ganhou o prêmio de melhor personagem feminina pela Gamemag e pela GameVicio.[83][84]

Comparações com outros personagens[editar | editar código-fonte]

Elena Fisher tem sido comparada com várias personagens de videogame, entre elas a aventureira Lara Croft da franquia Tomb Raider pelas similaridades de seus jogos. A Erwan Higuinen diz que ela é tão capaz quanto a Lara.[85] William Wilson da Forbes a destaca juntamente com Evie Frye e Croft como uma nova leva depersonagens feminas fortes.[12] Greg Miller da IGN salientou que a Naughty Dog conseguiu criar uma personagem tão realista e atraente que vai além das garotas típicas de Dead or Alive Xtreme Beach Volleyball.[30]

Comparações com pessoas reais[editar | editar código-fonte]

A personagem também chamou a atenção por a sua atratividade. Bret Dawson da Toronto Star comparou a aparência e manierismos de Elena com as de Jennifer Aniston.[86]

Referências

  1. a b Paul Tassi (13 de maio de 2016). «Uncharted 4's Ending Is A Beautiful, Unexpected Final Chapter For Nathan Drake». Forbes. Consultado em 17 de julho de 2017 
  2. Ruan Segretti (8 de outubro de 2015). «Isso sim é um belo trabalho de remasterização». TecMundo. Consultado em 14 de julho de 2017 
  3. a b Sam Loveridge (2 de maio de 2016). «Uncharted recap: Get ready for Uncharted 4 with our who's who and what's what». DigitalSpy. Consultado em 14 de julho de 2017 
  4. Mafab (22 de outubro de 2009). «Uncharted: Eye of Indra». Mafab. Consultado em 14 de julho de 2017 
  5. PlayStation Europe (26 de outubro de 2011). «Uncharted 3 Behind the Scenes: Motion Capture». PlayStation Europe. Consultado em 14 de julho de 2017 
  6. Blitzmage (3 de agosto de 2008). «Review: Uncharted: Drake's Fortune». Lusipurr.com. Consultado em 19 de julho de 2017 
  7. a b Justin McElroy (9 de abril de 2016). «Uncharted sidekick gets a dye job». Engadget. Consultado em 14 de julho de 2017 
  8. Ishmael Romero (9 de maio de 2016). «The Top 10 Best Uncharted Characters We'll Never Forget». Twinfinite. Consultado em 14 de julho de 2017 
  9. Matthew Codd (8 de outubro de 2015). «Uncharted: The Nathan Drake Collection review». Newshub. Consultado em 14 de julho de 2017 
  10. Alice Bell (18 de maio de 2016). «How Naughty Dog turning Nathan Drake into a total screw up created the best Uncharted yet». Videogamer. Consultado em 16 de julho de 2017 
  11. Aaron Sass (9 de abril de 2017). «Uncharted: 8 Characters That We Love And 7 That Are Awful». The Gamer. Consultado em 15 de julho de 2017 
  12. a b William Wilson (8 de novembro de 2015). «There's A Breed Of New Strong Female Character In Gaming». Forbes. Consultado em 15 de julho de 2017 
  13. Daniel Anderson (5 de maio de 2016). «Uncharted 4: A Thief's End review - a fitting finale and the best in the series». Irish Examiner. Consultado em 15 de julho de 2017 
  14. a b Owen Good (23 de julho de 2011). «Uncharted Writer Originally Wanted Chloe Frazer's Voice For Elena Fisher». Kotaku. Consultado em 15 de julho de 2017 
  15. Ben Richardson (31 de agosto de 2007). «Naughty Dog prefers blondes». GamesRadar. Consultado em 15 de julho de 2017 
  16. IGN Staff (10 de dezembro de 2007). «UNCHARTED: DRAKE'S FORTUNE INTERVIEW PAGE 3 OF 9». IGN. Consultado em 15 de julho de 2017 
  17. Phil Hornshaw (22 de julho de 2011). «Comic-Con 2011: Uncharted's Characters Created in Collaboration with Actors». GameFront. Consultado em 15 de julho de 2017 
