Eliane Brum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eliane Brum
Nascimento 23 de maio de 1966 (52 anos)
Ijuí/RS
Ocupação Jornalista
Nacionalidade brasileira
Religião Ateísmo
Trabalhos notáveis Uma duas

Eliane Brum (Ijuí, 23 de maio de 1966) é uma jornalista, escritora e documentarista brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formou-se pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS) em 1988 e ganhou mais de 40 prêmios nacionais e internacionais de reportagem. Trabalhou 11 anos como repórter do jornal Zero Hora, de Porto Alegre, e 10 como repórter especial da Revista Época, em São Paulo. Desde 2010, atua como freelancer.

É autora de um romance - Uma Duas (LeYa) - de três livros de reportagem: Coluna Prestes – O Avesso da Lenda (Artes e Ofícios), A vida que ninguém vê (Arquipélago Editorial), ganhador do Prêmio Jabuti de Reportagem em 2007, e O Olho da Rua (Globo) - e de um livro de crônicas: A Menina Quebrada (Arquipélago Editorial, Prêmio Açorianos 2013), que reúne 64 de suas colunas escritas no site da revista Época, além de ter participado da compilação de reportagens especiais sobre os Médicos sem Fronteiras Dignidade!, que incluiu também autores como Mario Vargas Llosa.

De 2009 a 2013 manteve uma coluna no site da Revista Época, e desde outubro de 2013 no jornal El País.[1] Em 28 de janeiro de 2010, foi uma das ganhadoras do 27º Prêmio Internacional de Jornalismo Rei de Espanha, pela reportagem "O Islã dos Manos", sobre a presença da religião islâmica nas periferias de cidades brasileiras, matéria publicada na revista Época, em fevereiro do ano anterior.[2][3] Em julho de 2013, Eliane lançou uma coletânea com 64 crônicas e artigos de opinião publicados originalmente no site da Revista Época, e ganhou no mesmo ano o Prêmio Açorianos de Melhor Livro do Ano, por"A Menina Quebrada".[4]

É codiretora de três documentários: Uma História Severina[5], Gretchen Filme Estrada[6] e Laerte-se [7]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Desacontecimentos. Site de Eliane Brum.
  2. EFE. Premios Rey de España. Galardonados en ediciones anteriores
  3. Eliane Brum — a colecionadora de prêmios. Entrevista com Eliane Brum, por Eliane Martins. ABI, 5 de fevereiro de 2010.
  4. Eliane Brum: Biografia. Acesso em 12 de janeiro de 2018.
  5. Vídeo: Uma História Severina (22:32).
  6. Gretchen Filme Estrada (trailer)
  7. Documentário brasileiro ‘Laerte-se’ estreia na Netflix. Estadão', 19 de maio de 2017.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Eliane Brum