Infamous Second Son

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Infamous: Second Son)
Ir para: navegação, pesquisa
Infamous Second Son
Desenvolvedora(s) Sucker Punch Productions
Publicadora(s) Sony Computer Entertainment
Diretor(es) Nate Fox[1]
Produtor(es) Brian Fleming[2]
Projetista(s) Jaime Griesemer[3]
Artista(s) Horia Dociu
Compositor(es) Bryan Mantia
Marc Canham
Nathan Johnson
Plataforma(s) PlayStation 4
Série Infamous
Data(s) de lançamento 21 de março de 2014[4]
Gênero(s) Ação-aventura
Modos de jogo Um jogador
Infamous 2

Infamous Second Son (estilizado como inFAMOUS Second Son) é um jogo eletrônico de ação-aventura produzido pela Sucker Punch Productions e publicado pela Sony Computer Entertainment em exclusivo para a PlayStation 4 em 21 de Março de 2014. Infamous: Second Son é o terceiro titulo principal da série Infamous e foi anunciado oficialmente durante uma conferência de imprensa da Sony, com o nome "PlayStation Meeting", a 20 de Fevereiro de 2013.

Em Second Son a história decorre em Seattle, e o jogador controla Delsin Rowe, um jovem de 24 anos com capacidades super-naturais.[5]

Infamous: Second Son recebeu análises na sua maioria positivas, com muitos críticos a afirmarem que gostaram do combate e da experiência animada que o jogo proporciona, mas no entanto não gostaram da falta de inovação e da sua história, incluindo as escolhas morais. Apenas os gráficos e os visuais receberam aclamação em todas as análises. Conseguiu uma pontuação de 81.44% no GameRankings e 80/100 no Metacritic. Foi o jogo da série com um crescimento mais rápido nas vendas, conseguindo vender 1 milhão de unidades a nível global nos nove dias após o lançamento.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Como nos jogos anteriores, em Second Son o jogador pode planar com a ajuda dos poderes.

A jogabilidade de Second Son é similar aos jogos anteriores da série, partilhando o mesmo ambiente em mundo aberto. Delsin usa uma corrente que tem em redor do braço como a sua arma de corpo-a-corpo, que também pode ser usada em conjunto com outros poderes. Uma das mudanças feitas é que em vez de aceder à mira segurando o botão L1, o jogador não precisa de fazer isso, podendo disparar quando quiser, usando uma reticula no ecrã.[6]

O uso de Parkour também é um dos principais elementos, e é usado da mesma maneira que anteriormente; ao saltar muros/paredes, Delsin automaticamente agarra as bermas, e a partir daí pode ficar pendurado, saltar para outra berma, ou disparar armas. Também como em jogos anteriores, Delsin pode planar com a ajuda dos seus poderes.[7][6]

Os elementos sobre o controlo de Delsin (fumo, néon, etc.)[3] são absorvidos das fontes ao pressionar o ecrã táctil do DualShock 4. O fumo, por exemplo, permite ao jogador jogar de uma forma mais rápida e caótica, transformar-se em fumo e entrar por tubos de ventilação; enquanto que o néon dá ao jogo uma velocidade mais lenta, para ser mais preciso e o jogador pode escalar paredes de uma maneira mais rápida.[3][8] Tal como em Infamous e Infamous 2, as escolhas de moral (Karma), têm um papel importante na história.[9]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Cenário[editar | editar código-fonte]

Second Son acontece em 2016, sete anos depois dos eventos de Infamous 2, em que Cole MacGrath activou o Inibidor de Raios (RFI) para destruir o "condutor" (super humanos, com este nome devido à habilidade de canalizar poderes) John White, também conhecido como a Fera. Da explosão pensou-se que tinham sido eliminados todos os condutores por todo o mundo, mas aqueles fora do raio da explosão ou com resistência natural acabaram por sobreviver. Com medo das habilidades dos condutores depois da destruição de Empire City, é criado o Departamento Unificado de Proteção (DUP), e as grandes cidades por todos os Estados Unidos estão constantemente a ser vigiadas à procura de actividade de condutores, à qual a DUP chama de bio-terroristas.[5][7][6]

Personagens[editar | editar código-fonte]

