Francisco Everton de Almeida Andrade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Everton
Informações pessoais
Nome completo Francisco Everton de Almeida Andrade
Data de nasc. 8 de agosto de 1984 (35 anos)
Local de nasc. Maranguape (CE), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,71 m
Canhoto
Informações profissionais
Período em atividade 2005–presente (14 anos)
Clube atual Sem clube
Posição Meia e lateral-esquerdo
Clubes de juventude
Maranguape
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2005
2005
2006
2006
2006
20072009
2010
2010-2016
2014
2014
20152016
2017
2017
2018
2018
20182019
2019
Maranguape
Maracanã
Maranguape
Ferroviário
Trairiense
Barueri
Fluminense
Cruzeiro
Criciúma (emp.)
Joinville (emp.)
Fortaleza (emp.)
Figueirense
Fortaleza
Grêmio Novorizontino
Remo
Red Bull Brasil
Santa Cruz





0047 0000(5)
0024 0000(4)
0113 0000(5)
0012 0000(0)
0026 0000(1)
0072 000(14)
0010 0000(0)
0023 0000(1)
0009 0000(0)
0010 0000(0)
0032 0000(1)
0014 0000(2)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 18 de agosto de 2019.

Francisco Everton de Almeida Andrade, mais conhecido como Everton (Maranguape, 8 de agosto de 1984),[1] é um futebolista brasileiro que atua como lateral-esquerdo e meia. Atualmente está sem clube.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Foi revelado em 2005 pelo Maranguape Futebol Clube onde atuava como meio-campista. Teve passagens por alguns clubes Nordestinos, até chegar em 2007 ao Grêmio Barueri Futebol Ltda. (atual Grêmio Prudente). No ano seguinte foi emprestado ao Bahia. No seu retorno ao clube Paulista, se destacou durante o Campeonato Brasileiro 2009 sendo então contratado pelo Fluminense Football Club.[3]

Em 18 de julho de 2010 a pedido do técnico Cuca, Everton foi anunciado como novo reforço do Cruzeiro Esporte Clube. O clube Mineiro adquiriu 75% dos direitos econômicos do atleta, que assinou contrato até 2013.[4] Jogando em terras mineiras, Everton conquistou o seu primeiro título como profissional.[5]

Após longo período de vaias por parte da torcida azul, Everton se firmou e tornou peça-chave no esquema tático do então técnico Celso Roth, sendo apontado como um dos melhores jogadores do Cruzeiro em 2012.[6] Polivalente, o jogador se destaca pelo clube improvisado na lateral esquerda, chamando bastante atenção pelo potencial físico e apoio ao ataque. Após se firmar entre os 11, teve seu contrato renovado até o final de 2014.[7]

No dia 11 de novembro de 2012, Everton atingiu uma marca expressiva de 100 jogos vestindo a camisa do Cruzeiro em jogo válido pela 35ª rodada do Brasileirão 2012, contra o Bahia no Independência.[8]

No dia 15 de Janeiro de 2014 foi anunciada a sua possível ida para o Figueirense.[9] Porém, segundo o diretor de futebol do clube mineiro, Alexandre Mattos, algumas cláusulas exigidas pelo Cruzeiro no contrato não foram aceitas pelo Figueirense e o negócio não foi fechado, levando o lateral ser emprestado ao Criciúma até o final de 2014.[10][11]

Foi repassado ao Joinville até o fim de 2014. Onde foi peça importante para o acesso ao Campeonato Brasileiro - Série A, e para o título do Campeonato Brasileiro - Série B.

Em 2015, Everton foi emprestado até o final do ano para o Fortaleza.[12]

Em 2016, assinou para a temporada de 2017, com o Figueirense, por indicação de Marquinhos Santos, que era treinador do Fortaleza, no período em que Everton jogava lá.[13]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Grêmio Barueri
Cruzeiro
Joinville
Fortaleza
Red Bull Brasil

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Everton :: Francisco Everton de Almeida Andrade :: Santa Cruz». www.ogol.com.br (em bretão). Consultado em 3 de setembro de 2019 
  2. «Distratos e renovações definem destinos de jogadores no Santa Cruz». Globoesporte. Consultado em 3 de setembro de 2019 
  3. «Globoesporte.com > Futebol - NOTÍCIAS - Ewerton diz que, no Barueri, já havia pensado em atuar pelo Fluminense». globoesporte.globo.com. Consultado em 29 de agosto de 2019 
  4. Horizonte, Por GLOBOESPORTE COM Belo. «Cruzeiro confirma contratação do meia Everton, ex-Fluminense». globoesporte.com. Consultado em 29 de agosto de 2019 
  5. Fern, Por; Horizonte, o Martins Y. Miguel Belo. «A saga de Everton: de vendedor de ventiladores a titular do Cruzeiro». globoesporte.com. Consultado em 29 de agosto de 2019 
  6. Horizonte, Por Tarcísio Badaró Belo. «Everton comemora fim das vaias e credita bom momento à confiança». globoesporte.com. Consultado em 29 de agosto de 2019 
  7. Horizonte, Por Marco Antônio Astoni Belo. «De contrato renovado, Everton promete garra contra o Santos». globoesporte.com. Consultado em 29 de agosto de 2019 
  8. Horizonte, Por Marco Antônio Astoni Belo. «Everton quer comemorar 100 jogos com a camisa do Cruzeiro com vitória». globoesporte.com. Consultado em 29 de agosto de 2019 
  9. Horizonte, Por Tarcísio BadaróBelo. «Cruzeiro libera lateral Everton para o Figueirense e Ananias para o Sport». globoesporte.com. Consultado em 29 de agosto de 2019 
  10. Horizonte, Por GloboEsporte comBelo. «Tigre na linha: Cruzeiro tira Everton do Figueira e empresta ao Criciúma». globoesporte.com. Consultado em 29 de agosto de 2019 
  11. «Sem acordo com o Figueirense, Cruzeiro empresta Everton ao Criciúma». Terra. Consultado em 29 de agosto de 2019 
  12. VAVEL.com (5 de janeiro de 2015). «Fortaleza anuncia contratação do meia Éverton, ex-Joinville». VAVEL. Consultado em 29 de agosto de 2019 
  13. GloboEsporte.comFlorianópolis, Por. «Figueirense confirma pré-contratos com lateral Weldinho e meia Everton». globoesporte.com. Consultado em 29 de agosto de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.