Glee Live! In Concert!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Glee Live! In Concert!
File:Glee tourposter.jpg
Poster promocional da turnê
Turnê Mundial de Elenco de Glee
Álbum(ns) associado(s) Glee: The Music, Volume 1
Glee: The Music, Volume 2
Glee: The Music, The Power of Madonna (2010)
Glee: The Music, Volume 3 Showstoppers
Glee: The Music, Journey to Regionals (2010)
Glee: The Music, Volume 4 (2011)
Glee: The Music, Volume 5 (2011)
Glee: The Music Presents the Warblers (2011)
Glee: The Music, Volume 6
Data de início 10 de maio de 2010
Partes 2
Número de
apresentações
31 na América do Norte
13 na Europa
44 no total.

Glee Live! In Concert! é uma turnê de shows realizados pelos membros do elenco da série de televisão, Glee. A turnê, criada pelo criador da série Ryan Murphy foi concebido devido à esmagadora resposta à série. O show chegou a América do Norte, o Reino Unido e Irlanda. Ryan Murphy afirma que a trilha sonora da série e os shows foram a fonte da receita do sucesso da série.[1] A turnê recebeu uma resposta de grande parte dos críticos de música e os fãs da série.

A parte norte-americana da primeira turnê em 2010, foi visto por mais de 70.000 espectadores, gerando mais de cinco milhões de dólares em vendas de ingressos e classificação na nona posição na Lista das Turnês Mais Quentes da Billboard. A turnê de 2011 foi visto por mais de 485 milhões de pessoas, ganhando mais de U$40 milhões de dólares.[2] Em 2012 não houve continuação da turnê, mas Ryan Murphy disse estar negociando a terceira parte da turnê para o fim da quarta temporada da série em 2013.[3]

Início[editar | editar código-fonte]

McHale durante "Don't Stop Believin'" em Junho de 2011.

Inicialmente, o elenco da série realizada uma pequena turnê promocional chamada "The Gleek Tour" em várias lojas dos EUA para divugar a trilha sonora da série e para se encontrar com os fãs da série. A turnê foi sugerida por vários membros do elenco via Twitter no início de 2010. A turnê foi anunciada oficialmente através de Fox em 1º de março de 2010 no encerramento da primeira temporada. Lea Michele (Rachel Berry) expressou sua emoção para a turnê afirmando: "Este tem sido um ano tão extraordinário para 'Glee' e eu não consigo pensar em uma maneira melhor de terminar a primeira temporada do que com apresentações ao vivo no palco com o elenco". Seus comentários foram mais tarde compartilhados por Cory Monteith (Finn Hudson) afirmando: "Este show mudou minha vida de muitas maneiras. Se você tivesse me dito há um ano atrás que eu estaria executando canções de rock clássico em teatros por todo o país, Eu nunca teria acreditado em você. Estamos empolgados!".

Participações especiais foram feitas por Jane Lynch (Sue Sylvester) e Matthew Morrison (Will Schuester) para uma apresentação no Radio City Music Hall em Nova York. Jonathan Groff (Jesse St. James), participou do show em Los Angeles, Califórnia e no Radio City Music Hall em Nova York.

Como a série anunciou a sua segunda temporada, a Fox anunciou uma nova etapa adicional na turnê pela Europa. Murphy responde dizendo que a segunta etapa da turnê era uma forma de agradecer aos fãs no exterior por sua dedicação à série e prometeu que a segunda etapa também seria feita nos EUA no verão de 2011. Amber Riley (Mercedes Jones) compartilhou o entusiasmo do elenco para a extensão da turnê observando, "Eu amei o show em Los Angeles, Chicago, Phoenix e Nova York no ano passado e não acreditava que havia alguma maneira de melhorar essa experiência. Mas realizando shows nas arenas grandes de Londres, Manchester e Dublin? Isso é legal? Nós não podemos esperar." Também foram incluidos na segunda etapa da turnê os novos membros do elenco: Chord Overstreet (Sam Evans), Ashley Fink (Lauren Zizes) e Darren Criss (Blaine Anderson).

