Fermi Gamma-ray Space Telescope

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre uma missão espacial atualmente em curso. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (data da marcação: 19 de julho de 2019; editado pela última vez em 19 de outubro de 2017) CELstart-rocket.png
Out of date clock icon.svg
Este artigo ou seção pode conter informações desatualizadas. Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes fiáveis e independentes.
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Fermi Gamma-ray Space Telescope (FGST)
GLAST Launch.jpg
Propriedades
Massa 4 303 kg
Missão
Destino Terra
Artist's conception of Fermi in orbit
Fermi Gamma-ray Space Telescope

O telescópio espacial Fermi de raios gama em inglês: Fermi Gamma-ray Space Telescope; sigla: FGST, anteriormente chamado Gamma-ray Large Area Space Telescope (GLAST), é um telescópio espacial de raios gama, designado a explorar a energia do universo. O GLAST foi lançado em 11 de Junho de 2008. Ele estudará fenômenos astrofísicos e cosmológicos nos núcleos das galáxias, pulsares e outras fontes de alta energia,e também matéria escura.

GLAST é uma cooperação entre NASA e o Departamento Estadunidense de Energia, incluindo algum suporte de outras organizações internacionais. Seu lançamento foi em 11 de Junho de 2008 em um foguete Delta-7920H-10C.

Em 2013, o telescópio espacial avistou a assinatura reveladora de decaimento de píons nos remanescentes de duas supernovas.[1]

Referências

  1. Detection of the Characteristic Pion-Decay Signature in Supernova Remnants Science, Volume 339, Issue 6121, pp. 807-811 (2013)
Ícone de esboço Este artigo sobre exploração espacial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.