Grande Prêmio da França de 1979

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grande Prêmio da França de Fórmula 1 de 1979
Dijon-Prenois Circuit.svg
Terceiro GP da França realizado em Dijon-Prenois
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 1º de julho de 1979
Nome oficial Grand Prix de France
Local Dijon-Prenois, Prenois, Borgonha-Franco-Condado, Côte-d'Or, França
Total 80 voltas / 304.080 km
Pole
Piloto
França Jean-Pierre Jabouille Renault
Tempo 1:07.19
Volta mais rápida
Piloto
França René Arnoux Renault
Tempo 1:09.16 (na volta 71)
Pódio
Primeiro
França Jean-Pierre Jabouille Renault
Segundo
Canadá Gilles Villeneuve Ferrari
Terceiro
França René Arnoux Renault

Resultados do Grande Prêmio da França de Fórmula 1 realizado em Dijon-Prenois à 1º de julho de 1979.[1] Oitava etapa da temporada, esta prova marcou a primeira vitória da de Jean-Pierre Jabouille e da equipe Renault na história da categoria,[2] mas para os fãs o grande acontecimento do dia foi um duelo de pilotos considerado o mais sensacional da história da Formula 1: nas últimas voltas, o canadense Gilles Villeneuve, da Ferrari, e o francês René Arnoux, da Renault, duelaram pela segunda colocação da corrida, um ultrapassando o outro por várias vezes. No fim, Villeneuve chegou em segundo e Arnoux em terceiro.[3][4][5][nota 1]

Antecedentes da prova[editar | editar código-fonte]

O acidente de Patrick Depailler[editar | editar código-fonte]

Nos dias que antecederam ao Grande Prêmio da França, Patrick Depailler sofreu um acidente à 3 de junho enquanto voava de asa-delta. Regatado próximo ao Puy de Dôme na região central do país, foi enviado ao Centro Hospitalar Universitário de Clermont-Ferrand onde diagnosticaram fraturas nas pernas, no tornozelo e em algumas costelas.[6] Contrariado, Guy Ligier lamentou que seu funcionário tenha se exposto a riscos desnecessários e no fim daquele mês anunciou a contratação de Jacky Ickx, vice-campeão de Fórmula 1 em 1969 e 1970 e multicampeão das 24 Horas de Le Mans.[7][8][nota 2]

Suécia fora do calendário[editar | editar código-fonte]

Previsto para 16 de junho de 1979, o Grande Prêmio da Suécia foi cancelado por falta de patrocínio e desde então a Fórmula 1 não retornou ao país.[9][10] Influíram nessa decisão as mortes de Ronnie Peterson em 11 de setembro de 1978 após um acidente no Grande Prêmio da Itália[11][12] e de Gunnar Nilsson à 20 de outubro daquele ano vítima de câncer nos testículos.[13][14]

Classificação da prova[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 15 França Jean-Pierre Jabouille Renault 80 1:35:20.42 1 9
2 12 Canadá Gilles Villeneuve Ferrari 80 + 14.59 3 6
3 16 França René Arnoux Renault 80 + 14.83 2 4
4 27 Austrália Alan Jones Williams-Ford 80 + 36.61 7 3
5 4 França Jean-Pierre Jarier Tyrrell-Ford 80 + 1:04.51 10 2
6 28 Suíça Clay Regazzoni Williams-Ford 80 + 1:05.51 9 1
7 11 África do Sul Jody Scheckter Ferrari 79 + 1 volta 5
8 26 França Jacques Laffite Ligier-Ford 79 + 1 volta 8
9 20 Finlândia Keke Rosberg Wolf-Ford 79 + 1 volta 16
10 8 França Patrick Tambay McLaren-Ford 78 + 2 voltas 20
11 7 Reino Unido John Watson McLaren-Ford 78 + 2 voltas 15
12 31 México Hector Rebaque Lotus-Ford 78 + 2 voltas 23
13 2 Argentina Carlos Reutemann Lotus-Ford 77 + 3 voltas 13
14 29 Itália Riccardo Patrese Arrows-Ford 77 + 3 voltas 19
15 30 Alemanha Ocidental Jochen Mass Arrows-Ford 75 + 5 voltas 22
16 18 Itália Elio de Angelis Shadow-Ford 75 + 5 voltas 24
17 35 Itália Bruno Giacomelli Alfa Romeo 75 + 5 voltas 17
18 17 Países Baixos Jan Lammers Shadow-Ford 73 + 7 voltas 21
Ret 3 França Didier Pironi Tyrrell-Ford 71 Suspensão 11
Ret 14 Brasil Emerson Fittipaldi Fittipaldi-Ford 53 Motor 18
Ret 6 Brasil Nelson Piquet Brabham-Alfa Romeo 52 Acidente 4
Ret 1 Estados Unidos Mario Andretti Lotus-Ford 51 Freios 12
Ret 25 Bélgica Jacky Ickx Ligier-Ford 45 Motor 14
Ret 5 Áustria Niki Lauda Brabham-Alfa Romeo 23 Rodou 6
DNS 9 Alemanha Ocidental Hans-Joachim Stuck ATS-Ford Problema com os pneus
DNQ 22 França Patrick Gaillard Ensign-Ford
DNQ 24 Itália Arturo Merzario Merzario-Ford