Os jogadores controlam Delsin Rowe (Troy Baker), um artista de graffiti de 24 anos. delinquente e sem nenhum sentido para a vida, que apenas deseja ajudar a sua comunidade a protestar contra o governo, que ele detesta. O seu irmão, Reggie (Travis Willingham), é o xerife local, e Delsin não tem uma boa relação com ele, visto que o irmão já o prendeu uma série de vezes por causa de vandalismo. Ambos são Americanos Nativos Akomish, cujo território está no estado de Washington. Um dia, Delsin assiste a um acidente de carro e tenta ajudar; no processo, entra em contacto com um condutor, fazendo com que as suas próprias habilidades condutoras "acordem".[5][7][6]

A antagonista do jogo chama-se Brooke Augustine (Christine Dunford), a directora do D.U.P., ela própria uma Condutora que consegue controlar o Concreto. As suas ações na Reserva Akomish, terra natal de Delsin, fazem com que este tenha de ir para Seattle, cidade sobre quarentena do D.U.P.. Delsin e Reggie conhecem três outros Condutores: Henry "Hank" Daughtry (David Stanbra), um recluso que consegue controlar o Fumo; Abigail "Fetch" Walker (Laura Bailey), uma ex-toxicodependente que usa os seus poderes de Neon para tentar desmantelar o contrabando de droga na cidade; e Eugene Sims (Alexander Walsh), um viciado em videojogos que usa os seus poderes de Vídeo (materialização digital) para salvar outros possíveis Condutores do D.U.P.[10]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Infamous: Second Son é o terceiro jogo da série principal Infamous. Foi revelado durante o PlayStation Meeting a 20 de Fevereiro de 2013.[1] Meses depois, durante a E3 2013, o produtor revelou um video que mostrava a jogabilidade do jogo.[7][6] Na edição de Junho de 2013 da revista Game Informer, a Sucker Punch afirmou que enquanto os poderes de Delsin parecem ser o de controlar o fumo, como visto no video de estreia, o seu verdadeiro poder é a habilidade de copiar os poderes dos outros "Condutores", e que tal é apenas a "ponta do icebergue".[3][11]

Tal como em jogos anteriores, os actores interpretam os personagens com uma combinação de captura de movimentos e trabalho de voz. A tecnologia usada também capta as expressões faciais dos actores. Como tal, os personagens são muito parecidos com os seus actores respectivos. Troy Baker dá a voz e a captura de movimentos a Delsin Rowe na versão original,[12] enquanto que Diogo Morgado faz a sua voz na versão portuguesa.[13]

A 26 de Fevereiro de 2014, a Sucker Punch anunciou que o desenvolvimento de Infamous: Second Son tinha entrado na ‘fase gold’ de produção.[14] A versão digital do jogo tem 24GB de tamanho.[15]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Bónus de Pré-Reserva[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos os jogadores que fizeram a pré-reserva de Second Son em alguns retalhistas, receberam um código que podiam usar para descarregar um conjunto de casacos para usar em-jogo, desenhados por artistas da Penny Arcade.[16]

Edições Especiais[editar | editar código-fonte]

Em Outubro de 2013 a Sony, para além de mostrar a capa oficial do jogo, revelou as edições especiais de Infamous: Second Son, a "Special Edition" e a "Collector's Edition". A "Special Edition" para além de uma cópia do jogo inclui um gorro igual ao usado por Delsin Rowe e a missão extra Cole’s Legacy, que permite ao jogador "descobrir o que aconteceu entre os eventos de inFamous 2 e inFamous: Second Son". Ao completar a missão Cole's Legacy o jogador recebe ainda o casaco usado por Cole para usar em-jogo. A "Collector's Edition" inclui o gorro de Delsin, uma caixa exclusiva, uma capa em forma de colete de ganga, um conjunto de crachás, uma moeda de coleccionador, um abre-garrafas, a missão Cole’s Legacy e o casaco ‘Legendary’ para usar em-jogo. Nos Estados Unidos a "Collector's Edition" não inclui a capa em ganga.[17][18][19]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Criticas profissionais[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
Computer and Video Games 7/10[20]
Destructoid 9.5/10[21]
Edge 7/10[22]
Electronic Gaming Monthly 9.0/10[23]
Eurogamer.pt 8/10[24]
GamesRadar 3.5 de 5 estrelas.[25]
GameSpot 8/10[26]
GameTrailers 8.8/10[27]
Game Informer 8.5/10[28]
IGN 8.7/10[29]
Joystiq 4.5 de 5 estrelas.[30]
Official PlayStation Magazine 8/10[31]
Polygon 8.5/10[32]
Rev3Games 3 de 5 estrelas.[33]
Videogamer 7/10[34]
Pontuação global
Publicação Nota média
GameRankings 81.44%[35]
Metacritic 80/100[36]

