Grande Prêmio dos Estados Unidos de 1991

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grande Prêmio dos Estados Unidos
de Fórmula 1 de 1991
Phoenix Grand Prix Route - 1991.svg
Terceiro (e último) GP dos EUA realizado em Phoenix
Detalhes da corrida
Data 10 de março de 1991
Nome oficial XXVIII Iceberg United States Grand Prix[nota 1]
Local Circuito de Rua de Phoenix, Phoenix, Arizona, EUA
Total 81 voltas / 301.401 km
Condições do tempo Nublado
Pole
Piloto
Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda
Tempo 1:21.434
Volta mais rápida
Piloto
França Jean Alesi Ferrari
Tempo 1:26.758 (na volta 49)
Pódio
Primeiro
Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda
Segundo
França Alain Prost Ferrari
Terceiro
Brasil Nelson Piquet Benetton-Ford

Resultados do Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1 realizado em Phoenix à 10 de março de 1991. Primeira etapa temporada, nele o vencedor foi o brasileiro Ayrton Senna.[1][nota 2]

Resumo[editar | editar código-fonte]

As Ferraris pareciam que iriam repetir a boa temporada de 1990, no primeiro dia de treinos em Phoenix, o estrante na equipe Jean Alesi foi o mais rápido com apenas 13 milésimos de vantagem para Ayrton Senna, que renovou seu contrato com a McLaren. Já no sábado, Ayrton Senna esteve feroz e fez a pole com 1 segundo de vantagem para a Ferrari de Alain Prost. As Williams de Riccardo Patrese e Nigel Mansell largaram na segunda fila, na terceira fila largaram a Benetton de Nelson Piquet e a Ferrari de Alesi. Roberto Moreno largou em oitavo, e Mauricio Gugelmin largou em vigésimo terceiro.

Na largada, Senna pulou a frente e de cara já abria 4 segundos de vantagem para Prost, Mansell é o terceiro, Alesi é o quarto, Patrese é o quinto e Berger o sexto. A prova seguia tranquila até a volta 21, quando Patrese tentou ultrapassar Mansell e acabou freando forte passando reto na curva 1, caindo para sexto. Pouco antes da metade da prova várias alterações aconteceram nas primeiras posições da corrida. Na volta 36, Nigel Mansell teve o cámbio da sua Williams quebrado, como ele já previa antes da corrida. Pouco depois a McLaren de Gerhard Berger abandonou com problemas na bomba de combustível. Mauricio Gugelmin também abandonou com problemas no cámbio.

Na metade na prova, Senna tinha 30 segundos de vantagem para Prost, Alesi é o terceiro, Piquet o quarto, Moreno o quinto e Stefano Modena da Tyrrell em sexto. Na volta 45, chegaram as paradas para trocas de pneus, Prost perdeu 15 segundos e caiu para sexto. Ayrton Senna com muita vantagem fez uma troca tranquila e voltou ainda em primeiro. Quem se deu bem nas paradas foi Riccardo Patrese, que assumiu o segundo lugar, as duas Benettons assumiram o terceiro e quarto lugares porque não iriam trocar os pneus, Modena também não trocou pneus e assumiu o quinto lugar, Alesi é o sexto.

Indo para completar a 50ª volta na 2ª posição, o italiano Riccardo Patrese tem problemas no câmbio semi-automático do seu Williams. O carro do piloto fica de contramão e em local perigoso no início da reta Washington Street. Num ótimo reflexo, o brasileiro Nelson Piquet da Benetton consegue desviá-lo, mas o seu companheiro e compatriota Roberto Moreno que vinha um pouco atrás não consegue o mesmo feito passando por cima do bico do carro nº 6. A frente do carro nº 19 de Moreno ficou destruída com o choque. Ele, assim como Patrese abandonam a corrida.

Assim, Senna ficou com 45 segundos de vantagem para Jean Alesi que assumiu o segundo lugar. Nelson Piquet em terceiro, sofria muita pressão de Alain Prost, que tentava recuperar o tempo perdido nos boxes. A briga começou a ficar bonita, quando Alesi perdeu a quarta marcha de seu carro. Alesi, Piquet e Prost fizeram um duelo espetacular até a volta 64, quando Prost ultrapassou os dois na reta dos boxes e assumiu o segundo lugar, Piquet seguiu em terceiro, e Alesi caiu para quarto. Na volta 73, Alesi abandonou de vez com o cámbio quebrado.

