Emilio Salgari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde dezembro de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Emilio Salgari
Emilio Salgari
Nascimento 21 de agosto de 1862
Verona,  Itália
Morte 25 de abril de 1911 (48 anos)
Turim,  Itália
Nacionalidade Italiano
Cônjuge Ida Peruzzi (4 filhos)
Ocupação Escritor
Gênero literário Ficção histórica, ficção científica, aventura.
Magnum opus O Corsário Negro

Emilio Salgari (Verona, 21 de agosto de 1862[1]Turim, 25 de abril de 1911) foi um escritor italiano.

É um dos 40 autores italianos mais traduzidos, apesar da sua obra ter sido ignorada pela crítica.[2] Publicou 90 romances e, após a sua morte, os seus filhos publicaram 50 apócrifos do género de aventura, normalmente envolvendo o mar e piratas. De entre eles destacam-se as aventuras de Sandokan e o Corsário Negro.[2]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Desde muito cedo se interessou pelas viagens marítimas e decidiu ser capitão. Ingressou na Academia Naval de Veneza, alistou-se num barco mercantil e percorreu a costa Asiática. Regressou a Itália onde começou a ganhar sustento com as suas obras que começaram por serem publicadas e jornais. Casou-se com Ida Peruzzi, com quem teve quatro filhos. Mesmo com os êxitos dos seus livros os problemas económicos não deixaram de os seguir.

Depois da morte de sua esposa, Salgari suicida-se em Turim.

Obras[editar | editar código-fonte]

Não são todos os livros que estão disponíveis em português.

Colecção dos corsários da Malásia

  • Os Mistérios da Selva Negra (1887) - no original I misteri della jungla nera
  • O Tigre da Malásia (1883-1884) - no original Le tigri di Mompracem
  • Os Piratas da Malásia (1896) - no original I pirati della Malesia
  • Os Dois Tigres (1904) - no original Le due tigri
  • O Rei do Mar (1906) - no original Il Re del Mare
  • A conquista de um império (1907) - no original Alla conquista di un impero
  • A revanche de Sandokan (1907) - no original Sandokan alla riscossa
  • A reconquista de Mompracem (1908) - no original La riconquista di Mompracem
  • O falso Brâmane (1911) - no original Il bramino dell'Assam
  • A queda de um império (1911) - no original La caduta di un impero
  • A revanche de Yáñez (1913) - no original La rivincita di Yanez

Colecção dos corsários das Antilhas

  • O Corsário Negro (1898) - no original Il Corsaro Nero
  • A Rainha das Caraíbas (1901) - no original La regina dei Caraibi
  • Yolanda, a filha do Corsário Negro (1905) - no original Jolanda, la figlia del Corsaro Nero
  • O filho do Corsário Vermelho (1908) - no original Il figlio del Corsaro Rosso
  • Os últimos filibusteiros (1908) - no original Gli ultimi filibustieri

Outros romances

  • A Cimitarra de Buda (1892) - no original La scimitarra di Budda
  • O tesouro do presidente do Paraguai (1894)
  • O continente misterioso (1894)
  • Um Drama no Oceano Pacífico (1895) - no original Un dramma nell'Oceano Pacifico
  • O Rei da Montanha (1895) - no original Il re della montagna
  • Os Peles Vermelhas (1900) - no original Avventure fra le pelli rosse
  • O Leão de Damasco (1942) - no original Il leone di Damasco

Referências

  1. Algumas fontes indicam 1861 como ano de nascimento. Por exemplo, a Biblioteca Nacional de Portugal
  2. a b «200 Anos do Romance de Aventuras em Portugal». Consultado em 22 de agosto de 2012  Texto " Outros Autores Estrangeiros: EMILIO SALGARI " ignorado (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.