Mazola Júnior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mazola Júnior
Informações pessoais
Data de nasc. 28 de fevereiro de 1965 (53 anos)
Local de nasc. Campinas (SP), Brasil
Informações profissionais
Equipa atual Criciúma
Posição Treinador
Times/Equipas que treinou
2009–2010
2011–2012
2012
2013
2013
2014
2014
2014
2015
2015–2016
2017
2017–2018
2018
2019–
Ituano
Sport
Ipatinga
Bragantino
Cuiabá
Paysandu
Bragantino
Paysandu
Botafogo SP
CRB
Vila Nova
CRB
Criciúma
Ponte Preta

Uiles Geraldo Gonçalves de Freitas Júnior, mais conhecido como Mazola Júnior (Campinas, 28 de fevereiro de 1965) é um técnico de futebol brasileiro. Atualmente, comanda a Ponte Preta.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Mazola Júnior estreou como treinador no Ituano em 2009 quando disputou a Série D e o Campeonato Paulista de 2009. treinando as categorias de juniores do Sport, assumiu a equipe principal com a demissão de Hélio dos Anjos. Porém após 11 jogos foi substituído por PC Gusmão. Com a demissão deste, reassume o cargo para os últimos cinco jogos da Série B[1][2], levando a da ao 4º lugar e a conquista do acesso à primeira divisão para 2012[3]. continuou no clube durante todo campeonato Pernambucano, sagrando-se Vice-campeão, após perder o título contra o Santa Cruz, na Ilha do Retiro. Vinte e dois dias após seu desligamento do Sport, assumiu o comando do Ipatinga, onde entregou o cargo no dia 13 de julho de 2012, após 7 derrotas consecutivas.

Em dezembro de 2012, assume o comando do Bragantino[4], ficando em décimo primeiro no Paulistão 2013 e saindo da equipe após a derrota pra o boa Esporte, pela Série B. Em 20 de Agosto deste ano, foi oficializado a sua contração como novo treinador do Cuiabá para a Série C do Campeonato Brasileiro[5].

Após salvar o Cuiabá, ele acertou, para 2014, com o Paysandu.[6] Em 11 de junho de 2014, entregou o cargo, mesmo com bom aproveitamento, ele entregou por causa de um problema familiar, já chegou a ser ameaçado de morte.[7]

Acertou com o Bragantino[8], mas, após jogos com várias derrotas, acabou sendo demitido.[9]

Acertou seu retorno para o Paysandu nas vésperas do jogo contra o Coritiba pela Copa do Brasil.[10]

No seu primeiro jogo após sua saída do Paysandu, Mazola comandou o time contra o CRB/AL, no estádio Maximino Porpino, na cidade de Castanhal, no Pará. A vitória bicolor por 3x0 manteve vivas as chances de classificação do time paraense, que logo mostrou uma grande evolução, e que acabou classificando em quarto colocado no grupo A da série C.

Na fase seguinte, o Papão enfrentara o Tupi/MG. A primeira partida realizou-se em Belém, com vitória dos donos da casa por 2x1.

No jogo de volta, o Paysandu consagrou o seu retorno à segunda divisão do futebol brasileiro, com outra vitória sobre o Tupi/MG, fora de casa, dessa vez pelo placar de 1x0. Mazola Jr demonstrou todo seu carinho pelo clube, comemorando o acesso no alambrado com os mais de 200 torcedores que compareceram em Juiz de Fora/MG. Em 03 de dezembro de 2014, Mazola Junior oficializa que não irá permanecer no Paysandu em 2015, a diretoria do clube paraense chegou a negociar a renovação de contrato com o treinador, mas a renovação emperrou nas bases salariais, o treinador decidiu deixar a equipe.

No dia 02 de março de 2015 o Botafogo (Ribeirão Preto) acerta com o treinador para o restante do campeonato paulista de 2015, Mazola terá de missão recolocar a equipe de Ribeirão Preto no cenário nacional, para isso ele terá de fazer uma boa campanha no clube no campeonato paulista e conquistar uma vaga na série D do brasileirão de 2015. Em 29 de março de 2015 a diretoria do Botafogo (Ribeirão Preto) confirmou a demissão de Mazola do comando da equipe, mesmo Mazola tendo classificado o Botafogo (Ribeirão Preto) para a próxima fase do campeonato paulista e ter conseguido uma vaga com o clube na série D do brasileiro de 2015.[11]

Em 08 de junho de 2015, o Clube de Regatas Brasil, mais conhecido como CRB acertou a ida de Mazola Júnior para comandar a equipe alagoana no restante da série B do Campeonato Brasileiro 2015. No dia 8 de maio de 2016, é Campeão Estadual Alagoano após duas vitórias contra o maior rival, CSA. Atualmente é o treinador com mais tempo de clube sob a gestão do presidente Barbosa. No dia 27 de novembro de 2016, Mazola Júnior decide que não continuará no Clube de Regatas Brasil para o próximo ano, ele comandou a equipe regatiana por aproximadamente um ano e meio, foram 102 partidas, com 47 vitórias, 19 empates e 36 derrotas.[12]

Após ficar menos de um mês desempregado, Mazola Júnior é confirmado como novo treinador do Vila Nova para 2017.[13] No fim do Campeonato Goiano de 2017, após o vice campeonato do Vila Nova, Mazola se desligou do comando do Vila Nova, foram 20 jogos no comando do clube goiano.[14]

No dia 12 de maio de 2018, foi confirmado como o substituto de Argel Fucks no comando técnico do Criciúma.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizado dia 30 de junho de 2016

Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
Bragantino 23 7 7 9
Cuiabá 8 2 4 2
Paysandu 41 21 14 6
Bragantino 3 0 0 3
Paysandu 14 8 3 3
CRB 75 36 13 26
Total 164 74 41 49 53.46%

Títulos[editar | editar código-fonte]

CRB

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Hélio dos Anjos
Paulo César Gusmão
Técnico do Sport
2011
2011
Sucedido por
Paulo César Gusmão
Vágner Mancini
Precedido por
Ary Marques
Técnico do Cuiabá
2013
Sucedido por
Gian Rodrigues
Precedido por
Vágner Benazzi
Vica
Técnico do Paysandu
2014
2014
Sucedido por
Vica
Sidney Moraes
Precedido por
Marcelo Veiga
Técnico do Bragantino
2014
Sucedido por
Paulo César Gusmão
Precedido por
Alexandre Barroso
Técnico do CRB
2015–2016
Sucedido por
Leonardo Condé
Precedido por
Guilherme Alves
Técnico do Vila Nova
2017
Sucedido por
Hemerson Maria
Precedido por
Argel Fucks
Técnico do Criciúma
2018
Sucedido por
Doriva
Precedido por
Gilson Kleina
Treinador da Ponte Preta
2019–
Sucedido por