Julinho Camargo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Julinho Camargo
Informações pessoais
Nome completo Júlio César Valduga Camargo
Data de nasc. 12 de janeiro de 1971 (47 anos)
Local de nasc. Porto Alegre (RS), Brasil
Apelido Julinho
Informações profissionais
Equipa atual Juventude
Posição Treinador
Times/Equipas que treinou
1989–1991
1994–2000
2001–2003
2003–2004
2004
2004
2005–2009
2009
2010
2011
2011
2011
2012
2013
2013
2014–2015
2015
2016
2016
2017
2018
2018–
Grêmio (categorias de base)
Internacional (categorias de base)
RS Futebol
Kuwait Sub-20
Brasil de Farroupilha
Veranópolis
Grêmio (categorias de base)
Vitória (auxiliar técnico)
Caxias
Novo Hamburgo
Internacional (assistente)
Grêmio
Bahia (auxiliar técnico)
Veranópolis
Ferroviário
Veranópolis
Goiás
Brasília
Boa Esporte
Boa Esporte
Veranópolis
Juventude

Júlio César Valduga Camargo, mais conhecido como Julinho Camargo (Porto Alegre, 12 de janeiro de 1971), é um treinador de futebol brasileiro. Atualmente, comanda o Juventude.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Julinho treinou as categorias de base do Grêmio de 1989 a 1991. Sua segunda passagem pelo Tricolor Gaúcho ocorreu de 2005 até 2009. Da mesma forma, treinou também as categorias de base do rival do mesmo, o Internacional, de 1994 a 2000.

Sua primeira experiência como técnico de uma equipe profissional foi no RS Futebol (2001-2003). Após, ainda comandou o Brasil de Farroupilha e o Veranópolis, ambos em 2004. Além disso, treinou a seleção gaúcha sub-20 (2002) e seleções sub-20 e sub-23 do Kuwait (2003-2004). Julinho ainda foi auxiliar-técnico no Vitória (2009) e treinou o Caxias[1] (2010) e o Novo Hamburgo[2] (2011) antes de retornar ao Inter para ser auxiliar-técnico de Falcão.[3]

Em 2 de julho de 2011, Julinho se desligou do Internacional para retornar para o Grêmio, dessa vez como técnico do time principal.[4] Foi treinador do clube por um período de aproximadamente um mês, sendo demitido no dia 4 de agosto, conquistando apenas uma vitória em seis partidas.[5][6]

No dia 7 de fevereiro de 2012, Julinho é anunciado como novo auxiliar técnico do Bahia, reatando a parceria com Paulo Roberto Falcão. Saiu junto com o treinador.

Em 4 de fevereiro de 2013, foi anunciado como treinador do Veranópolis, da Serra Gaúcha.

Acertou, em junho, com o Ferroviário.

Acertou para 2014, a sua volta para o Veranópolis. Durante o mês de Novembro de 2014, comandou a Seleção Gaúcha em dois amistosos realizados no Uruguai contra a Seleção Uruguaia.

Em 07 de julho de 2015 assume o Goiás para a disputa do Campeonato Brasileiro.[7] Em 17 de setembro de 2015 é demitido da equipe goiana após fraca campanha no Campeonato Brasileiro que deixou a equipe próxima da zona de rebaixamento.[8] Julinho Camargo encerra a passagem pelo Goiás com o total de 16 jogos - quatro vitórias, quatro empates e oito derrotas com aproveitamento de 33%.[8]

Julinho teve uma passagem na equipe do Brasília Futebol Clube no primeiro semestre de 2016, entre fevereiro e março.[9]

No dia 05 de maio de 2016, a diretoria do Boa Esporte anuncia Julinho Camargo como novo técnico da equipe para o Brasileirão da Série C, essa é a primeira vez que Julinho comanda um clube mineiro.[10] Mas no mês de julho do mesmo ano, Julinho acaba pedindo demissão do time mineiro, o que surpreendeu o clube, pois Julinho Camargo fazia uma boa campanha na equipe do Boa Esporte, ele deixou a equipe com 51,9% de aproveitamento tendo sido 4 vitórias, 2 empates e 3 derrotas.[11]