Sinopse dos Concertos[editar | editar código-fonte]

Criss em turnê.
Ushkowitz em turnê.
Overstreet e Agron cantando "Lucky" em turnê.

2010[editar | editar código-fonte]

Michele na performance de "Somebody to Love" em turnê.

Os concertos começaram com uma saudação pré-gravada de Jane Lynch como a treinadora das líderes de torcida Sue Sylvester, insultando os membros do elenco e o público dizendo que o "show é disperdicio de tempo e dinheiro" e que o show era um "saco". Os membros do elenco entravam no palco como seus personagens, incluindo o ator Kevin McHale aparecendo em uma cadeira de rodas como deficiente. No show a performance da música "Jump", o palco estava cheio de colchões e o elenco usava pijama combinando, enquanto um Cadillac Escalade foi usado como um suporte para o desempenho de "Bust Your Windows". Cory Monteith, atuou como o jogador de futebol quarterback Finn Hudson enquanto tocava bateria como apoio para "Sweet Caroline", e vários membros do elenco usava figurinos de Lady Gaga para o desempenho de "Bad Romance". Dançarinos da escola rival Vocal Adrenalina apareceram para as canções "Rehab" e "Mercy", a performance destas canções era apenas de dança enquanto tocava a música. O setlist principal terminava com uma performance de "Like a Prayer", enquanto o encore consistia em "True Colors" e "Somebody to Love".

2011[editar | editar código-fonte]

O elenco de Glee dança ao som de "Single Ladies" no dia 18 de Junho de 2011

20 minutos antes do show os membros do "The Legion of Extraordinary Dancers" entregavam sacos de vômitos ao público. O show principal começava com um vídeo pré-gravado de Sue e Mr.Schuester, que introduzia o New Directions. Os membros do elenco estavam todos em caráter, e novamente começou sua setlist com uma performance de "Don't Stop Believin'", com todo o elenco no palco. Tina e Mercedes em seguida, começam os vocais de "Dog Days Are Over", e Rachel e Finn começam "Sing", com o elenco completo permanecendo no palco para ambas as músicas. Após estas canções Brittany conversava com o Will através de um video no telão e levava a performance de I'm a Slave 4 U". Todo o elenco, então, veio para a performance de "Born This Way", incluindo todos os personagens com as camisas personalizadas com frases como "Não Sei Dançar" e "Eu Gosto de Garotos" (as mesmas camisas estavam a venda em todos os shows para o público). Rachel então realizada "Firework", antes de um interlúdio de vídeo em que Sue introduzia os Warblers, que cantavam três músicas: "Teenage Dream" era uma delas. A próxima etapa do show consistia na recriação da sala do New Directions (o telão projetava o fundo da sala enquanto havia cadeiras no palco). Brittany em seguida, aparece no palco para começar uma sátira com Blaine e Kurt mais tarde, o que levou a uma performance de "Jessie's Girl" por Finn. O último número do conjunto principal foi um desempenho de todo o elenco na canção original "Loser Like Me". No dia 18 de junho de 2011 depois de um curto intervalo de tempo, Kurt apareceu sem avisar com Brittany, Tina e uma série de outros dançarinos para a performance de "Single Ladies (Put a Ring on It)" exatamente a mesma performance vista na primeira temporada, embora os vocais originais foram mantidos. Artie então realiza "Safety Dance", como visto em uma sequência de sonho em que ele se levanta da cadeira de rodas. Todo o elenco voltou para o palco principal para os dois últimos números da noite, "Empire State of Mind" e "Somebody to Love".

