Raymond Lyttleton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Raymond Lyttleton
Nascimento 7 de maio de 1911
Oldbury
Morte 6 de maio de 1995 (83 anos)
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Prêmios Medalha de Ouro da RAS (1959), Medalha Real (1965)
Campo(s) Astronomia

Raymond Arthur Lyttleton FRS[1] (Oldbury, 7 de maio de 191116 de maio de 1995) foi um matemático e astrônomo teórico britânico.

Nasceu em Oldbury, área de Worcestershire, e foi educado no King Edward VI Five Ways, seguindo depois para o Clare College, Cambridge, para estudar matemática, graduando-se em 1933. Foi eleito fellow do St John's College (Cambridge) em 1937 e indicado lecturer em matemática no mesmo ano (até 1959). Foi reader de astronomia teórica de 1959 a 1969, sendo depois para ele criada uma cátedra sobre o assunto.[2]

Foi eleito Membro da Royal Society em 1955[1], com a citação: "Destacado por seu trabalho em astronomia. Autor de diversos artigos sobre a origem e desenvolvimento do sistema solar, e notável por sua modificação da teoria das colisões. Mostrou a partir de trabalhos de Cartan que a fissão de um planeta por rotação geraria dois corpos independentes, e consequentemente que a teoria da fissão de estrelas binárias é insustentável ("The Stability of Rotating Liquid Masses, 1953").

Foi laureado com a Medalha Real de 1965, "em reconhecimento à sua significativa contribuição à astronomia, em particular por seu trabalho sobre a estabilidade dinâmica de galáxias".

Obras[editar | editar código-fonte]

  • The Comets and Their Origin (1953)
  • The Stability of Rotating Liquid Masses (1953)
  • The Modern Universe {1956}
  • Rival Theories of Cosmology {1960}
  • Man's View of the Universe (1961)
  • Mysteries of the Solar System (1968),
  • The Earth and its Mountains (1982)
  • The Gold Effect (1990)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
André-Louis Danjon
Medalha de Ouro da Royal Astronomical Society
1959
Sucedido por
Viktor Ambartsumian
Precedido por
Francis Brambell e Michael James Lighthill
Medalha Real
1965
com Henry Charles Husband e John Kendrew
Sucedido por
Christopher Cockerell, Frank Yates e John Ashworth Ratcliffe


Ícone de esboço Este artigo sobre um astrônomo/astrónomo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.