Robert Jarni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Robert Jarni
Informações pessoais
Data de nasc. 26 de outubro de 1968 (46 anos)
Local de nasc. Čakovec, Iugoslávia
Nacionalidade Croata
Altura 1,80 m
Apelido Jarni
Informações profissionais
Posição Treinador (Ex Lateral-esquerdo)
Clubes de juventude
1984-1986 Jugoslávia Čakovec
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1986-1991
1991-1993
1993-1994
1994-1995
1995-1998
1998
1998-1999
1999-2001
2001-2002
2002–2008
Jugoslávia Hajduk Split
Itália Bari
Itália Torino
Itália Juventus
Espanha Betis
Inglaterra Coventry City (Vindo de Empréstimo)
Espanha Real Madrid
Espanha Las Palmas
Grécia Panathinaikos
Croácia MNK Split (futsal)
Seleção nacional
1990-1991
1990-2002
2003
Flag of SFR Yugoslavia.svg Iugoslávia
Bandeira da Croácia Croácia
Croácia Croácia (futsal)
7 (1)
81 (1)
2 (2)
Times/Equipas que treinou
2007-2008
2010
2012–2013
2013–2014
2014-2015
2015-
Croácia Hajduk Split
Croácia Istra 1961
Croácia Hajduk Split (sub-19)
Bósnia e Herzegovina Sarajevo
Hungria Pécs
Hungria Puskás Academy
Última atualização: segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Robert Jarni (Čakovec, 26 de outubro de 1968) é um ex-futebolista croata. Atuava tanto como lateral-esquerdo quanto como meio-campista[1] .

Carreira[editar | editar código-fonte]

Revelado nas categorias de base do Čakovec, time da sua cidade natal, Jarni deu início à sua carreira em 1985, no Hajduk Split, quando não havia completado ainda 17 anos. Estreou pelo time principal no ano seguinte. Até 1991, foram 128 partidas e 17 gols marcados.

Saiu do Hajduk após chegar a um acordo com a equipe italiana do Bari, marcando três gols em 52 partidas. No Torino, jogou apenas uma temporada - jogou 23 partidas, sem marcar nenhum gol. Sua passagem pela Juventus foi mais curta: apenas quinze partidas, com um gol marcado.

Em 1995, Jarni vai para a Espanha, onde viveria seu melhor momento em sua carreira clubística. Pelo Betis, disputou 98 partidas entre 1995 e 1998, marcando vinte gols. Emprestado por seis meses ao Coventry City, não entrou em campo nenhuma vez pela equipe inglesa.

De volta à Espanha, Jarni assinou contrato com o Real Madrid. A passagem do lateral pelos Merengues durou um ano, e não foi bem-sucedida - foram 27 jogos e um gol marcado. Liberado no final de seu contrato com o Real, foi para o Las Palmas, contribuindo para o acesso da equipe das Canárias para La Liga.

Em 2002, Jarni deixa o Las Palmas para jogar no Panathinaikos, assinando um contrato de curta duração. Disputou apenas cinco partidas pela equipe grega, e aos 33 anos, o lateral, que não teve o contrato renovado, saiu do clube em setembro.

Jarni chegou a conversar com as diretorias de Bastia e Rennes, mas os dois times não conseguiram entrar em acordo com o jogador, que encerraria sua carreira pouco depois.

Seleções Iugoslava e Croata[editar | editar código-fonte]

Jarni fez parte da Seleção Iugoslava de Futebol que disputou a Copa de 1990, jogando uma partida no torneio.

Com a desintegração da Iugoslávia no mesmo ano, estreou pela Seleção Croata em 22 de dezembro, em um amistoso contra a Romênia. Seu primeiro torneio com a Croácia foi a Eurocopa de 1996, jogando as quatro partidas do seu país, que caiu com uma derrota por 2 a 1 para a Alemanha, que se tornaria campeã.

Fez parte da surpreendente campanha croata na Copa de 1998, quando o time terminou em terceiro lugar. Esteve ainda na Copa de 2002, atuando novamente em todas as partidas da Croácia.

No entanto, a equipe, enfraquecida em relação a 1998, amargou a desclassificação na primeira fase.

Referências

Bandeira de CroáciaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas croatas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.