ISO 1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A norma internacional ISO 1 da Organização Internacional para Padronização estabelece as condições normais de temperatura para especificação e verificação geométrica de produtos. A temperatura é fixada em 20 graus Celsius que é igual a 293,15 Kevin ou 68 graus Fahrenheit.

Devido à dilatação térmica, as medidas de comprimento precisam ser feitas (ou convertidas para) a temperatura definida. A ISO 1 ajuda a compara medidas pela definição de temperatura de referência. A temperatura de referência foi definida pelo Comitê Internacional de Pesos e Medidas em 15 de abril de 1931 e depois se tornou na recomendação ISO número 1 de 1951. Esta norma logo substituiu outras referências de temperatura para medidas de comprimento que fabricates de equipamentos de precisão usavam, incluindo 0 °C, 62 °F e 25 °C.Entre outras razões, a escolha de 20 °C deu-se porque esta temperatura é confortável e prática para trabalho e também porque é um valor inteiro nas escalas Celsius e Fahrenheit.