Hawker Sea Fury

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
September Pops Hawker Sea Fury.jpg

O Sea-Fury, é um caça a hélice que ficou pronto tarde de mais para a Segunda Guerra Mundial, tendo seu protótipo voado pela primeira vez em Agosto de 1944, foi o último caça a hélice da Hawker, em descendência directa dos Hurricanes, dos Typhoon e dos Tempest.

Foi o apogeu da experiência adquirida em matéria de aerodinâmica antes do surgimento do jato, ultrapassava a velocidade de 600 km/h.

Com o fim do conflito, a RAF anularia a encomenda prevista: estavam mais interessados nos caças a jatos.

O avião acabou por ser adquirido pela Royal Navy pois os engenheiros ingleses ainda não conseguiam projectar aviões a jato com capacidade para aterrar no curto convés de um porta-aviões.

É deste modo que este caça entra na Guerra da Coreia, em 1950, e passa a ser o primeiro caça a hélice a abater um jato, no caso um MIG-15.

O fabricante desta aeronave passa a vender ao estrangeiro sendo adquirido por diferentes forças aéreas, desde a da Nova Zelândia à da Birmânia, passando pela do Canadá, de Cuba, do Egito, da Bélgica ou do Iraque.

Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Commons
O Commons possui multimídias sobre Hawker Sea Fury