Exibição Internacional de 1880

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
EXPO Melbourne 1880
Royal Exhibition Building inside1.JPG
Interior do Royal Exhibition Building
Detalhes
Classe da BIE Exposição universal
Nome Melbourne International Exhibition
Construção Royal Exhibition Building
Área 25.5 acres
Visitantes 1,330,297
Organizado por Reed & Barnes Architects
Participante(s)
Local
Realizado em  Austrália
Cidade Melbourne
Local Carlton Gardens
Coordenadas 37° 48′ 22″ S, 144° 58′ 13″ L
Linha do tempo
Inauguração 1 de outubro de 1880
Encerramento 30 de abril de 1881
Exposições universais
Anterior Exposição Universal de 1878 em Paris  França
Próxima Exposição Universal de 1888 em Barcelona Flag of Spain.svg Espanha

A Exposição Internacional de Melbourne foi a oitava feira mundial reconhecida pelo Bureau International des Expositions e a primeira oficial a acontecer no Hemisfério Sul.

Preparações[editar | editar código-fonte]

Após se tornarem auto-governadas, as províncias de Victoria (1851) e Nova Gales do Sul (1856) viveram um período decrescimento econômico como resultado de descoberta e exploração de reservas de ouro. Esse crescimento aconteceu nas décadas de 1850 e 1860 e acabou causando um certo revanchismo com Melbourne e Sydney. Na década de 1870 o foco tornou-se o mundo exterior e muitas propostas de organização de feiras, como nos moldes das realizadas na Europa, com o intuito de promover o comércio e a indústria, além das artes, ciências e educação.

Melbourne começou os preparativos em 1879 e entregou os planos ao Parlamento. Sydney, a rival, e as duas outras cidades, queriam organizar uma feira em tempo recorde..[1]

A feira de Sydney aconteceu em 1879 mas focou-se principalmente em agricultura, por isso não foi uma exposição universal. Melbourne apressou-se a fim de realizar uma exposição logo após Sydney, para que os participantes pudessem transportar suas exibições durante o inverno de 1880.[2]

Exibição[editar | editar código-fonte]

A exibição durou de 1 de outubro de 1880 a 30 de abril de 1881. Foi a segunda exposição internacional na Austrália, após a de Sydney. Houve cerca de 1 milhão e meio de visitantes, mas com uma perda estimada de cerca de 280 mil libras.[3] A exposição também foi aberta ao entretenimento e turismo.

O Royal Exhibition Building, construído em Carltons Gardens foi terminado em 1880 a fim de abrigar a exposição, consistindo de 12.000 metros quadrados. A pedra inaugural foi assentada pelo governador George Bowen.

Após a exibição[editar | editar código-fonte]

A construção foi estendida e reutilizada em 1888 para a Exposição do Centenário de Melbourne, celebrando a fundação do assentamento europeu em Sydney em 1788. Partes da construção original ainda permanecem e são considerados Patrimônio Mundial da UNESCO.

Referências

  1. Mattie, Eric (1998). Weltausstellungen (em German). Stuttgart/Zürich: Belser Verlag. p. 54. ISBN 3-7630-2358-5 
  2. Mattie, Eric (1998). Weltausstellungen (em German). Stuttgart/Zürich: Belser Verlag. p. 57. ISBN 3-7630-2358-5 
  3. Pelle, Kimberley D. «Appendix B:Fair Statistics». In: Findling, John E. Encyclopedia of World's Fairs and Expositions. [S.l.]: McFarland & Company, Inc. p. 414. ISBN 978-0-7864-3416-9  Faltam os |sobrenomes1= em Authors list (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]