Estádio Alberto Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joia da Princesa
Sisbrace: Star full.svg Star empty.svg Star empty.svg Star empty.svg Star empty.svg[1]
Princesajoia.jpg
Arquibancada do Joia
Nome Estádio Alberto Oliveira
Características
Local Feira de Santana, BA
Gramado Grama natural (105m x 68m)
Capacidade 16.274[2]
Construção
Data 1953
Inauguração
Data 23 de Abril de 1953
Partida inaugural Bahia de Feira 2-0 Galícia
Primeiro gol Mário Porto (Bahia de Feira)
Recordes
Público recorde 28.000 pessoas
Data recorde 13 de Novembro de 1966
Partida com mais público Fluminense-BA 0-1 Vasco da Gama-RJ
Outras informações
Remodelado 1966
Proprietário Prefeitura de Feira de Santana (BA)
Mandante Fluminense de Feira
Feirense
Bahia de Feira
Palmeiras Nordeste

Estádio Alberto Oliveira, conhecido como Joia da Princesa, é um estádio de futebol de Feira de Santana, estado da Bahia, que atende a diversos clubes do município, principalmente ao Fluminense de Feira Futebol Clube e Bahia de Feira e o Feirense, principais clubes da cidade.

Foi inaugurado em 23 de abril de 1953 quando o Bahia de Feira venceu o Galícia, da capital, por 2 a 0, com dois gols de Mário Porto.

Inicialmente foi denominado Estádio Municipal Almachio Boaventura, em homenagem ao intendente que fez a terraplanagem do terreno em 1950.

Em 13 de novembro de 1966, foi inaugurado no mesmo local um novo estádio, mudando a posição do campo. O estádio foi rebatizado com o nome de Alberto Oliveira, em homenagem ao ex-vereador e ex-presidente do Fluminense de Feira Futebol Clube. A reinauguração foi realizada pelo então governador Luís Viana. O Fluminense de Feira jogou amistosamente contra o Vasco da Gama do Rio de Janeiro, perdendo pelo placar de 1 a 0, gol contra do zagueiro Val. Foi nessa partida que se registrou o maior público da história do estádio, com 28 mil pagantes.

Em 1984 e 1985, o estádio passou por uma nova reforma e no jogo de reinauguração, realizado em 22 de agosto de 1985, em novo amistoso, o Fluminense de Feira deu o troco no Vasco e venceu o time carioca por 1x0. Nesse jogo se registrou o segundo maior público, com 25.254 pagantes.

Fachada do estádio.


Referências

  1. «Classificação de estádios de futebol (Sisbrace)». Ministério dos Esportes. 25 de fevereiro de 2017 
  2. «Cadastro Nacional de Estádios de Futebol» (PDF). Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 9 de setembro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.