  18. IGN Staff (10 de dezembro de 2007). «UNCHARTED: DRAKE'S FORTUNE INTERVIEW PAGE 5 OF 9». IGN. Consultado em 15 de julho de 2017 
  19. a b TANVI J (5 de março de 2017). «We found 11 female video game characters that aren't just eye-candy». Blush.me. Consultado em 15 de julho de 2017 
  20. Fraghero Team. «10 Videogames Where You Need To Protect a Female Character». Fraghero. Consultado em 15 de julho de 2017 
  21. Kate Gray , Holly Nielsen e Jordan Erica Webber (26 de janeiro de 2016). «Beyond Lara Croft: 30 truly interesting female game characters – part two Elena». Thue Guardian. Consultado em 15 de julho de 2017 
  22. Michael Logarta (24 de março de 2017). «Sony spotlights video game heroines for International Women's month». GMA News Online. Consultado em 15 de julho de 2017 
  23. Adam "Griz" Mathew (7 de março de 2016). «A Cheater's Chart to the Uncharted Franchise». RedBull Games. Consultado em 15 de julho de 2017 
  24. a b Lane Brown (11 de maio de 2016). «Uncharted 4: The Greatest Story Ever Played». Vulture. Consultado em 29 de julho de 2017 
  25. Jason Dunning (16 de maio de 2016). «Nolan North: "I Would Certainly Come Back" for Uncharted 5». PlayStation Lifestyle. Consultado em 13 de agosto de 2017 
  26. The Reporter Staff (10 de fevereiro de 2017). «Top Four Videogame And Comic Couples». The Reporter. Consultado em 16 de julho de 2017 
  27. Mike D'Alonzo (12 de junho de 2009). «Uncharted 2: Among Thieves Supporting Cast E3 2009 Interview». G4TV. Consultado em 16 de julho de 2017 
  28. a b c Robin Burks (24 de maio de 2016). «Why Elena Fisher Is The Unsung Hero Of 'Uncharted'». Tech Times. Consultado em 16 de julho de 2017 
  29. Eric de Brocart (27 de junho de 2017). «Quelles sont les trois héroïnes de jeux vidéo les plus inspirantes ?». Gamergen. Consultado em 16 de julho de 2017 
  30. a b IGN Staff (11 de fevereiro de 2010). «FALLING IN LOVE WITH AN IDEA». IGN. Consultado em 16 de julho de 2017 
  31. Jedwin Celestino (9 de maio de 2007). «Uncharted brunette has more fun as blonde». Engadget. Consultado em 18 de julho de 2017 
  32. Kenneth Tran (16 de maio de 2017). «Who's Hotter? 25 Voice Actresses Compared To Their In-Game Characters». The Gamer. Consultado em 18 de julho de 2017 
  33. Stephen Totilo (14 de outubro de 2009). «Virtual Fashion: What They're Wearing In Uncharted 2». Kotaku. Consultado em 16 de julho de 2017 
  34. Michael Harradence (20 de maio de 2011). «In the Spotlight: Elena Fisher». PlayStation Universe. Consultado em 19 de julho de 2017 
  35. Shyrc Gr (10 de maio de 2017). «Uncharted: Drake's Fortune». Brasil em Pixels. Consultado em 19 de julho de 2017 
  36. Arnold Katayev (18 de novembro de 2007). «Uncharted: Drake's Fortune Review». PSX Extreme. Consultado em 19 de julho de 2017 
  37. a b c «Become Nathan Drake, a treasure hunter and descendant of famed explorer Sir Francis Drake as he searches for the lost treasure of El Dorado.». WhiskeyFoxtrot. 29 de novembro de 2011. Consultado em 19 de julho de 2017 
  38. a b Dan Spina (9 de maio de 2016). «Uncovering Uncharted Part 1 – Drake's Fortune». Mammoth. Consultado em 20 de julho de 2017 
  39. Jess McDOnell (7 de maio de 2016). «Uncharted: Drake's Fortune Story Recap». Gamespot. Consultado em 20 de julho de 2017 
