Ibiam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Ibiam
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 20 de julho de 1995 (22 anos)
Gentílico ibianense
Lema Unidos pelo Progresso
Prefeito(a) Ivanir Zanin (PP)
(2017–2020)
Localização
Localização de Ibiam
Localização de Ibiam em Santa Catarina
Ibiam está localizado em: Brasil
Ibiam
Localização de Ibiam no Brasil
27° 10' 51" S 51° 14' 13" O27° 10' 51" S 51° 14' 13" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Oeste Catarinense IBGE/2008[1]
Microrregião Joaçaba IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Tangará, Campos Novos, Herval d'Oeste, Ibicaré
Distância até a capital 380 km
Características geográficas
Área 147,329 km² [2]
População 1 971 hab. IBGE/2014[3]
Densidade 13,38 hab./km²
Altitude 724 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,725 elevado PNUD/2010[4]
PIB R$ 29 288,031 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 14 272,92 IBGE/2008[5]
Página oficial

Ibiam é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se a uma latitude 27º10'53" sul e a uma longitude 51º14'13" oeste, estando a uma altitude de 724 metros. Sua população estimada em 2014 era de 1 971 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

A origem da ocupação humana moderna em Ibiam, assim como das localidades próximas, remonta ao início do século XX, com a instalação da estrada de ferro São Paulo-Rio Grande na região. Esse foi o grande impulso para o desenvolvimento dos novos povoados em todo o Oeste Catarinense.

A partir de 1920, começou a chegada dos primeiros colonizadores de origem europeia, em sua grande maioria descendentes de imigrantes italianos e alemães oriundos do Rio Grande do Sul, principalmente da Garibaldi e Bento Gonçalves.

Originalmente pertencente a Tangará, o distrito de Ibiam foi criado em 2 de maio de 1953, por meio da lei municipal nº 99/53. O desmembramento do município ocorreu em 20 de julho de 1995, data de sua criação. Sua instalação aconteceu em 1 de janeiro de 1997.[6]

Economia[editar | editar código-fonte]

Sua economia é baseada nas atividades agrícolas e pecuárias, contando com mais de 400 propriedades rurais que praticam culturas diversificadas dentro das mais avançadas técnicas de cultivo e manejo do solo.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativa populacional 2014 IBGE». Estimativa populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2014. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 30 de junho de 2014 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «História de Ibiam». Ibiam. Consultado em 12 de junho de 2008 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.