Ato de Abertura[editar | editar código-fonte]

O ato de abertura para a etapa dos EUA foi feito pelo grupo de dança The Legion of Extraordinary Dancers também conhecidos como LXD. O grupo é um projeto do membro do elenco Harry Shum, Jr.. Ele o descreveu como sendo "quando mundos colidem", explicando ao New York Post que, no período de preparação para a turnê, ele estava ensaiando com o elenco, em seguida, praticava com LXD até meia-noite, em estreita colaboração com o grupo do coreógrafo Christopher Scott. Ele comentou:. "Eu acho que [Glee e LXD] caminham lado a lado, em termos de criação de arte. Isso é que é tão grande sobre eles escolherem LXD. Eles poderiam ter tido uma banda de abertura, mas eu acho que vai ser um show muito diferente ter elementos de LXD nele".

Elenco da Turnê[editar | editar código-fonte]

2010[editar | editar código-fonte]

2011[editar | editar código-fonte]

Setlist[editar | editar código-fonte]

Datas[editar | editar código-fonte]

Monteith em turnê.
Salling em turnê.
Riley em turnê.

1ª Etapa[editar | editar código-fonte]

Data Cidade País Local
América do Norte[4]
15 de Maio de 2010 Phoenix  Estados Unidos Dodge Theatre
16 de Maio de 2010
20 de Maio de 2010 Los Angeles Gibson Amphitheatre
21 de Maio de 2010
22 de Maio de 2010
25 de Maio de 2010 Rosemont Rosemont Theatre
26 de Maio de 2010
28 de Maio de 2010 New York City Radio City Music Hall
29 de Maio de 2010
30 de Maio de 2010

2ª Etapa[editar | editar código-fonte]

Data Cidade País Local
América do Norte[5][6]
21 de Maio de 2011 Las Vegas  Estados Unidos Mandalay Bay Events Center
23 de Maio de 2011 Sacramento Power Balance Pavilion
24 de Maio de 2011 San Jose HP Pavilion at San Jose
25 de Maio de 2011
27 de Maio de 2011 Anaheim Honda Center
28 de Maio de 2011 Los Angeles Staples Center
29 de Maio de 2011 San Diego Valley View Casino Center
1º de Junho de 2011 Minneapolis Target Center
2 de Junho de 2011 Indianapolis Conseco Fieldhouse
3 de Junho de 2011 Rosemont Allstate Arena
4 de Junho de 2011
6 de Junho de 2011 Uncasville Mohegan Sun Arena
7 de Junho de 2011 Boston TD Garden
8 de Junho de 2011 Philadelphia Wells Fargo Center
9 de Junho de 2011 Washington D.C. Verizon Center
11 de Junho de 2011 Toronto  Canadá Air Canada Centre
12 de Junho de 2011
13 de Junho de 2011 Auburn Hills  Estados Unidos The Palace of Auburn Hills
14 de Junho de 2011 Cleveland Quicken Loans Arena
16 de Junho de 2011 East Rutherford Izod Center
17 de Junho de 2011
18 de Junho de 2011 Uniondale Nassau Veterans Memorial Coliseum
Europa[5]
22 de Junho de 2011 Manchester  Reino Unido Manchester Evening News Arena
23 de Junho de 2011
25 de Junho de 2011 London The O2 Arena
26 de Junho de 2011
28 de Junho de 2011
29 de Junho de 2011
30 de Junho de 2011
2 de Julho de 2011 Dublin  Irlanda The O2
3 de Julho de 2011

Box office[editar | editar código-fonte]

A Arrecadação total da turnê.

