Joseph Hutchinson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joseph Hutchinson
Nascimento 21 de março de 1902
Morte 16 de janeiro de 1988 (85 anos)
Prêmio(s) Medalha Real (1967)

Joseph Burtt Hutchinson FRS[1] (21 de março de 190216 de janeiro de 1988) foi um biólogo britânico.

Foi eleito fellow da Royal Society em março de 1951[1][2] e recebeu a Medalha Real em 1967, "em reconhecimento de seu trabalho de destaque sobre genética e evolução de cultura de plantas com particular referência ao algodão."[3]

Sua candidatura a FRS expressa: "Suas contribuições são destaque entre os avanços que culminaram em uma melhor classificação simplificada do gênero Gossypium sobre uma base genética e uma teoria admiravelmente desenvolvida sobre a evolução das espécies. Seu trabalho é centrado na tradição britânica que, por inspiração teórica notável, combinada com habilidade técnica, colocou o algodão entyre os mais bem estudada lavoura cultivada do mundo. Por seu trabalho genético, junto ao excepcionalmente amplo estudo das variedades de culturas (especialmente o algodão) nas Índias Ocidentais, Índia e África, e das bases científicas da arte do melhoramento prático de plantas."

Recebeu o título de sir em 1956.[1]

Referências

  1. a b c Arnold, M. H.. (1991-01-01). "Joseph Burtt Hutchinson. 21 March 1902-16 January 1988". Biographical Memoirs of Fellows of the Royal Society 37 (0). DOI:10.1098/rsbm.1991.0014.
  2. «Library and Archive Catalogue». Royal Society. Consultado em 4 de março de 2012. 
  3. «Royal Medal». Consultado em 4 de março de 2012. 


Precedido por
Christopher Cockerell, Frank Yates e John Ashworth Ratcliffe
Medalha Real
1967
com John Zachary Young e Cecil Edgar Tilley
Sucedido por
Gilbert Roberts, Walter Thomas James Morgan e Michael Atiyah


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) biólogo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.