Ilha Norfolk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Territory of Norfolk Island
Território da Ilha Norfolk
Bandeira da Ilha Norfolk
Brasão da Ilha Norfolk
Bandeira Brasão
Lema: "Na medida"
Hino nacional: God Save the Queen (oficial) / Hino de Pitcairn
Gentílico: Norfolkiano(a)

Localização Ilha Norfolk

Capital Kingston
Cidade mais populosa Burnt Pine
Língua oficial Inglês e norfolquino[1]
Governo Autorregulamentação
 - Monarca Isabel II
 - Administrador Neil Pope
 - Ministro-chefe Lisle Snell
Soberania Ato Ilha Norfolk 
 - Ato Ilha Norfolk 1979 
Área  
 - Total 34,6 km² 
 - Água (%) 0
População  
 - Estimativa para 2009 2141 hab. (247.º)
 - Censo Julho hab. 
 - Densidade 61.9/km² hab./km² 
Moeda dólar australiano (AUD)
Fuso horário (UTC+11)
Cód. ISO NFK
Cód. Internet .nf
Cód. telef. +6723
Norfolk Island jail1.jpg
Norfolk Island convict buildings.jpg
Norfolk Island convict grave.jpg
Norfolk Island jail8.jpg

A ilha Norfolk (em inglês: Norfolk Island, pronunciado: ˈnɔrfək ˈaɪlənd; em norfolquino: Norf'k Ailen), aceite também ilha Norfolque,[2] é uma ilha no oceano Pacífico localizada entre a Austrália, Nova Zelândia e a Nova Caledónia, e é um dos territórios externos da Austrália. Sua capital é Kingston, e a sua localidade mais populosa é Burnt Pine.

O pinheiro-de-norfolk, representada na bandeira, é uma árvore de folha perene bastante remarcante com origem nesta ilha e muito popular na Austrália.

História[editar | editar código-fonte]

Não existem registros de população na região, antes da chegada do explorador inglês James Cook, em 1774. A ilha foi utilizada como estabelecimento penal britânico entre 1825 e 1855, tornando-se um refúgio dos revoltosos do HMS Bounty. Em 1913, foi transferida para o governo da Austrália, na qualidade de território ultramarino.

Em novembro de 1976, foi apresentada no parlamento australiano a proposta de anexar a ilha à Austrália. Dois terços do eleitorado de Norfolk se opuseram. Desde 1979, Norfolk tem autonomia interna. Em dezembro de 1991, a população rejeitou uma nova proposta do governo australiano, para fazer parte no eleitorado federal da Austrália.

Geografia[editar | editar código-fonte]

A ilha Norfolk situa-se na Melanésia meridional, a noroeste da Nova Zelândia e tem 34,6 km² de superfície. É uma ilha de origem vulcânica, com um clima subtropical, com influência de ventos marinhos.

Demografia[editar | editar código-fonte]

População: cerca de 1860 habitantes (2005).

Composição étnica: boa parte da população descende de filhos dos amotinados do navio britânico HMS Bounty, que se deslocaram da ilha Pitcairn em 1856.

Religião: Igreja Anglicana (31,8%), Igreja Católica (11,5%), Uniting Church in Australia (10,6%),Igreja Adventista do Sétimo Dia (3,2%), outras crenças cristãs (5,6%), não religiosos (19,9%), religião desconhecida (16,6%)

Idiomas: inglês e norfolquino.

Economia[editar | editar código-fonte]

A principal atividade econômica é o turismo. A moeda é o Dólar australiano.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Wayback Machine». 25 de julho de 2008. Consultado em 6 de fevereiro de 2018.. Arquivado do original em 25 de julho de 2008 
  2. Tavares Louro, A. (11 de março de 2005). «Sobre os adjetivos pátrios». Ciberdúvidas da Língua Portuguesa. Consultado em 19 de maio de 2012. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Austrália é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.