Gujarate

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Gujarat)
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o idioma, veja Língua gujarati.
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:
Índia Gujarate
ગુજરાત
 
—  estado  —
Gujarat in India (disputed hatched).svg
Distritos 26
Cidade mais importante Ahmedabad
Fundação 1 de maio de 1960
Capital Gandhinagar
23° 13′ 00″ N, 72° 40′ 60″ E
Administração
 - Governador Kamla Beniwal
 - Ministro-chefe Narendra Modi
 - Poder legislativo Unicameral (182 assentos)
Área
 - Total 196 024 km²
População (março/2001)
 - Total 50 671 017
 - Língua(s) gujarati
Cód. ISO 3166-2 IN-GJ
Sítio www.gujaratindia.com

Guzerate[1][2][3][4][5][6] (ગુજરાત Gudj(a)rat - por vezes chamado Guzarate[7], Gujaráti[8][9][10] ou Gujarate) é um dos 28 estados da Índia. Depois de Maharashtra, é o segundo estado mais industrializado daquele país.

Está localizado no oeste da Índia, fazendo fronteira com o Paquistão a norte, além dos Estados do Rajastão a nordeste, Madhya Pradesh a leste e Maharashtra a sudeste, tendo o Mar Arábico a sudoeste. Por fim, há os limites com Territórios da União: Damão e Diu e Dadrá e Nagar-Aveli.

A capital do Guzarate é Gandhinagar e a maior cidade é Ahmedabad; as línguas oficiais são o guzerate e o hindi. O gentílico de Guzerate é guzerate ou guzarate.[11][12][13]

Toponímia[editar | editar código-fonte]

Entre os dicionaristas brasileiros e portugueses contemporâneos, há consenso quanto à preferência pela forma "guzerate": o Dicionário_Aurélio registra como forma preferencial guzerate, dando como formas não preferenciais guzarate, guzeráti, gujaráti e gujarate. O Dicionário Houaiss registra igualmente guzerate como forma preferencial, registrando como variante secundária guzarate. O Dicionário Michaelis registra apenas guzerate, forma preferida igualmente por Aurélio e Houaiss.

Na mesma linha, os dicionários da Porto_Editora e o Dicionário_Priberam_da_Língua_Portuguesa grafam guzerate como forma preferencial, e guzarate como variante secundária.[14]

Em Portugal, o Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa traz tanto a grafia Guzarate quanto Guzerate.

História[editar | editar código-fonte]

A história do Guzerate remonta à civilização do Vale do Indo, pelas ruínas de Lothal, que era então um porto.

Do século X ao século XIII, a região foi governada pelos chaluquias, posteriormente conquistados pelos muçulmanos em 1298. A principal cidade do Guzerate, Ahmedabad, foi fundada no início do século XV pelo Rei Ahmed II e guarda daquela época diversos monumentos, inclusive a grande mesquita.

No século XVI, Portugal tomou as feitorias e fortalezas de Damão, Diu, Dadrá e Nagar-Aveli. O Guzerate passou às mãos britânicas em 1760 e foi separado do estado indiano de Bombaim em 1956. As fronteiras do Guzerate foram estabelecidas em 1 de maio de 1960, segundo critérios linguísticos.

O Guzerate deu à Índia dois de seus mais importantes chefes políticos do movimento de independência, Mohandas Karamchand Gandhi e Sardar Vallabhbhai Patel.

Geografia[editar | editar código-fonte]

O Guzerate é o estado mais ocidental da Índia. Limita com o mar Arábico a oeste e sudoeste, e com o Paquistão ao norte. O estado indiano do Rajastão encontra-se a nordeste, Madia Pradexe a leste, e Maharashtra e o território federal de Dadrá e Nagar-Aveli ao sul e sudeste. Inclui a totalidade da grande península de Kathiawar.

