Igor Tudor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Igor Tudor
Igor Tudor.jpg
Informações pessoais
Nome completo Igor Tudor
Data de nasc. 16 de abril de 1978 (37 anos)
Local de nasc. Split, Iugoslávia
Altura 1,93 m
Informações profissionais
Clube atual Grécia PAOK
Posição Treinador
(ex-Zagueiro / Meia)
Clubes de juventude
Croácia Hajduk Split
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos)
1995–1998
1996
1998–2007
2005–2006
2007–2008
Croácia Hajduk Split
Croácia HNK Trogir (emp.)
Itália Juventus
Itália Siena (emp.)
Croácia Hajduk Split
58 (5)
5 (1)
110 (19)
39 (2)
6 (1)
Seleção nacional3
1994
1993
1994–1995
1995
1994–2000
2001
1997–2006
Bandeira da Croácia Croácia Sub-16
Bandeira da Croácia Croácia Sub-17
Bandeira da Croácia Croácia Sub-18
Bandeira da Croácia Croácia Sub-19
Bandeira da Croácia Croácia Sub-21
Bandeira da Croácia Croácia B
Bandeira da Croácia Croácia
1 (0)
4 (0)
3 (0)
2 (0)
12 (2)
1 (1)
55 (3)
Times/Equipas que treinou3
2009–2010
2012–2013
2013–2015
2015-
Croácia Hajduk Split (aux. técn.)
Croácia Hajduk Split Sub-17
Croácia Hajduk Split
Grécia PAOK

Igor Tudor (Split, 16 de abril de 1978) é um ex-futebolista e atual treinador de futebol croata, que atuava como zagueiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Tudor começou sua carreira profissional no Hajduk Split, time de sua cidade natal, em 1995. Depois de três, foi contratado pela Juventus em 1998. Jogou no time até ser emprestado ao Siena, em 2005. Retornou a Juventus para a temporada 2006-07, na série B do Campeonato Italiano. Em 2007 retornou ao time que o projetou para o futebol, o Hajduk Split, após nove anos. Em 2008, resolveu se aposentar do futebol, devido a uma lesão.

História em Copas[editar | editar código-fonte]

Participou da Copa do Mundo da França em 1998 e da Copa do Mundo da Alemanha em 2006. Só não foi para a Copa do Mundo da Coréia-Japão de 2002 porque se contundiu.

Treinador[editar | editar código-fonte]

Desde 2009, ele era assistente no clube natal Hajduk Split, e em 2013, assumiu como treinador oficialmente, até resignar em fevereiro de 2015. Em junho de 2015, assinou contrato como técnico do clube grego PAOK, por três temporadas[1]

Referências