Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino de 2018 - Série A2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino de 2018 - Série A2
Brasileirão Feminino 2018 - Série A2
Dados
Participantes 29
Organização CBF
Período 24 de março12 de julho
Gol(o)s 277
Partidas 75
Média 3,69 gol(o)s por partida
Campeã Minas Brasília (1º título)
Vice-campeã Vitória
Promovida(s) Minas Brasília

Vitória
Internacional

Melhor marcadora Luana (3B da Amazônia) – 12 gols
Melhor ataque (fase inicial) Internacional – 26 gols
Melhor defesa (fase inicial) Vitória – 1 gol
Maior goleada
(diferença)
São Gonçalo-CE 11–0 União-RN
DomingãoHorizonte
26 de Março
◄◄ 2017 Soccerball.svg 2019 ►►

A Série A2 do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino de 2018 foi a 2ª edição desta competição, organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A divulgação da criação de mais uma divisão no Brasileirão Feminino aconteceu em 01 de novembro de 2016 na sede da entidade.[1] O campeão desta edição foi o Minas Brasília, após vencer nos pênaltis a final equipe do Vitória.[2]

Formato e regulamento[editar | editar código-fonte]

O Campeonato foi disputado em quatro fases: na primeira fase os 26 clubes disputaram um “mata-mata” entre si no qual classificaram 13 clubes para a segunda fase. Na segunda fase os 13 classificados se juntaram ao clube que representa o estado melhor ranqueado e aos 2 rebaixados da Série A1 de 2017, totalizando 16 clubes, onde estes formaram dois grupos de oito clubes cada. Os dois primeiros de cada grupo se classificam para as semifinais; nas semifinais, os clubes se enfrentam no sistema eliminatório (“mata-mata”) classificando-se o vencedor para a final e também para a Série A1 de 2019.[3]

  1. Preliminares:26 clubes distribuídos em treze grupos com dois clubes cada
  2. Primeira fase: 16 clubes distribuídos em dois grupos de oito clubes cada
  3. Segunda fase (semifinal): quatro clubes distribuídos em dois grupos de dois clubes cada
  4. Terceira fase (final): em um grupo de dois clubes, de onde sairá o campeão

Critérios de desempate[editar | editar código-fonte]

Em caso de empate de pontos entre dois clubes, os critérios de desempate serão aplicados na seguinte ordem:

  1. Número de vitórias
  2. Saldo de gols
  3. Gols marcados
  4. Número de cartões vermelhos
  5. Número de cartões amarelos
  6. Sorteio

Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Estado Como se classificou Estádio (mando) Capacidade[4] Títulos
3B da Amazônia Manaus Amazonas AM Melhor colocado do Estadual 2017 Arena da Amazônia 44 500 0 (não possui)
América Mineiro Belo Horizonte Minas Gerais MG Campeão do Estadual 2017 Independência 23 018 0 (não possui)
Atlético Acreano Rio Branco Acre AC Campeão do Estadual 2017 Arena da Floresta 20 000 0 (não possui)
Botafogo-PB João Pessoa Paraíba PB Campeão do Estadual 2017 Almeidão 19 000 0 (não possui)
Canindé Brasao caninde sao francisco.svg Canindé de São Francisco Sergipe SE Campeão do Estadual 2017 Andrezão 3 000 0 (não possui)
Caucaia Caucaia Ceará CE 10º colocado do Ranking da CBF Campo do Uniclinic 3 000 0 (não possui)
Comercial-MS  Campo Grande Mato Grosso do Sul MS Campeão do Estadual 2017 Morenão 24 500 0 (não possui)
Duque de Caxias Duque de Caxias Rio de Janeiro RJ Melhor colocado do Estadual 2017 Marrentão 3 334 0 (não possui)
Embu das Artes BandeiraEmbu.jpg Embu das Artes São Paulo SP Melhor colocado do Estadual 2017 Hermínio Esposito 4 908 0 (não possui)
ESMAC Ananindeua Pará PA Campeão do Estadual 2017 Francisco Vasques 6 000 0 (não possui)
Grêmio Porto Alegre Rio Grande do Sul RS 15º colocado da Série A1 de 2017 CT Hélio Dourado 1 500 0 (não possui)
Gurupi Bandeiragurupi.JPG Gurupi Tocantins TO Campeão do Estadual 2017 Resendão 3 000 0 (não possui)
Internacional Porto Alegre Rio Grande do Sul RS Campeão do Estadual 2017 Beira-Rio 50 128 0 (não possui)
Jaó Goiânia Goiás GO Campeão do Estadual 2017 Antonio Accioly 10 000 0 (não possui)
Lusaca Bandeiradiasdavila.jpg Dias d'Ávila Bahia BA Campeão do Estadual 2017 Armando Oliveira 7 000 0 (não possui)
Minas Brasília Brasília Distrito Federal (Brasil) DF Campeão do Estadual 2017 Abadião 4 000 0 (não possui)
Napoli-SC Caçador Santa Catarina SC Melhor colocado do Estadual 2017 Carlos Alberto Costa Neves 6 500 0 (não possui)
Náutico Recife Pernambuco PE Melhor colocado do Estadual 2017 Aflitos 22 856 0 (não possui)
Porto-RO Porto Velho Rondônia RO Campeão do Estadual 2017 Aluizão 7 000 0 (não possui)
Sampaio Corrêa São Luís Maranhão MA Campeão do Estadual 2017 Castelão 40 149 0 (não possui)
Santana Santana Amapá AP Campeão do Estadual 2017 Milton Corrêa 10 000 0 (não possui)
São Gonçalo-CE Bandeira sao goncalo do amarante ce.jpg São Gonçalo do Amarante Ceará CE Campeão do Estadual 2017 Baetão 6 315 0 (não possui)
São Raimundo-RR Boa Vista Roraima RR Campeão do Estadual 2017 Ribeirão 3 000 0 (não possui)
Tiradentes Teresina Piauí PI Campeão do Estadual 2017 Albertão 44 200 0 (não possui)
Toledo Bandeira Toledo PR.jpg Toledo Paraná PR Melhor colocado do Estadual 2017 14 de Dezembro 15 280 0 (não possui)
União Desportiva Maceió Alagoas AL Campeão do Estadual 2017 Rei Pelé 17 126 0 (não possui)
União-RN  Extremoz Rio Grande do Norte RN Campeão do Estadual 2017 Municipal De Extremoz 3 725 0 (não possui)
Vila Nova-ES Vila Velha Espírito Santo (estado) ES Campeão do Estadual 2017 Kleber Andrade 21 000 0 (não possui)
Vitória  Salvador Bahia BA 16º colocado da Série A1 de 2017 Barradão 30 618 0 (não possui)

