Leonardo Condé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Leonardo Condé
Informações pessoais
Nome completo Leonardo Rodrigues Condé
Data de nasc. 21 de abril de 1978 (40 anos)
Local de nasc. Piau, MG,  Brasil
Apelido Léo Condé
Informações profissionais
Equipa atual Brasil Botafogo-SP
Posição Treinador
Times/Equipas que treinou
20012006
20062009
20092010
2010
2011
2011
20122013
2014
2014
2015
2015
2016
2016
2017
2018
Brasil América Mineiro (Juniores)
Brasil Atlético Mineiro (Juniores)
Brasil Tupi
Brasil Ipatinga
Brasil Tupi
Brasil Villa Nova
Brasil Nova Iguaçu
Brasil Caldense
Brasil Tupi
Brasil Caldense
Brasil Sampaio Corrêa
Brasil Bragantino
Brasil Goiás
Brasil CRB
Brasil Botafogo-SP

Leonardo Rodrigues Condé, mais conhecido como Leonardo Condé (Piau, 21 de abril de 1978), é um treinador de futebol brasileiro. Atualmente treina o Botafogo-SP.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nascido em Piau, Condé mudou para Juiz de Fora com cinco anos de idade e começou sua carreira de treinador nas categorias de base do Tupi Football Club. Em seguida trabalhou nos juniores e profissionais do América Mineiro, de 2001 a 2006. Logo depois se transferiu para o Atlético Mineiro, onde trabalhou nas categorias de base de 2006 a 2009, retornando ao Tupi em março de 2009 para treinar a equipe profissional, permanecendo até junho de 2010, foi quando se transferiu para o Ipatinga. Em 2011 retornou novamente ao Tupi, onde esteve ate maio desse ano [1], quando acertou com o Villa Nova[2] para a Série D. No fim de 2011, assinou contrato com o Nova Iguaçu para a disputa do Campeonato Carioca, onde fez boa campanha e conquistou o Torneio Edílson Silva e venceu também a Copa Rio de profissionais, no segundo semestre, classificando o clube para disputar pela primeira vez na sua história uma competição nacional. Se apresentou no dia 9 de Outubro de 2013 como treinador da Caldense, pra disputa do Campeonato Mineiro de 2014[3]. ficando durante quatro meses. pois em Abril desse ano, acertou novamente seu retorno ao Tupi Football Club[4].

No dia 29 de Novembro de 2014 a diretoria do Tupi anuncia o término da terceira passagem do treinador pela equipe do galo carijó. Voltou a treinar a Caldense na disputa do Campeonato Mineiro de 2015, onde fez uma campanha brilhante pelo time do Sul de Minas, ficando com o vice-campeonato daquele ano perdendo apenas para o Atlético-MG na final. Após o destaque, foi contratado pelo Sampaio Corrêa-MA para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B de 2015. Em 04 de dezembro de 2015, Léo Condé não acerta sua permanência no Sampaio Corrêa-MA para 2016. Ele comandou o clube maranhense em 37 jogos, sendo 14 vitórias, 13 empates e 10 derrotas, saindo do clube com 49,5% de aproveitamento.

Na véspera de 2016, o Bragantino anuncia o acerto com Léo Condé para comandar o time em 2016. Léo comandou o Sampaio Corrêa-MA e a Caldense no ano de 2015, tendo feito uma boa campanha nos dois clubes. No dia 09 de Junho de 2016 acerta com Goiás para a sequência da série B. No dia 3 de setembro foi demitido após derrota para o Brasil de Pelotas em partida válida pelo Brasileirão Série B.

Títulos[editar | editar código-fonte]

América Mineiro (Juniores)
Atlético Mineiro (Juniores)
  • Torneio de Gradisca sub-17: 2006, 2007
  • Torneio de Terborg sub-20: 2006, 2008
  • Torneio de Eneptal sub-20: 2008
Nova Iguaçu
Caldense
CRB

Referências

  1. Acessa.com (20 de maio de 2011). «Leonardo Condé deixa o Tupi». Consultado em 3 de julho de 2011. 
  2. Globoesporte.com (20 de maio de 2011). «Leonardo Condé é o novo técnico do Villa Nova, que vai jogar na Série D». Consultado em 3 de julho de 2011. 
  3. Caldense apresenta técnico para estadual de 2014
  4. Grande Área FI. «Após boa campanha na Caldense, Leonardo Condé vai para o Tupi». Consultado em 5 de abril de 2014.