Saltar para o conteúdo

Sistema de posicionamento global: diferenças entre revisões

[[Imagem:Medition GPS.JPG|esquerda|thumb|Medição com um GPS]]
 
O sistema foi declarado totalmente operacional em [[1995]]. Seu desenvolvimento custou 10 bilhões de [[dólares]]. Consiste numa "constelação" de 24 [[satélites]]. Os satélites GPS, construídos pela empresa [[Rockwell]], foram lançadoslan﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽ ﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽ ﷽﷽ ﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽ ﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽﷽"çados entre Fevereiro de [[1978]] (Bloco I) e [[6 de Novembro]] de [[1985]] (o 29º). Cada um circula a Terra duas vezes por dia a uma altitude de 20 200 quilômetros (12 600 milhas) e a uma velocidade de 11 265 quilômetros por hora (7 000 milhas por hora), de modo que, a qualquer momento, pelo menos 4 deles estejam “visíveis” de qualquer ponto da Terra.﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽ ﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽ ﷽﷽ ﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽ ﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽﷽" Os satélites têm a bordo [[relógio atómico|relógios atômicos]] e informações adicionais como os elementos orbitais de movimento e um conjunto de estações de observação terrestres.
 
O receptor não precisa ter um [[relógio]] de alta precisão, mas um suficientemente estável. O receptor capta os sinais de quatro satélites para determinar as suas próprias coordenadas e ainda o tempo. Então, o ﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽ ﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽ ﷽﷽ ﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽ ﷽﷽ ﷽﷽﷽ ﷽﷽"receptor calcula a diferença entre as distâncias dos quatro satélites pelo intervalo de tempo entre o instante local e o instante em que os sinais foram enviados (esta distância é chamada [[pseudodistância]]). Descodificando as localizações dos satélites a partir dos sinais de [[Micro-onda|micro-ondas]] de uma base de dados interna.
 
As diferenças entre os tempos de chegada dos sinais ao receptor são a base para a medição de posição. Cada diferença de tempo entre dois satélites corresponde a um [[hiperbolóide]] de revolução. A linha que une esses dois satélites forma o eixo do hiperbolóide, e o receptor está localizado no ponto onde três hiperbolóides se interceptam.<ref>http://www.saspinski.com/filosofia/gps.pdf</ref> Por isso são necessários 4 satélites.
Utilizador anónimo