Associação Desportiva Bahia de Feira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bahia de Feira
Bahia de Feira.png
Nome Associação Desportiva Bahia de Feira
Alcunhas Cangaceiro
Feira
Tremendão
Time da Tradição
Mascote Cangaceiro
Principal rival Fluminense de Feira
Fundação 2 de julho de 1937 (83 anos)
Estádio Arena Cajueiro
Capacidade 4 000 espectadores
Localização Feira de Santana, BA
Presidente Thiago Santana Oliveira Souza
Treinador Arnaldo Lira
Patrocinador Unef
Material (d)esportivo Bulls
Competição Baianão - Série A
Brasileirão - Série D
Copa do Brasil
Ranking nacional Baixa 205.º lugar, 50 pontos [1]
Website bahiadefeira.com.br
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

Associação Desportiva Bahia de Feira[2], é um clube brasileiro de futebol da cidade de Feira de Santana na Bahia. É uma das mais tradicionais equipes do interior do Nordeste. Seu uniforme é composto por uma camisa azul-marinho com detalhes vermelhos e brancos (tricolor), calção e meias azuis-marinho. Manda seus jogos na Arena Cajueiro[3], que tem capacidade para 4.000 pessoas.

História[editar | editar código-fonte]

O Bahia de Feira foi fundado em 2 de julho de 1937. Originalmente, o clube se chamava apenas Associação Desportiva Bahia. Em 1969 passou a se chamar Feira Esporte Clube com um uniforme listrado em amarelo e vermelho. O Feira Esporte Clube durou apenas três anos e acabou em 1972 voltando a se chamar Associação Desportiva Bahia, mas desta vez com o "de Feira" no nome e com o retorno das cores originais, o clube porém só retornou a elite em 1983.

Escudo anterior do Bahia de Feira (2008 a 2018)

Em 2009, com uma nova direção, foi tricampeão da segundona baiana e conseguiu chegar às semifinais da elite no ano seguinte, chegando a vencer a dupla Ba-Vi no mesmo ano.

Em 2011, o sucesso foi ainda maior: o clube conquistou o título do Campeonato Baiano, pela primeira vez, ao vencer o tradicional Vitória dentro do estádio do adversário, o Barradão, com o placar agregado de 3 a 4[4]. Nesse mesmo ano o time também já havia conseguido o título do Torneio Início da Bahia[5].

Em 2012 o clube fez outra boa campanha. Motivado, liderou o Campeonato Baiano durante algumas rodadas, porém com o campeonato terminado o clube acabou na quinta posição. Na Copa do Brasil, seguiu até a segunda fase. Após eliminar o Aquidauanense do Mato Grosso do Sul, o clube esbarrou com o São Paulo e foi eliminado sem jogo de volta, pelo placar de 5x2.

No dia 20 de maio de 2013, a diretoria da Associação Desportiva Bahia de Feira comunicou em seu site oficial que havia fechado parceria com o Esporte Clube Vitória.[6] Com isso, a equipe feirense passaria a se chamar Esporte Clube Feira de Santana, mudando também suas cores, antes azuis, vermelhas e brancas, para rubro-negras. O escudo do clube e o hino também receberiam modificações.[7] Entretanto, a CBF não autorizou as modificações, e o clube continuou sendo Bahia de Feira.

Escudo antigo do Bahia de Feira (1972 a 2008)

Em 10 de julho de 2018, o clube inaugurou o Estádio Professor Jodilton Oliveira Souza e o Centro de Treinamento Arena Cajueiro, inclusive o time atuou nesse estádio durante o Campeonato Baiano de 2019[8]. O novo estádio tem capacidade para 4 mil pessoas, conta com arquibancadas, rampas para acesso de pessoas com deficiência, banheiros e bilheterias. Além disso, diferentemente da maioria dos estádio brasileiros, o campo conta com gramado sintético[9].

Em 21 de abril de 2019, o Bahia de Feira ficou perto de repetir o feito de 2011, mas ficou com o vice-campeonato baiano diante do Bahia, na Arena Fonte Nova[10]. Apesar disso, o clube foi o mais premiado dentre os participantes do Campeonato Baiano 2019, tendo quatro de seus atletas e o técnico escolhidos na seleção do campeonato, destaque para o goleiro e capitão Jair, escolhido o melhor goleiro do estadual[11].

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 30 de janeiro de 2020.
Goleiros
Jogador
1 Brasil Jair
12Brasil Alan Silva da Costa
23Brasil Alvaro
Defensores
Jogador Pos.
4Brasil Paulo Paraíba Z
3Brasil Menezes Z
6Brasil Gabriel Z
Brasil Jonathan Z
2Brasil Leonardo LD
17Brasil Alex Cazumba LE
13BrasilHebert LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
19Brasil Capone V
5BrasilDiones V
22BrasilGuilherme Escuro V
8Brasil Jarbas V
7Brasil Pelé M
Brasil Bruninho M
10Brasil Fabrício Neguinho M
12Brasil Alan M
15Brasil Pedro Pires M
16Brasil João Baiano M
18Brasil Cauã M
Brasil Lamarka M
Atacantes
Jogador
9Brasil Deon
14Brasil Léo Porto
20Brasil Fabrício
21Brasil Emerson
11Brasil Adriano
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Barbosinha T