Infamous: Second Son recebeu análises na sua maioria positivas, com muitos críticos a afirmarem que gostaram do combate e da experiência animada que o jogo proporciona, mas no entanto não gostaram da falta de inovação do jogo e da sua história, incluindo as escolhas morais. Apenas os gráficos receberam aclamação em todas as análises. Conseguiu uma pontuação de 81.44% no GameRankings[35] e 80/100 no Metacritic.[36]

Vendas[editar | editar código-fonte]

Em 7 de Março de 2014, pouco antes do lançamento oficial do jogo, a Sony confirmou que Infamous: Second Son tinha mais reservas que o exclusivo PlayStation 3, The Last of Us, tinha à mesma distância do dia de lançamento.[37] Infamous: Second Son foi o jogo que mais vendeu no Reino Unido durante a semana de lançamento, ultrapassando Metal Gear Solid V: Ground Zeroes, editado também no mesmo período.[38] O lançamento de Second Son também foi responsável pelo aumento das vendas da PlayStation 4 no Reino Unido.[39] Segundo os dados revelados pela Sony Computer Entertainment Austrália, foram vendidas 1 milhão de unidades de Infamous: Second Son a nível global nos nove dias após o lançamento, tonando-se o jogo da série a crescer mais rápido nas vendas.[40]