O relevo é baixo na maior parte do estado, que apresenta condições climáticas diversas. Os invernos são moderados, agradáveis e secos, com temperaturas diurnas médias de cerca de 29 °C e noturnas da ordem de 12 °C, e com 100% de dias ensolarados e noites de céu limpo. Os verões são extremamente quentes e secos, com temperaturas diurnas de cerca de 41 °C e noturnas de no mínimo 29 °C. A estação das monções começa em meados de junho, quando o clima passa a ficar úmido. A maior parte da precipitação anual ocorre neste período, quando podem verificar-se enchentes graves. O noroeste é desértico e os distritos meridionais são úmidos, devido às fortes monções.

Demografia[editar | editar código-fonte]

A população do Guzerate era de 50 671 017 habitantes segundo o censo de 2001. A densidade populacional é de 258 habitantes por km².

A língua oficial e mais falada no estado é o guzerate. Cerca de 89,1% da população é hindu,[15] ademais de 9,1% de muçulmanos, 1% de jainistas e 0,1% de siques. 91% dos hindus falam guzerate, enquanto que os demais falam híndi, marata e outras línguas. Quase 88% dos muçulmanos falam guzerate, enquanto que os demais falam urdu. Quase todos os jainistas falam guzerate. Os zoroastristas parses falam o guzerate como língua materna.

Maiores cidades[editar | editar código-fonte]

Cidade População
1 Ahmedabad 4 525 013
2 Surat 3 657 784
3 Vadodara 1 641 566
4 Rajkot 1 335 397
5 Gandhinagar 1 324 731
6 Bhavnagar 510 974
7 Jamnagar 447 734
8 Anand 256 648
9 Junagadh 225 317
10 Nadiad 192 799

Política[editar | editar código-fonte]

O estado foi criado em 1 de maio de 1960 a partir dos 17 distritos setentrionais do antigo estado indiano de Bombaim. Em 2006, havia 25 distritos administrativos no Guzerate, resultado da subdivisão dos 17 distritos originais.

O Guzerate é governado por uma Assembléia Legislativa de 182 membros, eleitos pelo voto direto em um dos 182 distritos eleitorais, dos quais 13 são reservados para certas castas e 26, para certas tribos. O mandato parlamentar é de cinco anos. O estado possui um governador nomeado pelo presidente da Índia, mas o governo é exercido por um ministro-chefe que tenha a confiança da Assembléia Legislativa, em geral o líder do partido ou coalizão majoritários.

Após a independência da Índia em 1947, o partido do Congresso Nacional Indiano governou o estado de Bombaim (que incluía os atuais Guzerate e Maharashtra) e o novo estado do Guzerate após a criação deste, em 1960, mantendo-se no poder até 1995. Naquele ano, o Partido Popular Indiano (PPI) ganhou as eleições e formou o governo, situação mantida nos pleitos estaduais subsequentes. Nas eleições de 2007, o PPI manteve a maioria da Assembléia Legislativa e reconduziu Narendra Modi ao cargo de ministro-chefe, pela terceira vez seguida.

Distritos[editar | editar código-fonte]

O estado de Guzerate foi criado em 1960 com 17 distritos do norte do antigo estado de Bombaim: Ahmedabad, Amreli, Banaskantha, Bharuch, Bhavnagar, Dang, Jamnagar, Junagadh, Kheda, Kachchh, Mehsana, Panchmahal, Rajkot, Sabarkantha, Surat, Surendragnar e Vadodara (Baroda).

  • Em 1964, o distrito de Gandhinagar foi criado com partes dos distritos de Ahmedabad e Mahesana;
  • Em 1966, o distrito de Valsad foi criado a partir do distrito de Surat;
  • Em 2 de outubro de 1997, o distrito de Anand foi criado a partir do distrito de Kheda, Dahod foi criado a partir de Panchmahal, Narmada foi criado a partir de Bharuch, Navsari foi criado a partir de Valsad e Porbandar foi criado a partir de Junagadh;
  • Em 2000, o distrito de Patan foi criado com partes dos distritos de Banaskantha e Mahesana.
Distritos de Guzerate