Uniformes[editar | editar código-fonte]

Uniformes atuais[editar | editar código-fonte]

  • 1º - Camisa branca, calção branco e meias vermelhas;
  • 2º - Camisa azul, calção azul e meias brancas.
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme 1
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme 2

Uniformes anteriores[editar | editar código-fonte]

1º Uniforme[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2011
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2012
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2015
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2016
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2017
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2018

2º Uniforme[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2011
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2012
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2015
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2016
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2017
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2018

3º Uniforme[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2011

Títulos[editar | editar código-fonte]

Regionais
Competição Títulos Temporadas
Mapa das Regiões Norte e Nordeste do Brasil.svg Torneio João Durval Carneiro 1 1967Cscr-featured.png
Estaduais
Competição Títulos Temporadas
BAtrophy.png Campeonato Baiano 1 2011Utmarkt Guld.svg
BAtrophy.png Copa Governador 1 2013Utmarkt Guld.svg
BAtrophy.png Campeonato Baiano - 2ª Divisão 3 1982, 1986 e 2009Cscr-featured.png
BAtrophy.png Torneio Início 1 2011Cscr-featured.png

Utmarkt Guld.svg Torneio com chancela da CBD/CBF

Cscr-featured.png Campeão invicto

Campanhas de destaques[editar | editar código-fonte]

Torneio Campeão Vice-campeão Terceiro colocado Quarto colocado Melhor campanha
Bahia Campeonato Baiano 1 (2011) 1 (2019) 0 (não possui) 2 (2010 e 2018) Campeão (2011)
Bahia Copa Governador 1 (2013) 0 (não possui) 2 (2009 e 2010) 1 (2012) Campeão (2013)
Brasil Campeonato Brasileiro - Série D 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui) 1ª Fase (2011)
Brasil Copa do Brasil 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui) A disputar (2020)
BandeirasNordesteBrasil.gif Copa do Nordeste 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui) Estreia (2019)

Categoria de Base[editar | editar código-fonte]

SUB-20[editar | editar código-fonte]

ESTADUAIS
Competição Títulos Temporadas
Bahia Campeonato Baiano - 2ª Divisão 1 1984

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

Participações em 2020
Competição Temporadas Melhor campanha Anos P Aumento R Baixa
Bahia Campeonato Baiano 19 Campeão (2011) 1967-1971, 1983, 1987, 2010-2021 2
Segunda Divisão 11 Campeão (1982, 1986 e 2009) 1981-1982, 1984-1986, 1990, 1993-1996, 2009 3
Brasil Série D 3 11º colocado (2011) 2011, 2019-2020
Copa do Brasil 3 2ª fase (2012 e 2020) 2012, 2014, 2020

Bahia Campeonato Baiano[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
2009 (Segunda Divisão)
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
2017
2018
2019
2020
2021 Á Disputar

Bahia Copa Governador do Estado da Bahia[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
2009
2010
2011
2012
2013

Brasil Campeonato Brasileiro Série D[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
2011 11º
2019 41º
2020 Em Andamento
2021 Á Disputar

Brasil Copa do Brasil[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
2012 28º
2014 75º
2020 37º

Ranking da CBF[editar | editar código-fonte]

  • Posição: 90º
  • Pontuação: 535 pontos[12]

Ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol para pontuar todos os clubes do Brasil[13].

Referências

  1. CBF (4 de dezembro de 2017). «RNC - Ranking Nacional dos Clubes 2018» (PDF). Cópia arquivada (PDF) em 4 de dezembro de 2017 
  2. CBF veta parceria entre Bahia de Feira, futuro rival do Timão, e Vitória
  3. Bahia de Feira deve mandar seus jogos na Arena Cajueiro Resenha na Rede - acessado em 8 de junho de 2019
  4. «VÍDEO: Bahia de Feira surpreende Vitória e conquista título inédito». ESPN. Consultado em 13 de maio de 2019 
  5. «Campeonato Baiano de Futebol». fbf.org.br. Consultado em 13 de maio de 2019 
  6. Bahia de Feira passa a se chamar Esporte Clube Feira de Santana
  7. [1]
  8. «Bahia de Feira inaugura Centro de Treinamento e Estádio nesta terça». www.bahianoticias.com.br. Consultado em 7 de maio de 2019 
  9. «Sobre». A. D. Bahia de Feira. Consultado em 7 de maio de 2019 
  10. «Bahia 1 x 0 Bahia de Feira - Campeonato Baiano 2019 Final - Tempo Real - Globo Esporte». globoesporte.com. Consultado em 7 de maio de 2019 
  11. Leone, Daniela (23 de abril de 2019). «Bahia de Feira é o time mais premiado do Baianão 2019». Jornal CORREIO | Notícias e opiniões que a Bahia quer saber. Consultado em 7 de maio de 2019 
  12. RNC - RANKING NACIONAL DOS CLUBES 2015 Confederação Brasileira de Futebol - acessado em 11 de dezembro de 2014
  13. Cruzeiro lidera o Ranking Nacional de Clubes 2015 CBF

Ligações externas[editar | editar código-fonte]