A diretoria do Boa Esporte anunciou em 29 de dezembro de 2016, o retorno de Julinho Camargo ao comando do clube para a próxima temporada, ele comandou a equipe mineira ainda em 2016, mas acabou deixando o clube em julho. Julinho Camargo foi o treinador que montou o elenco do Boa Esporte na campanha que resultou com título de Campeão da Série C deste ano.[12] Em 10 de janeiro de 2017, Julinho Camargo retornou ao comando do Boa Esporte, onde trabalhou até o mês de junho de 2016, quando acabou saindo do clube mineiro.[13] Julinho Camargo deixou o comando do Boa Esporte em junho após um início ruim na série b, essa foi a segunda passagem do treinador na equipe do Sul de Minas Gerais.[14]

No dia 22 de agosto de 2017, a diretoria do Veranópolis anunciou o retorno de Julinho Camargo para comandar o clube no Gaúchão de 2018, ele juntamente com sua comissão técnica e diretoria do clube gaúcho planejam a formação do elenco para a próxima temporada, essa será a terceira passagem dele na equipe.[15] Julinho recebeu uma proposta do Juventude e acertou sua ida para a outra equipe do Rio Grande do Sul, um dia após sua saída, a diretoria do Veranópolis anunciou a efetivação do auxiliar técnico do clube como treinador, Julinho deixou o clube Pentacolor em 5° lugar no G8 do estadual com 12 pontos.[16]

Em 26 de fevereiro de 2018, Julinho Camargo acertou com o Juventude para comandar a equipe no decorrer da temporada, o treinador realizava um bom trabalho no comando de outra equipe gaúcha no estadual, ele chega para manter o clube de Caxias do Sul dentro do G8 do estadual.[17]

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Em 2008, treinou o grupo profissional do Grêmio em um jogo, entre a saída de Vágner Mancini e a chegada de Celso Roth. Vitória sobre o Canoas por 1 a 0.

Referências

  1. Júlio Camargo, o técnico grená para 2010
  2. Julinho Camargo é o novo técnico Anilado, Viva Novo Hamburgo, 21/01/2011
  3. Inter confirma Julinho Camargo como assistente técnico, Globoesporte.com, 09/04/2011
  4. É oficial: Julinho Camargo é o novo técnico do Grêmio
  5. Grêmio demite Julinho Camargo e deve anunciar Celso Roth
  6. «Grêmio oficializa saída de Julinho e contratação de Paulo Paixão». Globoesporte.com. Consultado em 4 de agosto de 2011. 
  7. «Goiás anuncia Julinho Camargo, ex-auxiliar de Falcão, como técnico». Consultado em 7 de julho de 2015. 
  8. a b «Julinho Camargo é demitido do Goiás e se torna o 3º técnico a cair na 26ª rodada». Consultado em 18 de setembro de 2015. 
  9. «Brasília anuncia demissão de Julinho Camargo. Gauchinho é substituto». globoesporte.com 
  10. «boa-esporte-anuncia-julinho-camargo-como-treinador-para-serie-c» 
  11. «Após aplicar goleada, Julinho Camargo pede demissão e deixa Boa Esporte». globoesporte.com 
  12. «Mineiro: Boa Esporte repatria Julinho Camargo que armou time campeão». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 30 de dezembro de 2016. 
  13. «Julinho Camargo inicia trabalho para a temporada 2017 no Boa Esporte». globoesporte.com 
  14. «Técnico Julinho Camargo não resiste a início ruim na Série B e deixa o Boa Esporte». Globoesporte 
  15. «Veranópolis acerta retorno do técnico Julinho Camargo para o Gaúchão». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 27 de fevereiro de 2018. 
  16. «VEC efetiva auxiliar como técnico após saída de Julinho para o Juventude». Globoesporte 
  17. «Julinho Camargo assume Juventude no lugar Antônio Carlos Zago». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 27 de fevereiro de 2018. 
Precedido por
Vágner Mancini
Renato Gaúcho
Treinador do Grêmio
2008
2011
Sucedido por
Celso Roth
Celso Roth
Precedido por
Hélio dos Anjos
Treinador do Goiás
2015
Sucedido por
Arthur Neto