Atualmente, Guzerate compreende 25 distritos:

Código Nome Capital População (2001) Área (km²) Densidade (hab/km²)
AH Ahmedabad Ahmedabad 5.808.378 8.707 667
AM Amreli Amreli 1.393.295 6.760 206
AN Anand Anand 1.856.712 2.942 631
BK Banaskantha Palanpur 2.502.843 12.703 197
BR Bharuch Bharuch 1.370.104 6.524 210
BV Bhavnagar Bhavnagar 2.469.264 11.155 221
DA Dahod Dahod 1.635.374 3.642 449
DG The Dangs Ahwa 186.712 1.764 106
GA Gandhinagar Gandhinagar 1.334.731 649 2.057
JA Jamnagar Jamnagar 1.913.685 14.125 135
JU Junagadh Junagadh 2.448.427 8.839 277
KA Kutch Bhuj 1.526.321 45.652 33
KH Kheda Kheda 2.023.354 4.215 480
MA Mehsana Mehsana 1.837.696 4.386 419
NR Narmada Rajpipla 514.083 2.749 187
NV Navsari Navsari 1.229.250 2.211 556
PA Patan Patan 1.181.941 5.738 206
PM Panchmahal Godhra 2.024.883 5.219 388
PO Porbandar Porbandar 536.854 2.294 234
RA Rajkot Rajkot 3.157.676 11.203 282
SK Sabarkantha Himmatnagar 2.083.416 7.390 282
SN Surendranagar Surendranagar 1.515.147 10.489 144
ST Surat Surate 4.996.391 7.657 653
VD Vadodara Vadodara 3.639.775 7.794 467
VL Valsad Valsad 1.410.680 3.034 465

Referências

  1. Dicionário Aurélio
  2. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa
  3. «guzerate: Significado de "guzerate" no Dicionário Português Online: Moderno Dicionário da Língua Portuguesa - Michaelis - UOL». michaelis.uol.com.br. Consultado em 8 de julho de 2015  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  4. «Dicionário Priberam da Língua Portuguesa». Consultado em 8 de julho de 2015 
  5. «guzerate». infopédia. Consultado em 8 de julho de 2015 
  6. Tanto o dicionário Onomástico Etimológico de J.P. Machado quanto o dicionário Aurélio, o dicionário Houaiss e a Enciclopédia Barsa registram apenas Guzarate e Guzerate como formas válidas em português.
  7. Fernandes, Ivo Xavier. Topónimos e Gentílicos. Porto: Editora Educação Nacional, Lda., 1941. vol. I.
  8. Peixoto, Fernanda Arêas; Pontes, Heloisa; Schwarcz, Lilia Moritz. Antropologias, histórias, experiências. [S.l.]: Editora UFMG. vol. 112. ISBN 8570414439, 9788570414434
  9. In: Joseph Ki-Zerbo. História Geral da África – Vol. I – Metodologia e pré‐história da África. [S.l.]: UNESCO. p. 335. ISBN 8576521237, 9788576521235
  10. Hildo Honório do Couto. Ecolingüística: estudo das relações entre língua e meio ambiente. [S.l.]: Thesaurus Editora, 2007. p. 70. ISBN 8570626037, 9788570626035
  11. Dicionário Houaiss, verbetes "guzerate" e "guzarate".
  12. «Dicionário Priberam da Língua Portuguesa». Consultado em 8 de julho de 2015 
  13. «guzerate». infopédia. Consultado em 8 de julho de 2015 
  14. «guzerate». infopédia. Consultado em 8 de julho de 2015 
  15. Dados do censo indiano de 2001

Erro de citação: Elemento <ref> com nome "porth" definido em <references> não é utilizado no texto da página.
Erro de citação: Elemento <ref> com nome "revec" definido em <references> não é utilizado no texto da página.

Erro de citação: Elemento <ref> com nome "dics" definido em <references> não é utilizado no texto da página.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Gujarate