Campeonato Brasileiro de Futebol de 2020 - Série C

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Current event marker.png
Este artigo ou seção é sobre um evento desportivo que ainda não ocorreu.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis.
Sports icon.png
Campeonato Brasileiro de 2020 - Série C
Brasileirão 2020 - Série C
Dados
Participantes 20
Organização CBF
Período 3 de maio – 8 de novembro [1]
◄◄ 2019 Soccerball.svg 2021 ►►
atualizado em 23 de setembro

A Série C do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2020 é uma competição equivalente à terceira divisão do futebol do Brasil. Contando como a 31ª edição da história, é disputada por vinte clubes, onde os quatro mais bem colocados ganharão acesso à Série B de 2021 e os dois últimos colocados de cada grupo na primeira fase serão rebaixados à Série D de 2021.

Formato e regulamento[editar | editar código-fonte]

A edição de 2020 mantém o formato em vigor desde 2012. A competição é disputada por 20 clubes, divididos em dois grupos: Grupo A e Grupo B. Em cada grupo, os times se enfrentam duas vezes – jogos de ida e volta – totalizando 18 rodadas, com os quatro melhores de cada grupo avançando para a fase eliminatória. As duas piores equipes de cada grupo serão rebaixadas para a Série D de 2021. Por outro lado, os quatro semifinalistas estarão automaticamente garantidos na Série B de 2021. Desde 2018 não há a regra do gol marcado fora de casa como critério de desempate nos confrontos de eliminatórios (a partir das quartas de final).[2]

Critérios de desempate[editar | editar código-fonte]

Caso haja empate de pontos entre dois ou mais clubes, os critérios de desempate serão aplicados na seguinte ordem:[2]

  1. Número de vitórias
  2. Saldo de gols
  3. Gols marcados
  4. Confronto direto
  5. Número de cartões vermelhos
  6. Número de cartões amarelos
  7. Sorteio

Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Estado Em 2019 Estádio (mando) Capacidade[3] Títulos
Boa Esporte Varginha Minas Gerais MG 15º Melão 15 471 1 (2016)
Botafogo-PB João Pessoa Paraíba PB 11º Almeidão 19 000 0 (não possui)
Brusque Brusque Santa Catarina SC 1º (Série D) Augusto Bauer 5 000 0 (não possui)
Criciúma Criciúma Santa Catarina SC 19º (Série B) Heriberto Hülse 19 900 1 (2006)
Ferroviário Fortaleza Ceará CE 10º Arena Castelão 63 903 0 (não possui)
Imperatriz Imperatriz Maranhão MA Frei Epifânio 10 000 0 (não possui)
Ituano Itu São Paulo SP 3º (Série D) Novelli Júnior 18 560 1 (2003)
Jacuipense Riachão do Jacuípe Bahia BA 4º (Série D) Valfredão 5 000 0 (não possui)
Londrina Londrina Paraná PR 17º (Série B) Estádio do Café 31 000 0 (não possui)
Manaus Manaus Amazonas AM 2° (Série D) Arena da Amazônia 44 000 0 (não possui)
Paysandu Belém Pará PA Curuzu 16 200 0 (não possui)
Remo Belém Pará PA Baenão 13 792 1 (2005)
Santa Cruz Recife Pernambuco PE 13º Arruda 60 044 1 (2013)
São Bento Sorocaba São Paulo SP 18º (Série B) Walter Ribeiro 13 772 0 (não possui)
São José-RS Porto Alegre Rio Grande do Sul RS Passo d'areia 14 000 0 (não possui)
Tombense Tombos Minas Gerais MG 14º Almeidão (MG) 3 050 0 (não possui)
Treze Campina Grande Paraíba PB 16º Presidente Vargas 12 000 0 (não possui)
Vila Nova Goiânia Goiás GO 20º (Série B) Serra Dourada 42 000 2 (1996, 2015)
Volta Redonda Volta Redonda Rio de Janeiro RJ 12º Raulino de Oliveira 20 225 0 (não possui)
Ypiranga de Erechim Erechim Rio Grande do Sul RS Colosso da Lagoa 22 000 0 (não possui)

Estádios[editar | editar código-fonte]

