Elsa Martinelli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Elsa Martinelli
Elsa no filme A Décima Vítima, de 1965
Nome completo Elsa Tia
Nascimento 30 de janeiro de 1935
Grosseto, Itália
Nacionalidade italiana
Morte 8 de julho de 2017 (82 anos)
Roma, Itália
Festival de Berlim
Urso de Prata de melhor atriz
1956
IMDb: (inglês)

Elsa Martinelli, nome artístico de Elsa Tia (Grosseto, 30 de janeiro de 19358 de julho de 2017[1]), foi uma atriz italiana.

Começou sua carreira em Roma, como modelo, depois fazendo pequenos papéis em filmes italianos. Em 1953, foi para Nova York sem saber inglês e com U$20 no bolso atrás de uma carreira de modelo e atriz nos Estados Unidos[2] e três anos depois conseguiu seu primeiro papel importante em Hollywood no filme The Indian Fighter, com Kirk Douglas, descoberta por ele na capa de uma revista de moda. No mesmo ano, Elsa ganhou o Urso de Prata de Melhor Atriz no Festival de Berlim, no papel principal de Donatella, de Mario Monicelli.[3]

Desde então, ela dividiu sua carreira entre a Europa e os Estados Unidos, trabalhando em filmes como Hatari! (1962) com John Wayne, O Processo (1962) com Anthony Perkins e Jeanne Moreau, The V.I.P.s (1963) com Richard Burton e Elizabeth Taylor e Candy (1968) uma superprodução com elenco multiestelar que incluía Marlon Brando, Charles Aznavour, Richard Burton e o beatle Ringo Starr.

A partir da década de 1970, em que se tornou personagem frequente do jet-set internacional ao lado de personalidades como Aristoteles Onassis, Maria Callas e Carlo Ponti, ela passou a dedicar sua carreira a telefilmes e à minisséries de televisão da RAI e chegou a trabalhar como decoradora de interiores em Roma nos anos 80.[2]

Elsa foi casada com o conde Franco Mancinelli Scotti di San Vito, entre 1957 e 1960, com quem tem uma filha, Cristiana, nascida em 1956 e também atriz.

Martinelli morreu em Roma em 8 de julho de 2017, aos 82 anos.[4]

Referências

  1. Alessandra Vitali (8 de julho de 2017). «È morta Elsa Martinelli, i mille volti dell'attrice che da Cinecittà arrivò a Hollywood» (em italiano). La Repubblica. Consultado em 8 de julho de 2017 
  2. a b Glamour Girls of Silver Screen
  3. «6th Berlin International Film Festival: Prize Winners». berlinale.de. Consultado em 26 de dezembro de 2009 
  4. «La llorona del 9 de julio del 2017». La Estrella de Panamá (em espanhol). 9 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.