  40. a b c d e Tyler Nope (9 de maio de 2016). «Pretty Much Everything You Need to Know About Uncharted». Consultado em 20 de julho de 2017 
  41. Frank Lara (24 de janeiro de 2017). «Uncharted y el madurar de una franquicia.». El Territorio. Consultado em 21 de julho de 2017 
  42. Redação (11 de maio de 2016). «Entendendo Nathan Drake: O que você precisa saber para aproveitar 'Uncharted 4' ao máximo». VIP. Consultado em 20 de julho de 2017 
  43. Jonas Gössling (9 de maio de 2006). «DIE UNCHARTED-STORY: ZUSAMMENFASSUNG ALLER TEILE». IGN. Consultado em 21 de julho de 2017 
  44. RP Online. «Uncharted 2 - Among Thieves Bid». RP Online. Consultado em 21 de julho de 2017 
  45. a b c d Jess McDonell (8 de maio de 2016). «Uncharted 2: Among Thieves Story Recap». GameSpot. Consultado em 21 de julho de 2017 
  46. G4Sterling (4 de junho de 2009). «Uncharted 2: Among Thieves E3 Preview». G4. Consultado em 21 de julho de 2017 
  47. a b c Dan Spina (11 de maio de 2016). «Uncovering Uncharted Part 2 – Among Thieves». Mammoth. Consultado em 21 de julho de 2017 
  48. Andy (3 de dezembro de 2011). «Uncharted 2: Il covo dei ladri – La storia». Uagna. Consultado em 22 de julho de 2017 
  49. a b Matt Elliott (11 de abril de 2016). «Uncharted 1-3: The Story so far». GamesRadar+. Consultado em 21 de julho de 2017 
  50. a b c d Jess McDonell (8 de maio de 2016). «Uncharted II: Among Thieves Story Recap». GameSpot. Consultado em 21 de julho de 2017 
  51. Ewan Moore. «Uncharted – The Story So Far». Unilad. Consultado em 21 de julho de 2017 
  52. Filippo “Fatum92” Barbuscia (6 de janeiro de 2014). «L'avventura di Naughty Dog: Uncharted». SpazioGames.it. Consultado em 26 de julho de 2017 
  53. Stefano Terzoli (10 de maio de 2016). «Uncharted: riassumiamo la saga prima di giocare al quarto capitolo!». MangaForever. Consultado em 26 de julho de 2017 
  54. Chris Harkin (2 de maio de 2016). «Uncharted 4 Is Almost Here: Catch Up With The Story So Far!». NOWLOADING. Consultado em 25 de julho de 2017 
  55. Edward Smith (10 de maio de 2006). «How Naughty Dog deconstructed Nathan Drake in Uncharted 3: Drake's Deception». IBT. Consultado em 25 de julho de 2017 
  56. Jess McDonell (9 de maio de 2016). «Uncharted III: Drake's Deception Story Recap». GameSpot. Consultado em 25 de julho de 2017 
  57. Jisatoraakira. «『アンチャーテッド』の劇的すぎる演出を考察してみたby西川善司【PR】». Weekly Ascii. Consultado em 26 de julho de 2017 
  58. Jess McDonell (9 de maio de 2016). «Uncharted 3: Drake's Deception Story Recap». GameSpot. Consultado em 25 de julho de 2017 
  59. Liz Finngan (18 de maio de 2016). «Uncharted 4 is a Dignified Farewell to Nathan Drake». The Escapist. Consultado em 29 de julho de 2017 
  60. a b Yamilia Avendano (13 de maio de 2016). «Uncharted 4's Story and Ending, Explained and Summarized». Twinfinite. Consultado em 29 de julho de 2017 
  61. Michael Thomsen (12 de maio de 2016). «'Uncharted 4: A Thief's End' review: This four-part series should have ended after Part One». Consultado em 29 de julho 2017 
  62. Chella Ramanan (3 junho de 2016). «WHY I'M DISAPPOINTED BY THE FEMALE CHARACTERS IN UNCHARTED 4». Game Industry News. Consultado em 29 de julho de 2017 
  63. Danny Choy (18 de maio de 2016). «'Uncharted 4' Review: How Naughty Dog Redeemed A Lackluster Ending With A Heartwarming Epilogue». iDigitalTimes. Consultado em 29 de julho de 2017 
