Itaverava

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Ituverava.
Município de Itaverava
Bandeira de Itaverava
Brasão de Itaverava
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 21 de março
Fundação 30 de dezembro de 1962
Gentílico itaveravense
Lema Virtus auro pretiosior
"Mais preciosa que o ouro"
CEP 36440-000
Prefeito(a) José Flaviano Pinto (PR)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Itaverava
Localização de Itaverava em Minas Gerais
Itaverava está localizado em: Brasil
Itaverava
Localização de Itaverava no Brasil
20° 40' 40" S 43° 36' 36" O20° 40' 40" S 43° 36' 36" O
Unidade federativa Minas Gerais
Mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte IBGE/2008 [1]
Microrregião Conselheiro Lafaiete IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Conselheiro Lafaiete, Catas Altas da Noruega, Lamim, Ouro Branco, Ouro Preto e Santana dos Montes
Distância até a capital 120 km
Características geográficas
Área 282,642 km² [2]
População 5 758 hab. Est. IBGE/2015[3]
Densidade 20,37 hab./km²
Altitude 792 m
Clima tropical de altitude Cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,684 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 25 134,107 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 4 323,78 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.itaverava.mg.gov.br

Itaverava é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Localizada na área da Estrada Real.

História[editar | editar código-fonte]

Sua colonização teve início no século XVII, sendo um dos primeiros arraiais auríferos da região. No verão de 1694, Manoel de Camargos, seu filho Sebastião de Camargos e alguns negros chegaram a Itaverava, descobrindo ouro na região. Logo depois, Manoel de Camargos é morto pelos índios e os sobreviventes retrocedem.

Depois disso, diversas bandeiras chegaram a região com o objetivo de encontrar mais minas. Após a formação do arraial de Itaverava, foi edificada a sua primeira igreja, dedicada a Santo Antônio de Lisboa, em 1726, que se transformou em matriz da localidade.

No século XVIII, quando ainda pertencia ao Termo de Vila Rica, era comum a grafia Itaberaba. Não há discrepâncias em relação a significação do topônimo: "pedra brilhante" ou "pedra reluzente" em língua tupi. O município foi criado em 1962, com território desmembrado de Conselheiro Lafaiete.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população estimada em julho de 2015 era de 5 758 habitantes.[3]

Itaverava é um município, onde sua área urbanizada é rodeada por cadeias de montanhas, a parte rural da cidade é voltada para a agricultura comercial e de subsistência, muitos pinheiros foram plantados pela grande rentabilidade proporcionada pelo mesmo ao ser revendido.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. a b «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1 de julho de 2015» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 21 de outubro de 2015. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008» 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.