História do futebol da Bahia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Partida entre Victoria (atual Esporte Clube Vitória) e Santos Dumont pelo Baiano de 1907.

A história do futebol da Bahia começou com a volta de José Ferreira Júnior, o Zuza Ferreira, a Salvador. Após ser mandado à Inglaterra para estudar, Zuza retornou à sua terra natal com o objetivo de praticar o novo esporte.

Primeiro jogo[editar | editar código-fonte]

No Campo da Pólvora, no dia 28 de outubro de 1901, organizou os times, marcou o gol com duas pedras com distância de dez metros uma da outra e deu um chute na bola que trouxe na mala, dando início à história do esporte que virou o de maior tradição do estado.[1]

A prática do futebol gerou muita curiosidade em quem assistia aos jogos, cada vez mais frequentes, nos campos de Salvador. O primeiro jogo internacional de que se tem notícia ocorreu no dia 30 de agosto de 1903, entre um combinado anglo-brasileiro e um time de futebol formado por oficiais americanos de uma navio que se encontrava atracado no porto da cidade. O resultado foi 2 a 0 para o combinado, que jogou com a seguinte formação: Orr, Artur Morais e F. Morell; Alberto Catarino, D. Mc Nair e Rob Mc Nair; Euclides Almeida, Juvenal Tarquínio, Tourlison, Álvaro Tarquínio e Arnaldo Moreira.[2]

Primeiro clube de futebol[editar | editar código-fonte]

Elenco do Victoria campeão baiano de 1908.

Embora outros clubes já praticassem o esporte, como o Club de Cricket Victoria (atual Esporte Clube Vitória) e o Club Internacional de Cricket, o primeiro clube exclusivamente de futebol a ser fundado na Bahia foi o Sport Club Bahiano, que começou suas atividades no dia 7 de setembro de 1903, abrindo espaço para outros clubes que seriam fundados logo depois.[2]

Primeiro jogo entre clubes[editar | editar código-fonte]

O Sport Club Bahiano e Sport Club Itapagipe, fundado pouco tempo depois, foram os primeiros dois clubes a se enfrentarem num jogo "oficial". O resultado foi arrasador 7 a 0 para este primeiro, com gols de A. Polzin, J. Gramer, Edgard Tapioca, A. Albano, Arnaldo Moreira, A. Petersen e Fernando Petersen.[3]

Fundação da Liga Baiana[editar | editar código-fonte]

No dia 15 de novembro de 1904, com a participação de dirigentes do São Paulo Club (que não participaria do campeonato pois muitos dos seus jogadores foram para outros clubes), Sport Club Victoria (antes chamado de Club de Cricket Victoria), Clube Internacional de Cricket e Sport Club Bahiano, é fundada a Liga Bahiana de Sports Terrestres, a fim de organizar campeonatos de futebol. Em fevereiro do ano seguinte, o Clube de Natação e Regatas São Salvador filia-se à liga.[4]

Títulos de clubes baianos nas principais competições[editar | editar código-fonte]

  • Considerados apenas os clubes baianos em atividade que tenham sido campeões estaduais ou de alguma divisão do Campeonato Brasileiro.
Clube Campeonato Brasileiro - Série A Campeonato Brasileiro de Futebol - Série B Campeonato Brasileiro de Futebol - Série C Campeonato Brasileiro de Futebol - Série D Copa do Brasil Copa do Nordeste/Torneio dos Campeões do Nordeste Campeonato Baiano Copa Intercontinental/Campeonato Mundial de Clubes Copa Libertadores da América Copa Sul-Americana Copa Conmebol Total
Bahia 2 0 0 0 0 3 46 0 0 0 0 51
Vitória 0 0 0 0 0 5 27 0 0 0 0 32
Ypiranga 0 0 0 0 0 1 10 0 0 0 0 11
Botafogo 0 0 0 0 0 0 7 0 0 0 0 7
Galícia 0 0 0 0 0 0 5 0 0 0 0 5
Fluminense de Feira 0 0 0 0 0 0 2 0 0 0 0 2
Bahia de Feira 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 0 1
Colo Colo 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 0 1
Palmeiras Nordeste 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 0 1
Total 2 0 0 0 0 9 98 0 0 0 0 111

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]