  64. Yamilia Avendano (13 de maio de 2016). «FINDING THE TOWERS (UNCHARTED 4'S CHAPTERS 8-11)». Twinfinite. Consultado em 29 de julho de 2017 
  65. Evan Narcisse (3 de junho de 2016). «Uncharted 4 Solves The Series' Identity Crisis». Kotaku. Consultado em 29 de julho de 2017 
  66. a b Yamilia Avendano (13 de maio de 2016). «CRAZY TREASURE (UNCHARTED 4'S CHAPTERS 20-22)». Twinfinite. Consultado em 29 de julho de 2017 
  67. Paulo Silva (27 de dezembro de 2012). «Análise Uncharted: Fight for Fortune (Playstation Vita)». Pplware. Consultado em 29 de julho de 2017 
  68. Spencer (8 de fevereiro de 2013). «PlayStation All-Stars Battle Royale Adds Minions, Heavenly Sword DLC Stage». Siliconera. Consultado em 29 de julho de 2017 
  69. Matt Peckham (14 de outubro de 2009). «Uncharted: Eye of Indra Prequel Announced». PC World. Consultado em 29 de julho de 2017 
  70. Mark Fajardo (22 de outubro de 2009). «UNCHARTED: Eye of Indra Episode 1». Just Push Start. Consultado em 29 de julho de 2017 
  71. «Nathan Drake aus Uncharted: Schöner, besser und mutiger als Indiana Jones (Special)». Sieletipps. 5 de dezembro de 2011. Consultado em 29 de julho de 2017 
  72. Uminchu Okutani (5 de abril de 2011). «僕らが愛する日本に寄付を! 欧米のゲームクリエイター達が,日本の支援を呼びかけた番組「Gamers Heart Japan」がネットで無料公開». 4Gamer. Consultado em 29 de julho de 2017 
  73. Carrie Surtees (10 de maio de 2016). «Naughty Dog Seleciona Playlists para Uncharted 4». PlayStation Blog. Consultado em 24 de outubro de 2017 
  74. Blaine Kyllo (2 de abril de 2008). «Games put poetry into running and gunning». The Georgia Straight. Consultado em 17 de julho de 2017 
  75. a b Twinfinite Staff (6 de maio de 2014). «5 Most Powerful Women in Games – Women in Gaming (Part II)». Twinfinite. Consultado em 16 de julho de 2017 
  76. Meagan Marie (7 de janeiro de 2010). «Playboy's Annual Girls Of Video Games». Game Informer. Consultado em 17 de julho de 2017. Arquivado do original em 7 de dezembro de 2011 
  77. Theodoros II (25 de novembro de 2014). «25 Greatest Female Video Game Characters Ever». List 25. Consultado em 16 de julho de 2017 
  78. David Meikleham. «11 badass game characters who should be wimps». GamesRadar. Consultado em 17 de julho de 2017 
  79. IGN Staff (8 de julho de 2009). «THE WEDNESDAY 10: GAMING HEROINES». Alyx Vance. Consultado em 17 de julho de 2017 
  80. Matt Helgeson (29 de novembro de 2010). «Special Edition Podcast: 30 Characters Who Defined A Decade». GameInformer. Consultado em 17 de julho de 2017 
  81. GamesRadar Staff (11 de outubro de 2013). «Best game characters of the generation». GamesRadar. Consultado em 17 de julho de 2017 
  82. ZoominGames (29 de abril de 2013). «Top 5 - Blondes in gaming». ZoominGames. Consultado em 18 de julho de 2017 
  83. GameMAG Staff (20 de dezembro de 2016). «Лучшие игры 2016 года - топ редакции GameMAG.ru». GameMAG. Consultado em 19 de julho de 2017 
  84. warwad (8 de janeiro de 2017). «Melhores do Ano GameVicio 2016 - Conheça os vencedores». GameVicio. Consultado em 19 de julho de 2017 
  85. Erwan Higuinen (26 julho de 2013). «LES FEMMES D'UNCHARTED». Erwan Higuinen. Consultado em 18 de julho de 2017 
  86. Bret Dawson (1 de dezembro de 2007). «'Drake's Fortune' a treasure to behold». The Star.com. Consultado em 17 de julho de 2017 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]