Entente dos Balcãs

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Entente (ou Pacto) dos Balcãs (pt) ou Bálcãs (pt-BR) foi um pacto firmado em 9 de fevereiro de 1934 pela Iugoslávia, Romênia, Turquia e Grécia[1] para proteger a integridade territorial frente a pretensões anexionistas da Bulgária e Hungria. A Segunda Guerra Mundial deixou-lhe sem efeito.[carece de fontes?]

Membros da Entente dos Bálcãs.

Pelo pacto, que visava manter o status quo geopolítico na região após a Primeira Guerra Mundial, os signatários concordaram em suspender todas as reivindicações territoriais disputadas contra uns aos outros e seus vizinhos imediatamente após o rescaldo da guerra e do aumento das tensões regionais entre as várias minorias étnicas. Outras nações da região que estiveram envolvidas na relacionada diplomacia recusaram a assinar o documento, incluindo a Itália, Albânia, Bulgária, Hungria e União Soviética. Os não signatários tinham na maior parte governos com interesses de expansão territorial. O pacto tornou-se efectivo no dia em que foi assinado. Foi registrado pelo Tratado de Série da Liga das Nações em 1 de outubro de 1934 .[2]

O Pacto dos Bálcãs ajudou a garantir a paz entre a Turquia e os países independentes no sudeste da Europa, que fizeram parte do Império Otomano, sendo o mais importante a Grécia, mas não conseguiu travar a intriga regional que incentivou a intervenção militar da Alemanha, Grã-Bretanha e da União Soviética durante a Segunda Guerra Mundial.[carece de fontes?]

Referências

  1. «Pact of Balkan Agreement Between Yugoslavia, Greece, Romania and Turkey». www.rastko.org.rs. Consultado em 17 de março de 2011. Arquivado do original em 22 de fevereiro de 2014 
  2. League of Nations Treaty Series, vol. 153, pp. 154-159.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Constantinesco, Nicholas (2004). Romania in Harm's Way (em inglês). [S.l.]: Columbia University Press. 251 páginas. ISBN 9780880335461 
  • Grenzebach, William S., Jr (1988). Germany's Informal Empire in East-Central. Europe: German Economic Policy toward Yugoslavia and Rumania, 1933-1939 (em inglês). [S.l.]: Franz Steiner Verlag. 269 páginas. ISBN 3515050051 
  • Littlefield, Frank C. (1988). Germany and Yugoslavia 1933-1941: The German Conquest of Yugoslavia (em inglês). [S.l.]: East European Monographs. 162 páginas. ISBN 9780880331418 
  • Seton-Watson, R. W. (1937). «The Little and Balkan Entente». The Slavonic and East European Review. 15 (45). pp. . 553-576 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.