Senna seguiu tranquilo para a sua vitória de número 27 na Fórmula 1, se igualando a Jackie Stewart no número de vitórias. Alain Prost terminou em segundo, Nelson Piquet completou o pódio. Na zona de pontos, ainda terminaram as duas Tyrrells de Stefano Modena e de Satoru Nakajima, e da Larrousse de Aguri Suzuki.

Pré-classificação[editar | editar código-fonte]

Pré-classificação
Pos. Piloto Chassi/Motor Tempo
1 21 Itália Emanuele Pirro Dallara-Judd 1:28.288
2 22 Finlândia J. J. Lehto Dallara-Judd 1:28.792
3 34 Itália Nicola Larini Lambo-Lamborghini 1:30.244
4 32 Bélgica Bertrand Gachot Jordan-Ford 1:30.304
5 33 Itália Andrea de Cesaris Jordan-Ford 1:30.937
6 31 Portugal Pedro Chaves Coloni-Ford 1:31.113
7 14 França Olivier Grouillard Fondmetal-Ford 1:32.126
8 35 Bélgica Eric Van de Poele Lambo-Lamborghini 1:32.126
Não classificados
Pos. Piloto Chassi/Motor Tempo
5 33 Itália Andrea de Cesaris Jordan-Ford 1:30.937
6 31 Portugal Pedro Chaves Coloni-Ford 1:31.113
7 14 França Olivier Grouillard Fondmetal-Ford 1:32.126
8 35 Bélgica Eric Van de Poele Lambo-Lamborghini 1:32.126

Treinos classificatórios[editar | editar código-fonte]

1º treino classificatório
Pos. Piloto Chassi/Motor Tempo
1 28 França Jean Alesi Ferrari 1:23.519
2 1 Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda 1:23.530
3 27 França Alain Prost Ferrari 1:24.507
4 6 Itália Riccardo Patrese Williams-Renault 1:24.726
5 21 Itália Emanuele Pirro Dallara-Judd 1:24.876
6 20 Brasil Nelson Piquet Benetton-Ford 1:25.026
7 4 Itália Stefano Modena Tyrrell-Honda 1:25.065
8 19 Brasil Roberto Moreno Benetton-Ford 1:25.170
9 5 Reino Unido Nigel Mansell Williams-Renault 1:25.277
10 23 Itália Pierluigi Martini Minardi-Ferrari 1:25.815
11 2 Áustria Gerhard Berger McLaren-Honda 1:25.914
12 3 Japão Satoru Nakajima Tyrrell-Honda 1:26.058
13 22 Finlândia J. J. Lehto Dallara-Judd 1:26.765
14 15 Brasil Maurício Gugelmin Leyton House-Ilmor 1:26.865
15 30 Japão Aguri Suzuki Lola-Ford 1:26.987
16 17 Itália Gabriele Tarquini AGS-Ford 1:27.164
17 7 Reino Unido Martin Brundle Brabham-Yamaha 1:27.184
18 29 França Eric Bernard Lola-Ford 1:27.446
19 32 Bélgica Bertrand Gachot Jordan-Ford 1:27.568
20 24 Itália Gianni Morbidelli Minardi-Ferrari 1:27.625
21 34 Itália Nicola Larini Lambo-Lamborghini 1:27.761
22 11 Finlândia Mika Häkkinen Lotus-Judd 1:27.976
