José Gilson Rodriguez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

José Gilson Rodriguez, comumente chamado de Zézé, (18 de dezembro de 1942 – 31 de Maio de 2006)[1] foi um jogador de futebol profissional brasileiro que defendeu, entre outros clubes, o 1. FC Köln na Bundesliga.

Zézé foi o primeiro jogador brasileiro a jogar pela liga profissional da Alemanha, mas deixou o país após ser diagnosticado com alergia à neve.[2][3][4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Zézé jogou no início de carreira pelo Madureira, Guaratinguetá e Madureira novamente antes de ser contratado pelo 1. FC Köln, no verão de 1964, a  conselho do agente polonês do jogador Júlio Ukrainczyk, sem nunca ter sido sondado por um representante do clube. Ele foi contratado pelo valor recorde À época de DM 150.000 e supostamente chegou a Colónia em um Banana boat do Brasil. Zézé impressionou o clube nos jogos de aquecimento antes do início da temporada, aumentando as esperanças de que ele seria um atacante milagroso.[2]

Zézé estreou pelo 1. FC Köln, em 22 de agosto de 1964, em uma derrota de 2-3  para o Hertha BSC. Ele jogou mais uma partida peloo clube em 1964, em dezembro, contra o 1. FC Nürnberg. A  aparição seguinte de Zezé em um jogo competitivo pelo Köln foi em 20 de fevereiro de 1965, quando ele jogou contra o Eintracht Braunschweig. Ele entrou em campo em um empate fora de casa de 0 a 0 com o Liverpool F. C. nas quartas de final da Copa Europeia em Março, com 1. FC Köln eliminado na edição 1964-65 depois de três empates no lance de moeda.[5] Zézé, em seguida, jogou mais duas partidas da Bundesliga, contra o Karlsruher SC e 1. FC Kaiserslautern. Na última, ele marcou o seu único gol pelo Köln em uma partida competitiva, quando ele marcou o primeiro gol da vitória por 3 a 0.[1][6][7] Ele não foi, no entanto, o primeiro brasileiro a marcar na Bundesliga, com Raoul Tagliari já tendo feito isso em uma partida pelo Meidericher SV contra o  1. FC Nürnberg, em 21 de novembro de 1964,[8] fazendo sua  estreia na Bundesliga  três meses depois de Zézé.[9]

Zézé encontrou dificuldades em lidar com o inverno alemão e foi diagnosticado por um médico espanhol com uma alergia à neve, deixando Colónia e não fazendo outra aparição pelo clube,[2] Köln cancelou  seu contrato e o jogador retornou ao Brasil.[10] 1. FC Köln, que venceu a edição inaugural do campeonato da Bundesliga, em 1963-64, terminou a temporada 1964-65 como vice-campeão, três pontos atrás do SV Werder Bremen.[11]

Após seu retorno, ele jogou pela Portuguesa, Santo André, Rio Branco, Atlético Paranaense, Bangu e Flamengo em seu país.[12]

Conquistas[editar | editar código-fonte]

References[editar | editar código-fonte]

  1. a b Zeze profile (German) kicker.de, accessed: 28 March 2015
  2. a b c Schnee-Allergie beim Samba-Kicker (German) Weltfussball.de, published: 27 March 2015, accessed: 28 March 2015
  3. Die Samba-Künstler des 1.
  4. 50 Jahre Bundesliga – Zézé (German) Süddeutsche Zeitung, published: 27 January 2015, accessed: 28 March 2015
  5. Champions League 1964/1965 » Viertelfinale (German) Weltfussball.de, accessed: 28 March 2015
  6. Zézé » Bundesliga 1964/1965 (German) Weltfussball.de, accessed: 28 March 2015
  7. Zézé » Champions League 1964/1965 (German) Weltfussball.de, accessed: 28 March 2015
  8. 50 Jahre Bundesliga – Raoul Tagliari (German) Süddeutsche Zeitung, published: 27 January 2015, accessed: 28 March 2015
  9. Raoul Tagliari » Bundesliga 1964/1965 (German) Weltfussball.de, accessed: 29 March 2015
  10. Der Krieger (German) Der Spiegel, published: 4 April 1988, accessed: 29 March 2015
  11. Bundesliga 1964/1965 » 30.
  12. Zeze (Spanish) ceroacero.es, accessed: 29 March 2015

Ligações externas[editar | editar código-fonte]