Fase preliminar[editar | editar código-fonte]

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados da fase preliminar

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no confronto e em negrito os times classificados.

Equipe 1   Resultado   Equipe 2
Duque de Caxias Rio de Janeiro 1–1 (4–3 p) Ceará Caucaia
Náutico Pernambuco 0–0 (5–6 p) Rio Grande do Sul Internacional
Lusaca Bahia 1–0 Alagoas União Desportiva
Napoli Santa Catarina 3–1 Goiás Jaó
ESMAC Pará 7–0 Acre Atlético Acreano
Toledo Paraná 0–2 Espírito Santo (estado) Vila Nova-ES
Sampaio Corrêa Maranhão 5–4 Mato Grosso do Sul Comercial-MS
3B da Amazônia Amazonas 4–0 Tocantins Gurupi
São Gonçalo-CE Ceará 11–0 Rio Grande do Norte União-RN
Tiradentes Piauí 4–0 Amapá Santana
América Mineiro Minas Gerais 5–2 Rondônia Porto-RO
Botafogo-PB Paraíba 0–0 (4–3 p) Roraima São Raimundo-RR
Minas Brasília Distrito Federal (Brasil) 10–0 Sergipe Canindé

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Grupo 1[editar | editar código-fonte]

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG Classificação ou rebaixamento
1 Rio Grande do Sul Internacional 19 7 6 1 0 26 4 +22 Zona de classificação à próxima fase
2 Distrito Federal (Brasil) Minas Brasília 18 7 6 0 1 15 7 +8
3 Minas Gerais América Mineiro 13 7 4 1 2 12 7 +5
4 Santa Catarina Napoli 8 7 2 2 3 11 10 +1
5 Rio Grande do Sul Grêmio 8 7 2 2 3 13 14 -1
6 Espírito Santo (estado) Vila Nova-ES 7 7 2 1 4 9 17 -8
7 São Paulo Embu das Artes 4 7 1 1 5 11 22 -11
8 Rio de Janeiro Duque de Caxias 2 7 0 2 5 6 22 -16

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados do grupo 1
  AMG DUQ EMB GRE INT MIN NAP VIL
América-MG 4–1 0–0 1–2 2–0
Duque de Caxias 0–1 1–4 0–5 0–0
Embu das Artes 1–4 2–4 2–2
Grêmio 3–3 1–5 1–2 4–2
Internacional 3-2 4–0 6–0
Minas Brasília 4–1 0–2 1–0
Napoli 1–2 3–1 1–1
Vila Nova-ES 5–1 1–0 0–2 1–4

     Vitória do mandante
     Vitória do visitante
     Empate

Grupo 2[editar | editar código-fonte]

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG Classificação ou rebaixamento
1 Amazonas 3B da Amazônia 17 7 5 2 0 24 6 +18 Zona de classificação à próxima fase
2 Bahia Vitória 17 7 5 2 0 17 1 +16
3 Pará ESMAC 14 7 4 2 1 18 5 +13
4 Piauí Tiradentes 8 7 2 2 3 12 20 -8
5 Maranhão Sampaio Corrêa 7 7 2 1 4 11 18 -7
6 Bahia Lusaca 5 7 1 2 4 7 17 -10
7 Paraíba Botafogo-PB 2 7 0 2 5 4 14 -10
8 Ceará São Gonçalo-CE 1 7 2 1 4 6 18 -12