Boa Esporte Botafogo-PB Brusque Criciúma Ferroviário Imperatriz
Melão Almeidão (PB) Augusto Bauer Heriberto Hülse Arena Castelão Frei Epifânio
Capacidade: 15 471 Capacidade: 19 000 Capacidade: 5 000 Capacidade: 19 900 Capacidade: 63 903 Capacidade: 10 000
Boa Ec Melão.jpg Botxtre.jpg Heriberto Hulse lotado - panoramio.jpg Arena Castelão Estadio Municipal Frei Epifanio.jpg
Ituano
Jacuipense
Novelli Júnior Valfredão
Capacidade: 18 560 Capacidade: 5 000
EstádioNovelliJúnior.jpg Arena Valfredão.jpg
Londrina Manaus
Estádio do Café Arena da Amazônia
Capacidade: 19 924 Capacidade: 44 000
Estádio Municipal Jacy Scaff - Estádio do Café.jpg Arena Amazônia.jpg
Paysandu Remo
Curuzu Baenão
Capacidade: 16 200 Capacidade: 13 792
Estádio da curuzu cheio.jpg link: Estádio Evandro Almeida
Santa Cruz São Bento
Arruda Walter Ribeiro
Capacidade: 60 044 Capacidade: 13 772
Estádio do Arruda em Recife.jpg Estádio Municipal Walter Ribeiro.jpg
São José-RS Tombense Treze Vila Nova Volta Redonda Ypiranga de Erechim
Passo d'Areia Almeidão (MG) Presidente Vargas Serra Dourada Raulino de Oliveira Colosso da Lagoa
Capacidade: 14 000 Capacidade: 3 050 Capacidade: 12 000 Capacidade: 42 000 Capacidade: 20 255 Capacidade: 22 000
Estádio Antônio Guimarães de Almeida.jpg PV lotado.jpg Estádio Serra Dourada4.jpg Estádio General Sylvio Raulino de Oliveira.jpeg Colosso-2-1-600x300.jpg

Estádio Olímpico - Pará.jpg

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Grupo A[editar | editar código-fonte]

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG Classificação ou rebaixamento
1 Paraíba Botafogo-PB Zona de classificação à próxima fase
2 Ceará Ferroviário
3 Maranhão Imperatriz
4 Bahia Jacuipense
5 Amazonas Manaus
6 Pará Paysandu
7 Pará Remo
8 Pernambuco Santa Cruz
9 Paraíba Treze Rebaixados à Série D de 2021
10 Goiás Vila Nova

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados do grupo A
  BPB FAC IMP JAC MAN PAY REM STC TRE VIL
Botafogo-PB
Ferroviário
Imperatriz
Jacuipense
Manaus
Paysandu
Remo
Santa Cruz
Treze
Vila Nova

Grupo B[editar | editar código-fonte]

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG Classificação ou rebaixamento
1 Minas Gerais Boa Esporte Zona de classificação à próxima fase
2 Santa Catarina Brusque
3 Santa Catarina Criciúma
4 São Paulo Ituano
5 Paraná Londrina
6 São Paulo São Bento
7 Rio Grande do Sul São José-RS
8 Minas Gerais Tombense
9 Rio de Janeiro Volta Redonda Rebaixados à Série D de 2021
10 Rio Grande do Sul Ypiranga de Erechim

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados do grupo B
  BOA BRU CRI ITU LON SBN SJO TOM VRE YPI
Boa Esporte
Brusque
Criciúma
Ituano
Londrina
São Bento
São José-RS
Tombense
Volta Redonda
Ypiranga-RS

Desempenho por rodada[editar | editar código-fonte]

Clubes que lideraram o campeonato ao final de cada rodada:

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
Grupo A
Grupo B

Clubes que ficaram na última posição do campeonato ao final de cada rodada:

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
Grupo A
Grupo B

Fase final[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados da fase final

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto e em negrito os times classificados.

Quartas de final Semifinais Final
     
                                     
   
   
     
     
 
   
   
   
   
   
   
   
 
 

*Classificados à Série B de 2021.

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Hat-tricks[editar | editar código-fonte]

Maiores públicos[editar | editar código-fonte]

Estes são os dez maiores públicos do Campeonato:

N.º Público[nota 1] Mandante Placar Visitante Estádio Data Rodada Ref.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Menores públicos[editar | editar código-fonte]

Estes são os dez menores públicos do Campeonato:

N.º Público[nota 1] Mandante Placar Visitante Estádio Data Rodada Ref.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Médias de público[editar | editar código-fonte]

Estas são as médias de público dos clubes no Campeonato. Considera-se apenas os jogos da equipe como mandante e o público pagante:[4]

Mudança de técnicos[editar | editar código-fonte]

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro 2020
Série C
Brasil
A definir
Campeão
(?º título)

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

A classificação geral dá prioridade ao clube que avançou mais fases, e ao campeão, mesmo que tenha menor pontuação.

Pos Times Pts J V E D GP GC SG Classificação ou rebaixamento
1 Promovidos à Série B em 2021
e finalistas
2
3 Promovidos à Série B em 2021
e eliminados nas semifinais
4
5 Eliminados nas quartas de final
6
7
8
9 Eliminados na primeira fase
10
11
12
13
14
15
16
17 Rebaixados à Série D de 2021
18
19
20

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

  1. a b Considera-se apenas o público pagante.

Referências

  1. «CBF divulga calendário de 2020: Brasileirão para em data Fifa, mas segue durante a Copa América». Globoesporte.com. 3 de outubro de 2019. Consultado em 8 de outubro de 2019 
  2. a b «Regulamento Específico da Competição – Campeonato Brasileiro da Série C 2019» (PDF). CBF. 26 de fevereiro de 2019. Consultado em 27 de abril de 2019 
  3. «CNEF Cadastro Nacional de Estádios de Futebol» (PDF). CBF. 18 de janeiro de 2016. Consultado em 12 de novembro de 2017 
  4. «Ranking de Público». SrGoool.com.br. Consultado em 7 de setembro de 2020  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]