Emmy Internacional 2005

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Emmy Internacional 2005
33th International Emmy Awards
Edição atual 33ª edição
Período 21 de Novembro de 2005
Local(is) Hilton Hotel, Nova York, Estados Unidos
Gênero Premiação Televisiva
Idealizado por Academia Internacional das Artes e Ciências Televisivas
Realização IATAS
Página oficial http://www.iemmys.tv/

A 33rd International Emmy Awards ou 33ª Edição dos Prêmios Emmy Internacional, aconteceu em 21 de novembro de 2005, no Hilton Hotel em Nova York, Estados Unidos, e teve como mestre de cerimônia pelo segundo ano consecutivo, o comediante irlandês Graham Norton.[1]

Cerimônia[editar | editar código-fonte]

Os nomeados para o Emmy Internacional 2005 foram anunciados pela Academia Internacional das Artes e Ciências Televisivas em 17 de outubro de 2005, numa conferência de imprensa na MIPCOM em Cannes, França.[2]

A 33ª edição dos prêmios reuniu 37 finalistas, divididos em nove categorias, com destaque para a Rússia que pela primeira vez disputava o prêmio na categoria de melhor série dramática. Dos países latino-americanos estavam Argentina, Brasil e Chile. A Rede Globo foi a única emissora brasileira a disputar a final do prêmio neste ano.[3]

Os nomeados foram selecionados ao longo de seis meses, por uma banca composta de 500 juízes representando 35 países. Após a aprovação do conselho administrativo da IATAS, a Academia Internacional apresentou pela primeira vez as categorias de melhor ator e melhor atriz.

O Emmy de série dramática foi para The Eagle: a Crime Odyssey, da rede DR da Dinamarca, sobre um detetive superintendente que luta contra o crime organizado e seus próprios problemas. O prêmio foi apresentado pela atriz Gabriela Spanic.

A série The Newsroom, da CBC Television que fala sobre os bastidores de uma estação de TV, ganhou como melhor comédia. A Dinamarca também conquistou um segundo prêmio, na categoria filme para TV/minissérie, com Unge Andersen, uma co-produção entre Danmarks Radio e Sveriges Television, que fala dos primeiros anos da vida do famoso escritor Hans Christian Andersen. A minissérie brasileira Hoje é Dia de Maria, da Rede Globo, também concorreu nesta categoria, sua protagonista Carolina Oliveira também disputou o prêmio de melhor atriz, vencido pela chinesa He Lin por seu papel em Slave Mother.

O brasileiro Douglas Silva concorria na categoria de melhor performance por um ator, por Cidade dos Homens. O prêmio porém foi entregue ao francês Thierry Fremont, por Dans la tete du tueur.

A rede BBC ganhou o prêmio de entretenimento sem roteiro com a série automobilística Top Gear e o prêmio de programação de arte por Holocaust: A Musical Memorial Film From Auschwitz, um concerto realizado no campo de Auschwitz-Birkenau, no 60ª aniversário de sua libertação. The Drama of Dresden da rede ZDF sobre o bombardeio à cidade alemã de Dresden na Segunda Guerra Mundial, venceu como melhor documentário, e Dark Oracle faturou a estatueta de melhor programa infanto-juvenil.

A Academia Internacional premiou ainda a apresentadora Oprah Winfrey com o Emmy Founders Award por sua carreira na televisão, entregue pela então senadora Hillary Clinton, e atriz britânica Helen Mirren entregou o Emmy Directorate Award para Charles Allen, diretor executivo da rede comercial do Reino Unido ITV.[4]

Vencedores[editar | editar código-fonte]

Melhor Ator Melhor Atriz
Melhor Série Dramática Melhor Filme para TV ou Minissérie
Melhor Programa Artístico Melhor Série de Comédia
Melhor Programa de Entretenimento sem Roteiro Melhor Documentário
  • Das Drama von Dresden - Alemanha (ZDF)
    • Contacto - Chile (Canal 13)
    • The House of Saud - Reino Unido (BBC)
    • Prostitution bakom slöjan - Dinamarca (SVT)
Melhor Programa infanto-juvenil
  • Dark Oracle - Canadá (YTV)
    • Dunya en Desie - Holanda (NPS)
    • My Life as a Popat - Reino Unido (ITV)
    • Zoé Kézako - França (TF1)

Maior número de nomeações[editar | editar código-fonte]

Por país
Por emissora

Maior número de prêmios[editar | editar código-fonte]

Por país
Por emissora

Referências

  1. «Celebrity Circuit - Photo 5 - Pictures». CBS News. Consultado em 31 de outubro de 2014 
  2. «Clinton, Mirren to present at I-Emmys». Variety. 17 de outubro de 2005. Consultado em 31 de outubro de 2014 
  3. «Globo perde Emmy para Dinamarca». Folha de S. Paulo. 22 de maio de 2005. Consultado em 31 de outubro de 2014 
  4. «Oprah Winfrey to Receive 2005 International Emmy Founders Award». businesswire.com. 24 de maio de 2005. Consultado em 31 de outubro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um evento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.