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados do grupo 2
  3BA BOT ESM LUS SCO SGN VIT TIR
3B da Amazônia 5–0 1–1 6–1
Botafogo-PB 2–5 1–1 0–1 0–1
ESMAC 0–2 2–0 9–0 3–0
Lusaca 0–0 5–2 0–4
Sampaio Corrêa 2–5 2–3 2–0
São Gonçalo-CE 2–0 0–3 2–3
Vitória 3–0 1–0 0–0 4–1
Tiradentes 5–1 2–2 1–1 0–5

     Vitória do mandante
     Vitória do visitante
     Empate

Fase Final[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados da fase final

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto e em negrito os times classificados.

  Semifinal Final
                     
 Distrito Federal (Brasil) Minas Brasília 2 1 3  
 Amazonas 3B da Amazônia 1 1 2  
   Distrito Federal (Brasil) Minas Brasília 2 0(4) 2
   Bahia Vitória 2 0(3) 2
 Bahia Vitória 1 2 3
 Rio Grande do Sul Internacional 1 1 2


Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro Feminino 2018
Série A2
Distrito Federal (Brasil)
MINAS BRASÍLIA
Campeão
(1º título)

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

Classificação final
Pos Times Pts J V E D GP GC SG
Campeão (promovido à Série A1 em 2019)
1 Distrito Federal (Brasil) Minas Brasília 24 11 7 3 1 20 11 +9
Vice-campeão (promovido à Série A1 em 2019)
2 Bahia Vitória 23 11 6 5 0 22 5 +17
Eliminados nas semifinais
3 Rio Grande do Sul Internacional2 20 9 6 2 1 28 7 +21
4 Amazonas 3B da Amazônia 18 9 5 3 1 26 9 +17
Eliminados na primeira fase
5 Pará ESMAC 14 7 4 2 1 18 5 +13
6 Minas Gerais América Mineiro 13 7 4 1 2 12 7 +5
7 Santa Catarina Napoli 8 7 2 2 3 11 10 +1
8 Rio Grande do Sul Grêmio 8 7 2 2 3 13 14 -1
9 Piauí Tiradentes 8 7 2 2 3 12 20 -8
10 Maranhão Sampaio Corrêa 7 7 2 1 4 11 18 -7
11 Espírito Santo (estado) Vila Nova-ES 7 7 2 1 4 9 17 -8
12 Bahia Lusaca 5 7 1 2 4 7 17 -10
13 São Paulo Embu das Artes 4 7 1 1 5 11 22 -11
14 Paraíba Botafogo-PB 2 7 0 2 5 4 14 -10
15 Rio de Janeiro Duque de Caxias 2 7 0 2 5 6 22 -16
16 Ceará São Gonçalo-CE1 1 7 2 1 4 6 18 -12
Eliminados na fase preliminar
17 Ceará Caucaia 1 1 0 1 0 1 1 0
18 Roraima São Raimundo-RR 1 1 0 1 0 0 0 0
19 Pernambuco Náutico 1 1 0 1 0 0 0 0
20 Mato Grosso do Sul Comercial-MS 0 1 0 0 1 4 5 -1
21 Alagoas União Desportiva 0 1 0 0 1 0 1 -1
22 Goiás Jaó 0 1 0 0 1 1 3 -2
23 Paraná Toledo 0 1 0 0 1 0 2 -2
24 Rondônia Porto-RO 0 1 0 0 1 2 5 -3
25 Amapá Santana 0 1 0 0 1 0 4 -4
26 Tocantins Gurupi 0 1 0 0 1 0 4 -4
27 Acre Atlético Acreano 0 1 0 0 1 0 7 -7
28 Sergipe Canindé 0 1 0 0 1 0 10 -10
29 Rio Grande do Norte União-RN 0 1 0 0 1 0 11 -11

1O São Gonçalo-CE foi punido pelo STJD com a perda de 6 pontos por escalação de jogadora irregular.

2O Internacional foi promovido para a Série A1 em 2019 após a desistência do Rio Preto.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Feminino A-2: tabela básica e regulamento 2018». CBF. 8 de fevereiro de 2018. Consultado em 8 de fevereiro de 2018 
  2. «TÍTULO INÉDITO - Na tarde desta quinta (12), equipe do Distrito Federal fatura o título(...)». CBF. 12 de Julho de 2018. Consultado em 13 de Julho de 2018 
  3. «Regulamento Feminino A-2 2018» (PDF). CBF. 8 de fevereiro de 2018. Consultado em 8 de fevereiro de 2018 
  4. «CNEF Cadastro Nacional de Estádios de Futebol» (PDF). CBF. 18 de janeiro de 2016. Consultado em 4 dezembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]