Neil Gorsuch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Neil Gorsuch
Juiz Associado à Suprema Corte dos Estados Unidos
Mandato 10 de abril de 2017
até a atualidade
Nomeação por Donald Trump
Antecessor(a) Antonin Scalia
Juiz da Corte de Apelações da Décima Região dos Estados Unidos
Mandato 8 de agosto de 2006
até 9 de abril de 2017
Nomeação por George W. Bush
Antecessor(a) David M. Ebel
Dados pessoais
Nascimento 29 de agosto de 1967 (50 anos)
Denver, Colorado, Estados Unidos
Alma mater Universidade Columbia
Universidade Harvard
Religião Epsicopalismo

Neil McGill Gorsuch (29 de agosto de 1967) é um juiz americano, membro da Suprema Corte dos Estados Unidos. Anteriormente, foi juiz da Corte de Apelações da Décima Região.[1]

Em 1º de fevereiro de 2017, o presidente Donald Trump indicou Gorsuch para a Suprema Corte, preenchendo a vaga aberta pela morte do juiz Antonin Scalia onze meses antes.[2] Na sexta-feira, 7 de abril de 2017, o magistrado foi confirmado para o cargo de juiz associado à Suprema Corte. O senado americano o aprovou com 54 votos contra 45 votos contrários, após uma mudança de regra acerca da aprovação da indicação para as nomeações.[3] Tomou posse na segunda-feira, 10 de abril, primeiramente na Suprema Corte ante seu presidente, John Roberts. Em seguida, fez seu juramento junto ao presidente Trump.

Gorsuch é um defensor do textualismo na interpretação das leis, originalismo na interpretação da Constituição dos Estados Unidos e é um defensor da filosofia do direito natural, tendo sido orientado em seu doutorado na Universidade de Oxford pelo teórico jusnaturalista John Finnis.[4]

Referências

´