Venue City Tickets Sold / Available Gross Revenue
Dodge Theatre Phoenix 9,539 / 9,539 (100%) $595,938[7]
Gibson Amphitheatre Los Angeles 23,720 / 23,720 (100%) $1,649,743[7]
Rosemont Theatre Rosemont 8,895 / 8,895 (100%) $624,453[7]
Radio City Music Hall New York City 29,739 / 29,739 (100%) $2,161,304[7]
Mandalay Bay Events Center Las Vegas 8,210 / 8,210 (100%) $879,880[8]
Power Balance Pavilion Sacramento 10,224 / 10,224 (100%) $783,520[8]
HP Pavilion at San Jose San Jose 23,086 / 23,086 (100%) $1,858,140[8]
Honda Center Anaheim 11,643 / 11,643 (100%) $801,591[8]
Staples Center Los Angeles 25,420 / 26,725 (95%) $1,721,168[9]
Valley View Casino Center San Diego 9,449 / 9,449 (100%) $737,801[8]
Target Center Minneapolis 12,209 / 12,209 (100%) $988,346[8]
Conseco Fieldhouse Indianapolis 11,449 / 11,449 (100%) $882,744[8]
Allstate Arena Rosemont 33,204 / 33,204 (100%) $2,708,378[8]
Mohegan Sun Arena Uncasville 4,461 / 4,461 (100%) $555,475[8]
TD Garden Boston 12,735 / 12,735 (100%) $1,075,343[8]
Wells Fargo Center Philadelphia 14,649 / 14,649 (100%) $1,274,073[8]
Verizon Center Washington D.C. 13,462 / 13,462 (100%) $1,182,755[8]
Air Canada Centre Toronto 54,462 / 54,462 (100%) $4,452,129[8]
The Palace of Auburn Hills Auburn Hills 13,801 / 13,801 (100%) $1,052,618[10]
Quicken Loans Arena Cleveland 12,779 / 12,779 (100%) $1,029,611[8]
Izod Center East Rutherford 28,694 / 28,694 (100%) $2,401,433[8]
Nassau Veterans Memorial Coliseum Uniondale 24,669 / 24,669 (100%) $2,043,832[8]
Manchester Evening News Arena Manchester 28,895 / 28,895 (100%) $2,363,373[8]
The O2 Arena London 103,513 / 103,513 (100%) $8,488,444[8]
The O2 Dublin 33,412 / 33,412 (100%) $3,576,663[8]
TOTAL 562,319 / 563,624 (99%) $45,888,755

Glee: The 3D Concert Movie[editar | editar código-fonte]

Glee: The 3D Concert Movie é um filme no estilo show/documentário com cenas dos shows realizados em 2011. O filme estreou em vários países incluindo o Brasil. O filme estreou em 3D em agosto de 2011.

Referências

  1. Albiniak, Paige (21 de setembro de 2009). «Can't stop the music». New York Post. Consultado em 16 de maio de 2010 
  2. «Top 25 Tours of 2011». Billboard. Prometheus Global Media. 8 de dezembro de 2011. Consultado em 27 de dezembro de 2011. Cópia arquivada em 27 de dezembro de 2011 
  3. Mullins, Jenna (17 de fevereiro de 2012). «Glee Summer Concert Tour Cancelled». Watch with Kristin. E! Online. Consultado em 18 de fevereiro de 2012 
  4. «Past Performance Dates». Glee Live Official Website. Consultado em 17 de dezembro de 2010 
  5. a b «Upcoming Performance». www.gleetour.com. Consultado em 11 de fevereiro de 2011 
  6. Kaufman, Gil (8 de fevereiro de 2011). «'Glee' Tour Coming Back This Spring». MTV News. MTV Networks. Consultado em 8 de fevereiro de 2011 
  7. a b c d «Billboard Boxscore». Billboard. Prometheus Global Media. 11 de junho de 2010. Consultado em 2010-106-24  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  8. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s «Billboard Boxscore - Current Scores». Billboard. Prometheus Global Media. 20 de agosto de 2011. Consultado em 11 de agosto de 2011. Cópia arquivada em 5 de agosto de 2011 
  9. «Billboard Boxscore: Current Scores». Billboard. Prometheus Global Media. 18 de junho de 2011. Consultado em 15 de junho de 2011. Cópia arquivada em 15 de junho de 2010 
  10. «Billboard Boxscore: Current Scores». Billboard. Prometheus Global Media. 2 de julho de 2011. Consultado em 23 de junho de 2011. Cópia arquivada em 23 de junho de 2010