Elena Kagan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Elena Kagan
Elena Kagan
Juíz Associado da
Suprema Corte dos Estados Unidos
Mandato: 7 de agosto de 2010
até a atualidade
Nomeação por: Barack Obama
Antecessor(a): John Paul Stevens
Advogada-geral dos Estados Unidos
Mandato: 19 de março de 2009
até 17 de maio de 2010
Nomeação por: Barack Obama
Antecessor(a): Edwin Kneedler
Sucessor(a): Neal Katyal
Dados pessoais
Nascimento: 28 de abril de 1960 (61 anos)
New York City, Estados Unidos
Alma mater: Universidade Harvard

Elena Kagan (Nova Iorque, 28 de abril de 1960) é uma juíza da Suprema Corte dos Estados Unidos da América. Ela é uma jurista, professora, e já ocupou o cargo de advogada-geral dos Estados Unidos.[1]

Ela foi a primeira mulher a ocupar o cargo de advogada-geral, nomeada pelo presidente Barack H. Obama em 2009. Elena Kagan havia sido a decana da faculdade de direito da Universidade de Harvard, além de ter lecionado na Universidade de Chicago. Kagan também trabalhou como conselheira da Casa Branca no governo de Bill Clinton.[carece de fontes?]

Em 2010, o presidente Obama indicou Elena Kagan para a Suprema Corte dos Estados Unidos, devido à aposentadoria do juiz John Paul Stevens. A nomeação foi aprovada pelo Comitê Judiciário e pelo plenário do Senado americano.[carece de fontes?]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Precedido por
John Paul Stevens
Juiz Associado da Suprema Corte dos Estados Unidos
7 de agosto de 2010atualidade
Sucedido por