23 25 Bélgica Thierry Boutsen Ligier-Lamborghini 1:27.984
24 26 França Érik Comas Ligier-Lamborghini 1:28.904
25 9 Itália Michele Alboreto Footwork-Porsche 1:29.067
26 10 Itália Alex Caffi Footwork-Porsche 1:29.388
27 18 Suécia Stefan Johansson AGS-Ford 1:29.857
28 8 Reino Unido Mark Blundell Brabham-Yamaha 1:30.061
29 12 Reino Unido Julian Bailey Lotus-Judd 1:30.758
30 16 Itália Ivan Capelli Leyton House-Ilmor 1:54.845
2º treino classificatório
Pos. Piloto Chassi/Motor Tempo
1 1 Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda 1:21.434
2 27 França Alain Prost Ferrari 1.22.555
3 6 Itália Riccardo Patrese Williams-Renault 1.22.833
4 5 Reino Unido Nigel Mansell Williams-Renault 1.23.218
5 20 Brasil Nelson Piquet Benetton-Ford 1:23.384
6 2 Áustria Gerhard Berger McLaren-Honda 1.23.742
7 28 França Jean Alesi Ferrari 1.23.805
8 19 Brasil Roberto Moreno Benetton-Ford 1.23.881
9 21 Itália Emanuele Pirro Dallara-Judd 1.24.792
10 22 Finlândia J. J. Lehto Dallara-Judd 1.24.891
11 7 Reino Unido Martin Brundle Brabham-Yamaha 1.25.385
12 11 Finlândia Mika Häkkinen Lotus-Judd 1.25.448
13 4 Itália Stefano Modena Tyrrell-Honda 1:25.557
14 32 Bélgica Bertrand Gachot Jordan-Ford 1.25.701
15 23 Itália Pierluigi Martini Minardi-Ferrari 1.25.715
16 3 Japão Satoru Nakajima Tyrrell-Honda 1.25.752
17 34 Itália Nicola Larini Lambo-Lamborghini 1.25.791
18 16 Itália Ivan Capelli Leyton House-Ilmor 1.26.121
19 29 França Eric Bernard Lola-Ford 1:26.425
20 25 Bélgica Thierry Boutsen Ligier-Lamborghini 1.26.500
21 30 Japão Aguri Suzuki Lola-Ford 1.26.548
22 17 Itália Gabriele Tarquini AGS-Ford 1.26.851
23 15 Brasil Maurício Gugelmin Leyton House-Ilmor 1:26.875
24 8 Reino Unido Mark Blundell Brabham-Yamaha 1.26.915
25 9 Itália Michele Alboreto Footwork-Porsche 1.27.015
26 24 Itália Gianni Morbidelli Minardi-Ferrari 1.27.042
27 26 França Érik Comas Ligier-Lamborghini 1.27.159
28 10 Itália Alex Caffi Footwork-Porsche 1.27.519
29 18 Suécia Stefan Johansson AGS-Ford 1.27.753
30 12 Reino Unido Julian Bailey Lotus-Judd 1.28.570
Não classificados
Pos. Piloto Chassi/Motor Tempo
27 26 França Érik Comas Ligier-Lamborghini 1.27.159
28 10 Itália Alex Caffi Footwork-Porsche 1.27.519
29 18 Suécia Stefan Johansson AGS-Ford 1.27.753
30 12 Reino Unido Julian Bailey Lotus-Judd 1.28.570