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas. As quinze etapas de 1979 foram divididas em um bloco de oito e outro de sete corridas onde cada piloto podia computar quatro resultados válidos em cada, não havendo descartes no mundial de construtores.

Notas

  1. Voltas na liderança: Gilles Villeneuve 46 voltas (1-46); Jean Pierre Jabouille 34 voltas (47-80).
  2. Jacky Ickx venceu as 24 Horas de Le Mans em 1969, 1975, 1976, 1977, 1981, 1982.

Referências

  1. «1979 French Grand Prix - race result». Consultado em 14 de outubro de 2018 
  2. «SABINO, Fred. Jean-Pierre Jabouille, um engenheiro que virou piloto de F1 e foi primeiro a vencer com turbo (globoesporte.com)». Consultado em 7 de novembro de 2018 
  3. TEIXEIRA, Álvaro. Piloto e carro franceses vencem seu GP pela 1ª vez (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 02/07/1979. Primeiro caderno, Amador, pág. 02. Página visitada em 14 de outubro de 2018.
  4. Jabouille subiu ao pódio amparado (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 02/07/1979. Primeiro caderno, Amador, pág. 02. Página visitada em 14 de outubro de 2018.
  5. Vitória não causou surpresa à Renault (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 02/07/1979. Primeiro caderno, Amador, pág. 02. Página visitada em 14 de outubro de 2018.
  6. Depailler quebra as pernas em vôo (sic) com asa delta (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 04/06/1979. Primeiro caderno, Amador, pág. 03. Página visitada em 29 de janeiro de 1979.
  7. Médicos já admitem a volta de Depailler à F-1 mas não este ano (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 05/06/1979. Primeiro caderno, Esporte, pág. 26. Página visitada em 29 de janeiro de 1979.
  8. Ligier já terá Ickx no lugar de Depailler para o GP da França (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 22/06/1979. Primeiro caderno, Amador, pág. 28. Página visitada em 29 de janeiro de 1979.
  9. Suécia cancela prova de F-1 por falta de dinheiro (online). Folha de S. Paulo, São Paulo (SP), 17/05/1979. Esportes, pág. 35. Página visitada em 29 de janeiro de 2019.
  10. Suécia perde a sua prova de Fórmula 1 (online). O Estado de S. Paulo, São Paulo (SP), 17/05/1979. Geral, pág. 32. Página visitada em 29 de janeiro de 2019.
  11. Monza mata seu maior vencedor (online). Folha de S.Paulo, São Paulo (SP), 12/09/1978. Esportiva, pág. 36. Página visitada em 29 de janeiro de 2019.
  12. «SABINO, Fred. Ronnie Peterson, o carismático, arrojado e talentoso sueco que morreu há 40 anos (globoesporte.com)». Consultado em 29 de janeiro de 2019 
  13. Morreu Gunnar Nilsson (online). O Globo, Rio de Janeiro (RJ), 21/10/1978. Matutina, Esportes, pág. 33. Página visitada em 29 de janeiro de 2019.
  14. «SABINO, Fred. A triste história de Gunnar Nilsson, morto há exatos 40 anos após luta contra o câncer (globoesporte.com)». Consultado em 29 de janeiro de 2019 
Precedido por
Grande Prêmio de Mônaco de 1979
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 1979
Sucedido por
Grande Prêmio da Grã-Bretanha de 1979
Precedido por
Grande Prêmio da França de 1978
Grande Prêmio da França
65ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio da França de 1980