Referências

  1. a b Bruno Galvão (21 de fevereiro de 2013). «inFamous: Second Son a caminho da PlayStation 4». Eurogamer. Consultado em 21 de fevereiro de 2013 
  2. «Vídeo - inFAMOUS: Second Son - Entrevista com Brian Fleming». Eurogamer. 19 de março de 2014. Consultado em 19 de março de 2014 
  3. a b c d «The Powers of inFAMOUS Second Son: Smoke vs. Neon». suckerpunch.com. Consultado em 21 de novembro de 2013 
  4. Matthew Bennett (14 de novembro de 2013). «Infamous: Second Son Release Date Announced». IGN. Consultado em 15 de novembro de 2013 
  5. a b c «inFAMOUS Second Son Announced For PlayStation 4». Sucker Punch Productions. Consultado em 14 de novembro de 2013 
  6. a b c d e «Infamous Second Son - E3 2013 Stage Demo». GameSpot. Consultado em 14 de novembro de 2013 
  7. a b c d «Infamous: Second Son - Infamous: Second Son Gameplay Demo 2 - IGN Live - E3 2013». IGN. Consultado em 21 de junho de 2013 
  8. Brian (7 de maio de 2013). «New inFamous: Second Son details». gamingeverything. Consultado em 14 de novembro de 2013 
  9. Michael McWhertor (14 de fevereiro de 2014). «Infamous: Second Son puts its karmic choices on display, but still has some secrets». Polygon. Consultado em 21 de março de 2014 
  10. Ben Reeves. «Dissecting Delsin: A Profile On Sucker Punch's New Protagonist». Game Informer. Consultado em 21 de maio de 2013 
  11. Ben Reeves. «Dissecting Delsin: A Profile On Sucker Punch's New Protagonist». Game Informer. Consultado em 21 de maio de 2013 
  12. Jason Dunning (5 de junho de 2013). «Check out Troy Baker Doing Mo-Cap for Delsin Rowe in inFamous: Second Son on PS4». PlayStationLifeStyle. Consultado em 21 de novembro de 2013 
  13. Jorge Loureiro (24 de janeiro de 2014). «inFamous Second Son: Diogo Morgado é a voz de Delsin Rowe». Eurogamer. Consultado em 24 de janeiro de 2014 
  14. Alves, Luís (26 de Fevereiro de 2014). «inFamous: Second Son entra na fase gold». Eurogamer. Consultado em 26 de Fevereiro de 2014 
  15. Moriarty, Colin (3 de março de 2014). «Infamous: Second Son will be 24GB on Playstion 4». PlayStation.Blog. Consultado em 3 de março de 2014 
  16. Cristian Cardona (9 de setembro de 2013). «Infamous: Second Son Pre-order Bonuses Revealed». PLayStation.Blog. Consultado em 14 de novembro de 2013 
  17. Luke Karmali (17 de outubro de 2013). «Infamous: Second Son Collector's Editions Announced». IGN. Consultado em 14 de novembro de 2013 
  18. Nathalia Chubin (17 de outubro de 2013). «inFAMOUS: Second Son Collector's & Special Edition announcement». PLayStation.Blog. Consultado em 14 de novembro de 2013 
  19. Jason Dunning (17 de outubro de 2013). «inFamous: Second Son Limited Edition & Collector's Edition Revealed, Cole's Legacy DLC Detailed (Update: Collector's Edition Priced)». PlayStationLifeStyle.net. Consultado em 14 de novembro de 2013 
  20. Tamoor Hussain (20 de março de 201). «Review: InFamous Second Son delivers last-gen heroics». Computer and Video Games. Consultado em 20 de março de 2014  Verifique data em: |data= (ajuda)
  21. Chris Carter (20 de março de 2014). «Review: InFamous Second Son - Delsin rules, Cole drools». Destructoid. Consultado em 20 de março de 2014 
  22. Edge Staff (20 de março de 2014). «Infamous: Second Son review». Edge. Consultado em 20 de março de 2014 
  23. Marc Camron (20 de março de 2014). «EGM Review: inFAMOUS: Second Son». Electronic Gaming Monthly. Consultado em 20 de março de 2014 
  24. Jorge Loureiro (20 de março de 2014). «nFamous: Second Son - Análise». Eurogamer.pt. Consultado em 20 de março de 2014 
  25. Hollander Cooper (20 de março de 2014). «Infamous: Second Son review». GamesRadar. Consultado em 20 de março de 2014 
  26. Tom Mc Shea (20 de março de 2014). «Infamous: Second Son review - Can't find a better man.». GameSpot. Consultado em 20 de março de 2014 
  27. Daniel Bloodworth (20 de março de 2014). «Infamous: Second Son review». GameTrailers. Consultado em 20 de março de 2014 
  28. Andrew Reiner (20 de março de 2014). «Infamous: Second Son review - A New Direction And Thirst For Power». Game Informer. Consultado em 20 de março de 2014 
  29. Vince Ingenito (20 de março de 2014). «Infamous: Second Son review». IGN. Consultado em 20 de março de 2014 
  30. Danny Cowan (20 de março de 2014). «Infamous: Second Son review: Thank you for smoking». Joystiq. Consultado em 20 de março de 2014 
  31. David Meikleham (20 de março de 2014). «inFamous Second Son PS4 review – Superhero sandbox leaves you sleepless in Seattle». Official PlayStation Magazine. Consultado em 20 de março de 2014 
  32. Philip Kollar (20 de março de 2014). «inFamous Second Son Review: Drain You». Polygon. Consultado em 20 de março de 2014 
  33. Adam Sessler (20 de março de 2014). «inFamous Second Son Review». Rev3Games. Consultado em 20 de março de 2014 
  34. Jamie Trinca (20 de março de 2014). «inFamous Second Son Review - Second Son rations the good stuff, giving too little too late». Videogamer. Consultado em 20 de março de 2014 
  35. a b «Infamous: Second Son for PlayStation 4». GameRankings. Consultado em 21 de março de 2014 
  36. a b «Infamous: Second Son for PlayStation 4». Metacritic. Consultado em 21 de março de 2014 
  37. Aníbal Gonçalves (7 de Março de 2014). «Reservas de inFAMOUS: Second Son superiores a The Last of Us». Eurogamer. Consultado em 7 de Março de 2014 
  38. Jorge Loureiro (24 de março de 2014). «Top Reino Unido: Quem reina é inFamous: Second Son». Eurogamer. Consultado em 24 de março de 2014 
  39. Jorge Loureiro (25 de março de 2014). «inFamous: Second Son aumenta as vendas da PS4 em 106%». Eurogamer. Consultado em 25 de março de 2014 
  40. Jorge Loureiro (10 de abril de 2014). «inFamous: Second Son vendeu 1 milhão de unidades em 9 dias». Eurogamer. Consultado em 10 de abril de 2014 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Infamous Second Son