Grid de largada e classificação da prova[editar | editar código-fonte]

Grid de largada
Pos. Piloto Chassi/Motor Tempo
1 1 Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda 1:21.434
2 27 França Alain Prost Ferrari 1.22.555
3 6 Itália Riccardo Patrese Williams-Renault 1.22.833
4 5 Reino Unido Nigel Mansell Williams-Renault 1.23.218
5 20 Brasil Nelson Piquet Benetton-Ford 1:23.384
6 28 França Jean Alesi Ferrari 1:23.519
7 2 Áustria Gerhard Berger McLaren-Honda 1.23.742
8 19 Brasil Roberto Moreno Benetton-Ford 1.23.881
9 21 Itália Emanuele Pirro Dallara-Judd 1.24.792
10 22 Finlândia J. J. Lehto Dallara-Judd 1.24.891
11 4 Itália Stefano Modena Tyrrell-Honda 1:25.065
12 7 Reino Unido Martin Brundle Brabham-Yamaha 1.25.385
13 11 Finlândia Mika Häkkinen Lotus-Judd 1.25.448
14 32 Bélgica Bertrand Gachot Jordan-Ford 1.25.701
15 23 Itália Pierluigi Martini Minardi-Ferrari 1.25.715
16 3 Japão Satoru Nakajima Tyrrell-Honda 1.25.752
17 34 Itália Nicola Larini Lambo-Lamborghini 1.25.791
18 16 Itália Ivan Capelli Leyton House-Ilmor 1.26.121
19 29 França Eric Bernard Lola-Ford 1:26.425
20 25 Bélgica Thierry Boutsen Ligier-Lamborghini 1.26.500
21 30 Japão Aguri Suzuki Lola-Ford 1.26.548
22 17 Itália Gabriele Tarquini AGS-Ford 1.26.851
23 15 Brasil Maurício Gugelmin Leyton House-Ilmor 1:26.865
24 8 Reino Unido Mark Blundell Brabham-Yamaha 1.26.915
25 9 Itália Michele Alboreto Footwork-Porsche 1.27.015
26 24 Itália Gianni Morbidelli Minardi-Ferrari 1.27.042
Classificação da prova
Pos. Piloto Chassi/Motor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 1 Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda 81 2:00'47.828 1 10
2 27 França Alain Prost Ferrari 81 + 16.322 2 6
3 20 Brasil Nelson Piquet Benetton-Ford 81 + 17.376 5 4
4 4 Itália Stefano Modena Tyrrell-Honda 81 + 25.409 11 3
5 3 Japão Satoru Nakajima Tyrrell-Honda 80 + 1 volta 16 2
6 30 Japão Aguri Suzuki Lola-Ford 79 + 2 voltas 21 1
7 34 Itália Nicola Larini Lambo-Lamborghini 78 + 3 voltas 17
8 17 Itália Gabriele Tarquini AGS-Ford 77 + 4 voltas 22
9 23 Itália Pierluigi Martini Minardi-Ferrari 75 Motor 15
10 32 Bélgica Bertrand Gachot Jordan-Ford 75 Motor 14
11 7 Reino Unido Martin Brundle Brabham-Yamaha 73 + 8 voltas 12
12 28 França Jean Alesi Ferrari 72 Câmbio 6
Ret 11 Finlândia Mika Häkkinen Lotus-Judd 59 Motor 13
Ret 6 Itália Riccardo Patrese Williams-Renault 49 Câmbio 3
Ret 19 Brasil Roberto Moreno Benetton-Ford 49 Colisão 8
Ret 9 Itália Michele Alboreto Footwork-Porsche 41 Motor 25
Ret 16 Itália Ivan Capelli Leyton House-Ilmor 40 Câmbio 18
Ret 25 Bélgica Thierry Boutsen Ligier-Lamborghini 40 Motor 20
Ret 2 Áustria Gerhard Berger McLaren-Honda 36 Bomba de gasolina 7
Ret 5 Reino Unido Nigel Mansell Williams-Renault 35 Câmbio 4
Ret 15 Brasil Maurício Gugelmin Leyton House-Ilmor 34 Câmbio 23
Ret 8 Reino Unido Mark Blundell Brabham-Yamaha 32 Rodada 24
Ret 21 Itália Emanuele Pirro Dallara-Judd 16 Câmbio 9
Ret 24 Itália Gianni Morbidelli Minardi-Ferrari 15 Câmbio 26
Ret 22 Finlândia J. J. Lehto Dallara-Judd 12 Câmbio 10
Ret 29 França Eric Bernard Lola-Ford 4 Motor 19
DNQ 10 Itália Alex Caffi Footwork-Porsche Não qualificado
DNQ 18 Suécia Stefan Johansson AGS-Ford Não qualificado
DNQ 26 França Erik Comas Ligier-Lamborghini Não qualificado
DNQ 12 Reino Unido Julian Bailey Lotus-Judd Não qualificado
DNPQ 33 Itália Andrea de Cesaris Jordan-Ford Não pré-qualificado
DNPQ 31 Portugal Pedro Chaves Coloni-Ford Não pré-qualificado
DNPQ 14 França Olivier Grouillard Fondmetal-Ford Não pré-qualificado
DNPQ 35 Bélgica Eric van de Poele Lambo-Lamborghini Não pré-qualificado

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas. Os descartes de resultados foram abolidos a partir de 1991, mesmo ano onde a vitória passou a valer dez pontos.

Trívia[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Em 1980 as estatísticas do Grande Prêmio dos Estados Unidos apontavam vinte e três corridas realizadas, mas ao retomarem a prova em 1989 a denominação oficial apontou vinte e seis (e não vinte e quatro) edições da mesma, número que só seria alcançado caso incluíssem as duas edições do Grande Prêmio de Las Vegas, algo tecnicamente impossível, pois este é formalmente chamado de "Grande Prêmio Caesars Palace".
  2. Ayrton Senna liderou as 81 voltas da prova.

Referências

  1. «1991 USA Grand Prix - race result». Consultado em 19 de janeiro de 2019 
Precedido por
Grande Prêmio da Austrália de 1990
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 1991
Sucedido por
Grande Prêmio do Brasil de 1991
Precedido por
Grande Prêmio dos Estados Unidos de 1990
Grande Prêmio dos Estados Unidos
26ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio dos Estados Unidos de 2000